37

Os municípios como capitanias hereditárias…

Teresinha é mulher de Jomar, em Imperatriz...

A principal reportagem política da edição de ontem do jornal “O Estado do Maranhão” – um painel sobre a sucessão em seis dos principais municípios – traz um dado revelador de como a política é tratada como questão familiar no interior maranhense.

Em todos os municípios citados há entre os possíveis candidatos de 2012 parentes de líderes p0líticos já estabelecidos. Em casos como o de Caxias, os parentes são, inclusive, os principais candidatos.

Genésio quer Pinheiro como herança familiar

A guerra familiar no interior é também reflexo da característica patrimonialista que marca a política maranhense como um todo, onde as “castas” se sucedem no poder, como donatários de capitanias hereditárias que passam de pai para filho.

Citando Caixas: o candidato do prefeito Humberto Coutinho (PDT) deve ser seu sobrinho, Leonardo Coutinho (ainda sem partido). Ele vai disputar contra Paulo Marinho Júnior (PMDB), que vem a ser filho dos ex-prefeitos Paulo e Márcia Marinho.

Até na oposição caxiense há herança familiar na sucessão: o candidato do PT pode ser Ney Teixeira, filho do líder partidário Mundico Teixeira, ligado ao vice-governador Washington Oliveira (PT).

Luciano, outro Leitoa pra governar Timon

Em Timon é parecido.

A prefeita Socorro Waquim (PMDB), que já elegeu e reelegeu o marido Sétimo Waquim (PMDB) deputado federal, agora quer se manter no poder por meio também do sobrinho, Talles Waquim. Na oposição, o principal candidato é o deputado estadual Luciano Leitoa (PSB), filho do ex-prefeto Chico Leitoa (PDT).

Seguindo para Pinheiro, encontra-se entre os principais candidatos Luciano Genésio (PCdoB), filho do ex-prefeito José Genésio. Sem falar no ex-prefeito Filuca Mendes (DEM), que tem o filho, Victor Mendes (PV), já inserido na política estadual, como deputado estadual e secretário de Meio Ambiente.

Rochinha tentará novamente em Balsas

Em São José de Ribamar, os dois candidatos que podem se insurgir contra o prefeito Gil Cutrim (PMDB) – ele próprio de uma família tradicional da política maranhense – são Roberto Câmara (PSB), filho do lendário Jota Câmara, e Julio Matos Filho, outro filho de ex-prefeito.

No município de Balsas, o prefeito Chico Coelho (PMDB) tem como principal adversário Luiz Rocha Filho, o Rochinha, filho de ninguém menos que o ex-governador Luiz Rocha, e irmão do ex-deputado federal Roberto Rocha (PSDB).

O painel de “O Estado do Maranhão” se fecha com Imperatriz, onde o prefeito Sebastião Madeira (PSDB), pode ter como adversária Teresinha Fernandes (PT), mulher do ex-prefeito e ex-deputado Jomar Fernandes (PT).

A política de sobrenomes se repete em praticamente todos os municípios maranhenses, mostrando como o estado ainda vive sob os signo das oligarquias.

Onde o poder é passado de pai para filho.

Como herança familiar…

Marco Aurélio D'Eça

37 Comments

  1. e em santa rita nao e diferente o hilton agora quer seu primo irmao ariston gonçalo

  2. Não importa a Família: Sarney, Cutrim, Lucena, Waquim, Cunha,Soares , Leitoa,Genezio……….
    O voto é secreto, livrar-se de oligarquias, basta querer mudar.
    O povo tem o que merece…
    Essas famílias na verdade fazem o papel do Estado em seus municipios. Se o Estado fosse mais eficiente , eles não estariam no Poder a tanto tempo. Se o povo tivesse mais educação a realidade provavelmente seria outra.
    A César o que é de César.

  3. O povo escolhe o melhor pra sua cidade, independente de lado familiar ou nao, se for ruim, tira e coloca outro. Agora se for bom , pra que mudar!

  4. a familia soares de presidente dutra desde 1986 vem lancando candidatos apenas da currutela deles,filho(remi)cunhado(agripino)nora(irene) e agora uma neta(binê)e soares que num acaba mais e a cidade atolando nos buracos

  5. Caro Marco Aurelio Deca, venho atraves desse espaço trazer a realidade do meu municio, que há anos vem sendo governado por apenas duas familias, os SOARES e os Arápuas.Antes destes dominarem a sena politico local quem fazia era a familia VALERIANO que dominou a cidades por 25 anos, ai veio o Remy SOARES, Agripino(cunhado de Remy), Jurandy(arápua), Remy Soares,Joaquim NUNES, Irene Soares e novamente Irene Soares.Em nosso municipio ate os grupos de suporte, os que indicam o vice são os mesmos, alternando entre os NUNES e LUCENAS.

  6. E o pior é que ainda querem criar novas Capitanias Hereditárias (Municípios) no Estado do Maranhão

  7. Marco nesta matéria vc fala das sucessões eleirorais, sendo parentes proximos dos atuais prefeitos(as), a lei eleitoral não proibe tal situação? Como farão para burlar a lei, pois a lei fala em parentesco até terceiro grau. Gostei da matéria, esses comentarios contra devem ser de algum interessado na defesa destes canceres que estão sutofagiando o nosso estado, continue com estas materias inteligentes e reflexisivas.

    Resp.: Sobrinhos não entram no impedimento.

  8. Marco D’eça a eleição de 2012 criou um terceiro grupo político na cidade de Timon. A vitória de Alexandre Almeida para deputado estadual pode ter formalizado de vez a terceira via, um grupo alternativo independente de Chico Leitoa e Socorro Waquim.
    Liderado por Alexandre Almeida (PTdeB), a terceira via ainda tem poucos integrantes, entretanto pesquisas demonstram que há espaço para crescimento, pois cerca 30 mil eleitores não optaram pelos grupos de Luciano nem de Socorro.
    Tem consigo, o PTdoB e PV, e em razão da conjuntura pode inclusive te o PTB no Projeto.
    Declarou não ser candidato a prefeito, e que seu interesse é construir uma terceira via com um candidato que pode sair inclusive do PT.
    Tem ao seu favor a rejeição da Prefeita e também do grupo do ex. Prefeito Chico Leitoa. Tentará conquistar os votos mais conscientes ou de protestos, que não querem nenhum dos outros dois grupos. Seu sucesso dependerá do desempenho como Deputado Estadual e principalmente da formação de uma coligação que lhe proporcione um bom tempo de TV, pois apostará nos eleitores insatisfeitos e mais esclarecidos, as pesquisas apontam que são eleitores independente dos grupos Socorro e Luciano, que acompanham a campanha eleitoral pela TV. O que torna o PT fundamental para esse grupo.
    Alexandre Almeida está decidido a formar uma 3ª via. Traz como principais discursos: “O povo merece uma opção que não os Leitoas ou Waquins”, defende;os partidos aliados não tiveram oportunidade de crescimento pois foram forcados a apoiar os candidatos da prefeita” dentre outros.

  9. Tem cidades que querem filhos de politicos. A nossa cidade Esperantinopolis, torcemos pela saude da Dra Karla Muniz e que Deus ilumine seu caminho e permita que ela possa conduzir nossa cidade com paz e bencaos do nosso Senhor..

  10. No caso específico de Pinheiro, o ex-deputado Zé Genezio tenta a todo custo emplacar a seu filho em alguma coisa e não vem obtendo êxito, o Luciano já vai para 3 derrotas seguidas, pelo menos temos conseguido barrar essa tentativa de porem desocupados na coisa pública, porem você quando entra nesse vespeiro bate de frente com uma corja, que entende a coisa pública, como quinhão de suas posses. ora! esse pessoal tem que encontrar alguma profissão, afinal mandato eletivo tem dia, mês e ano pra terminar.

  11. Marco vc precisa se valer de um ditado poular que diz ” em casa de enforcado não se fala em corda”

  12. Engraçado.
    Tem horas que sinto vontade de rir muito dessas coisas que vc escreve. Chega a ser ilário esses seus posters falando de capitanias hereditárias, de filhos que substituem os pais nos municipios maranhenses. Não vou perder muito tempo falando disso, só pra lembrar que vc esqueceu ou fez de propósito, não falando da árvore genealógica do prefeito Gil Cutrim, aliás, a familia Cutrim hoje, é a segunda mais poderosa do Estado, enquanto os Sarneys dominam a politica, os Cutrims dominam o judiciário, sem falar nos outros negócios????????Eita Mranhão velho de guerra;.

  13. Nossa que nojo!!!!
    Não sei se sinto mais nojo da tua materiazinha, do teu peito estufado- tipicamente bossal- ou dos comentários idiotas ai listados.

  14. Caro Marco Aurélio Deça, sua afirmação não pode ser contemplada como fidedigna. Não se pode querer ausentar os direito e principalmente os deveres de uma pessoa pelo simples fato de ser aparentado de políticos. O ditado que “filho de peixe peixinho é” não pode ser usado para caracterizar o fato de que filhos de ficha-suja sejam ou serão ficha-suja. Além do mais que não a nada que impeça qualquer pessoa independente de sua condição social de ser candidato a cargo eletivo.

    Resp.: Alguém falou em ficha-suja aqui??? Seria um “salvo-conduto”???

  15. “A política de sobrenomes se repete em praticamente todos os municípios maranhenses, mostrando como o estado ainda vive sob os signo das oligarquias” isto é o maximo que lhe permitem escrever?. Se fosse um jornalista com um minimo de seriedade e independencia comecaria assim: “Seguindo a politica dinastica e oligarquica que governa o maranhao, a mais de 40 anos, com pequenos intervalos de alternancia, onde o poder passa de pai pra filhos, mulheres e ascendentes com a mesma naturalidade que se transfere bens particulares, os prefeitos municipais de nosso pobre e maltrapilho estado projetam para 2012 uma sucessao de nomes familiares e protofamiliares para sucede-los.. e por ai vai….

  16. Tu já gostas de mexer em vespeiro, aff! To rindo alto aqui dos comentários!
    Você como jornalista sabe bem quanto custa um voto, e assim sendo, é muito, mas muito fácil eleger qualquer um, basta ter dinheiro!
    Infelizmente em nosso Estado, assim como muitos do Brasil o maior pagador é o Estado, Prefeitura e o Gov. Federal. É fácil identificar o problema, mas dificil resolver.
    Gosto de discutir política, mas gosto mesmo é de provocar. Esses que protegem “x” ou “y” até a morte e desconjuram os opositores é por puro favorecimento. SEMPRE! Nestas minhas provocações sempre vou identificando, devagar, até a hora que descubro o porque da predileção, e ai, pimba! Detooono!
    É uma pena, mas enquanto alguns suam 4 meses e alguns dias para pagar seus impostos, outros lutam por uma boquinha, por uma tetinha pra mamar… e ai não adianta reclamar depois…
    Infelizmente merecem(os) todos estes políticos que ai se apresentam…

  17. Esqueceram de Pastos Bons, Que seu Luis Mota foi prefeito dois mandatos, passou pra Enoque Mota seu Filho que esta terminando seu segundo mandato e agora o Enoque Mota quer passar pra seu sobrinho Tiago Mota que tambem é neto do seu Luis Mota.

  18. Você não pode esquecer do Estado, capitânia hereditária-mor.
    Quem manda e desmanda é o Sarney, da Justiça a corrupção, tudo tem o dedo dele. Lamentavelmente.

  19. Aqui será Thiago Aroso, o filho da prefeita.

    (…)

    resp.: quer anunciar? Procure o setor de propaganda do blog e veja o preços dos espaços publoicitários.

  20. SOMENTE A FALTA DE DESENVOLVIMENTO DE UM MUNICÍPIO E A DESENFORMAÇÃO DE SEU POVO CONSEGUEM PERPETUAR O ATRASO E O NÍVEL RUIM DOS CABEÇAS DE SEUAS PREFEITURAS. A FALTA DE OPORTUNIDADE LEVA AO RECEBIMENTO ETERNO DE CARIDADE E DE POVO DESINFORMADO.
    SOU ELEITORA E ESTOU DE OLHO!

  21. Mas assim é, principalmente, o Maranhão: uma eterna capitania hereditária! Não preciso tecer comentários sobre o “nosso” Estado.

  22. marcos,
    aqui em balsas nós vamos dar outra surra no rochinha..não queremos nem pensar em ter um prefeito sem o apoio da gov roseana, da pre. dilma e do dep .stenio rezende……sem como vamos resolver os nossos problemas???????????
    é é é chico martins preeeefeeeiiitooooooo de balsas

  23. equeceu de Matões blogueiro. Prefeita Sueli vai pra reeleição, depois é o Rubão novamente.

    Resp.: Neste caso você parece ter falado só paa ataar adversários. Se a prefeita Suely for reeleita, o Rubão nã poderá ser candidato em seguida. É o básico da elei eleitoral.

  24. Em santa helena a prefeita quer emplacar o seu primo e contador do municipio ZEZIDO ALMEIDA, contra os ex-mandatario da familia weba e os lobatos.

  25. marco o povo tem que se educar ou deixa como esta mesmo ? afinal quanto mais burro o povo mais chances pra esse povo. meu deus tenho pena da minha bacabal nao merece ze vieira, ze alberto, joao alberto, taugi aqui e um sinal claro de povo burro e sem personalidade

  26. Se o zé alberto for candidato tem meu voto aqui em BACABAL só não vale voltar a prefeitura pras mãos de zé vieira ou joão alberto ..

  27. VC APENAS SE “ESQUECEU” DA DINASTIA DOS SARNEY!!!!
    PRINCIPAIS RESPONSÁVEIS PELA POBREZA E PELO ATRASO DO MARANHÃO.
    E QUANDO O MELHOR GOVERNO DA FILHA DO SARNEY VAI COMEÇAR?????

  28. Uai, Sarney, Roseana, Lobao pai, Lobao filho. Quer oligarquia mais encroada do que esta? O interior apenas repete o poder central do estado. O maranhao nao é o ultimo estado em tudo ä toa. Oligarquias sao corruptas, patrimonialista, grupinho de gente podre de rica rodeada por hordas de miseraveis. Desde viturino freire até Roseana.Castelo com sua filha é tudo igual. Mas voce nunca fez comentario a respeito disto. Nao confrontando e mostrando a teia que esta putrefata oligarquia se mantem. A proposito nao existe jornalismo serio no maranhao.

    Resp.: Os registros dos comentários mostram que este é apenas o seu segundo comentário no blog. Pelo menos com este IP. Se lêsse os textos aqui postados, talvez saberia das críticas deste blog à portura patrimonialista da polítia maranhense. É só procurar nos arquivos.

  29. você esqueceu o Vadilson, lá de Gonsalves dias. Esqueceu também de cita o Estado do Maranhão.

    resp.; O estado não está citado no texto não? O que quer dizer, então do trecho “A política de sobrenomes se repete em praticamente todos os municípios maranhenses, mostrando como o estado ainda vive sob os signo das oligarquias” ? E este trecho aqui, então: “A guerra familiar no interior é também reflexo da característica patrimonialista que marca a política maranhense como um todo, onde as “castas” se sucedem no poder, como donatários de capitanias hereditárias que passam de pai para filho”.
    Portanto, amigo, leia melhor, antes de querer criticar.

  30. Essa postagem não é de se estranhar vindo desse blogueiro puxa saco do governo estadual. Isso já faz parte da campanha contra a oposição que luta no Ma. Como diz o comentário acima, é um postagem direcionada. Queria ver vc mostrar as outras capitanias inteiror a dentro do Ma que estão nas mãos de aliados do governo estadual e realmente fazer uma analaise imparcial.

  31. e voce esqueceu que imperatriz o ildon marques ”ficha suja” seu filho ildon junior.

  32. MARCO, INTERESSANTE SUA REPORTAGEM. VC SO TRATA DAS CIDADES DE OPOSIÇÃO AO GOVERNO E ESQUECEU DE RETRATAR A REALIDADE DO MARANHÃO, A GRANDE E IMPERIOSA OLIGARQUIA QUE FELIZMENTE AGORA SE ARRASTA A PASSOS CURTOS,PENSOS E INSEGUROS MAS QUE DUROU DECADAS.
    E AÍ, VC NÃO QUER FAZER UM POST SOBRE ESSAS REPETIDAS SUCESSÕES?

    Resp.: Já fiz vários. Se você se der ao trabalho de pesquisar no blog, verá várias matérias tratando dos personagens que se perpetuam no poder maranhense. E neste próprio texto, o fechamento mostra exatamente por que a política de pái-pra-filho se repete no interior.

  33. Em Bacabal vai ser o contrario entrerará na disputa Zé Alberto Veloso pai do deputado Alberto Filho recentemente foi feito uma pesquisa na cidade o nome do pecuarista Zé Alberto apareceu em primeiro lugar ..

  34. è pena que esqueceram Tuntum, que encontra-se nas garra da familia Cunha (Tema Cunha) há 20 anos.

  35. vc pensar quem ler seu blog e idiota ou vc é um ?

    Resp.: Não entendi!!! Pode ser mais claro???

  36. É pena que esqueceram de Tuntum, que está nas garras da familia Cunha (Tema Cunha) há 20 anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *