2

Lideranças do DEM defendem população em reintegração de posse em Santa Inês

Prefeita Vianey Bringel, deputada estadual Andrea Martins Rezende e ex-deputado Stênio Rezende defenderam o direto de moradores permanecerem na área que está sendo reivindicada por pretenso proprietário

 

Na manhã desta terça-feira, 23, os moradores da região no Bananal, que fica às margens da BR – 316, município de Santa Inês, fizeram uma manifestação contra o mandado de reintegração de posse, de uma área de aproximadamente 54 hectares, expedido pela  atual proprietário das terras. 

Com conhecimento prévio da situação em questão, e dos problemas que acarretariam aos moradores da região, o ex-deputado Stenio Rezende, em representação à deputada estadual Andreia Martins Rezende, esteve em diversas reuniões com a Secretaria de Estado dos Direitos Humanos e Participação Popular ( SEDIHPOP), com o secretário da pasta, Francisco Gonçalves, buscando meios que impedissem a reintegração de posse no Bananal. 

O diálogo também aconteceu com a atual gestora do município, Vianey Bringel, que sempre esteve ao lado do seu povo e que há pouco conseguiu suspender, por meio de uma liminar, o ato de reintegração. 

Entenda o caso

Segundo informações, a área de 54 hectares funcionou como lixão municipal por quase 20 anos. Em uma gestão passada, o terreno havia sido cedido pela prefeitura à pequenos agricultores, para que ali construíssem seu sustento. 

O tempo passou e uma outra gestão municipal teria leiloado o terreno, sem comunicar às pessoas que ali construíram suas vidas. 

O atual proprietário o terreno (adquirido em leilão) quer que a população desocupe a área. 

Marco Aurélio D'Eça

2 Comments

  1. Sem falar que esse partido DEM, a maior parte é dessa familia. Só bandido! A prova disso é que esse Stenio ficou inelegivel por roubar dinheiro publico.

  2. Rapaz se o cara comprou e pagou de forma legal tem mais é que mandar sair mesmo. Agora fica esses vermes desses politicos querendo tomar o que é dos outros. Ô raça desgraçada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *