3

Agora político, Sérgio Moro prega levante contra decisão que favoreceu Lula…

Ex-juiz e atual ministro do governo Bolsonaro expõe sua parcialidade, criticando o STF e pressionando o Congresso Nacional a aprovar emenda constitucional para fazer valer a prisão em segunda instância

 

SERÁ SÉRGIO MORO, E NÃO BOLSONARO, QUEM VAI TENTAR FAZER O CONTRAPONTO AO DISCURSO DE LULA, AGORA LIVRE DA CADEIA, acentuando a parcialidade do julgamento do ex-juiz

Está mais do que provada ao Brasil a parcialidade do ex-juiz Sérgio Moro no julgamento do ex-presidente Luiz Inácio lula da Silva.

As conversas reveladas pelo site The Intercept já provaram que ele manipulou o processo e comandou o Ministério Público para obter a condenação do petista.

Essa parcialidade foi provada também quando Moro aceitou ser político apenas seis meses depois de tirar Lula da disputa contra a quele que ofereceu-lhe emprego de ministro da Justiça.

Agora declaradamente político – inclusive com interesses na sucessão do próprio Jair Bolsonaro, o ex-juiz tenta manipular, de novo, a opinião pública a uma espécie de levante contra a decisão do Supremo Tribunal Federal.

– A resposta aos avanços efêmeros de criminosos não pode ser a frustração, mas, sim, a reação, com a votação e aprovação no Congresso das PECs [propostas de emendas à Constituição] para permitir a execução em segunda instância e do pacote anticrime – disse o ex-juiz, em mensagens nas redes sociais.

Ainda em reação à decisão do STF, Moro quis fazer de conta que ignorava as críticas de Lula respondendo contra ele, num claro exercício de contraponto, que deve colocar Bolsonaro de escanteio.

Neste ponto, ao que se vê, será o ministro, e não o presidente, o responsável pelo confronto de ideias com o ex-presidente.

E como já resta provado a sua parcialidade contra Lula, não há outro caminho para a Suprema Corte senão o de anular o julgamento comandado por ele contra o ex-presidente.

Para isso, batam apenas três votos dos cinco que forma a 2ª Turma do STF…

Marco Aurélio D'Eça

3 Comments

  1. Deixa de falar besteira, quem falou que estava nas mãos do congresso foi o tofoli, o Moro apenas ratificou, outra coisa, mensagens roubadas por hackers além de ser crime, não foram periciadas para comprovar a sua veracidade.

  2. Por favor ,procure ser imparcial nas suas deduções ,veja a VENEZUELA CHILE E BOLIVIA e vc quer o mesmo para o Brasil aliás qual e seu nome MARCO AURELIO OU FLAVIO DINO DILMA OU LULA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *