0

Vereador Dr. Gutemberg lembra o 8 de maio, dia dos Blocos Tradicionais

GUTEMBERG ARAÚJO É AUTOR DO PROJETO QUE TRANSFORMOU O 8 DE MAIO em dia dos Blocos Tradicionais

Manifestação única no país e constitui um dos principais pilares da cultura maranhense, os ‘Blocos Tradicionais’ foram ainda mais valorizados com a criação de um dia especial só para eles no calendário municipal.

Defensor da cultura,  o vereador Dr. Gutemberg Araújo, ainda em seu primeiro mandato, criou a Lei 4.698/2006 que institui o 8 de maio como o Dia Municipal dos Blocos Tradicionais.

Além da valorização desse segmento cultural maranhense, a data também presta homenagem ao Mestre Walmir Moraes Corrêa, um dos grandes nomes do carnaval maranhense e fundador do bloco Os Foliões.

“Hoje é o dia de levantar as mãos, batucar e aplaudir esse som contagiante dos Blocos Tradicionais. Essa tradição é nossa. É única. A nossa cultura também faz parte da minha luta. Parabéns aos nossos Blocos Tradicionais! E viva meu amigo, o saudoso Mestre Walmir Moraes, fundador do meu querido bloco ‘ Os Foliões’ ”, destaca o vereador Dr. Gutemberg.

História

OS BLOCOS TRADICIONAIS MARCAM A HISTÓRIA DO CARNAVAL MARANHENSE e são patrimônio cultural de São Luís

Com indumentárias coloridas, um figurino próprio, e o som dos tambores feito com as mãos espalmadas, a alegria dos Blocos Tradicionais invadem as ruas de São Luís e a passarela do samba, no período carnavalesco.  

Segundo os registros, os primeiros blocos surgiram no final da década de 1920. Já na década de 1940, criaram os primeiros concursos. Com o passar dos anos, vieram os desfiles competitivos nas praças João Lisboa e Deodoro.

Os Feras, Foliões, Príncipe de Roma, Os Vampiros, Os Tremendões, entre outros. De acordo com a Associação Maranhense de Blocos Carnavalescos (AMBC) e a Academia Maranhense de Blocos Tradicionais, existem mais de 40 blocos na capital. Os Blocos Tradicionais do Maranhão estão em processo de reconhecimento como Patrimônio Cultural e Imaterial do Brasil.

Marco Aurélio D'Eça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *