31

Prolongamento da Litorânea: nada justifica o complô contra a Prefeitura…

Por preciosismo, Litorânea não avança

Chega a ser uma espécie de “crime de lesa-pátria” o que promotores e procuradores – federais e estaduais – estão fazendo com o projeto de prolongamento da Avenida Litorânea, que a Prefeitura de São Luís tenta implantar há três anos.

Tanto o Ministério Público Federal quanto o Estadual inviabilizam a obra por meras questões burocráticas. O MPF questiona o traçado da avenida. Já o MPE vê irregularidades no Estudo de Impacto Ambiental (EIA).

Preciosismos de procuradores e promotores – muitos dos quais sequer vêem o mar.

Trata-se das mesmas tolices que movem as insistentes e já cansativas ações contra a estrutura dos bares da mesma avenida – estrutura que só garante conforto aos frequentadores.

O prolongamento da Litorânea é uma obra tão importante quanto a Via Expressa, e vai melhorar a cidade tanto nos aspectos de mobilidade urbana quanto nas questões turísticas.

Brecá-la por tanto tempo por puro preciosismo legalista é jogar contra o desenvolvimento de São Luís.

Lamentável, portanto…

Marco Aurélio D'Eça

31 Comments

  1. Também não creio nesta teoria conspiratória contra Castelo. A verdade é que ele tem responsabilidade e oportunidade de melhorar o caótico trânsito de São Luís e não fez nada em 03 anos. Segundo sua assessoria esses anos foram de planejamento. Imagine se todo gestor que tiver 04 anos de mandato passar 03 anos planejando? Francamente.
    Também concordo que o mundo não vai se acabar se as barracas da litoranêa derem o melhor conforto para os clientes. Achar que uma barraquinha com um banhierinho péssimo seja melhor para os clientes, turistas ou não, e melhor para o meio ambiente é balela. Precisamos, sim, de barracas bonitas, arborizadas com decks confortáveis e banheiros higinenizados. Tem tantos outros locais a serem fiscalizados. Vejam a Praia Grande? Que vergonha, lá sim, precisa ser revitalizado, urbanizado, sem baratas, com segurança, etc…

  2. IMAGINEM SE O GOVERNO DO CEARÁ CONSTRUÍSSE UMA AVENIDA BEIRA-MAR EM CANOA QUEBRADA.FICARIA HORRÍVEL.AQUI SERÁ A MESMA COISA.MAIS BONITO É COMO ESTÁ!

  3. São as últimas praias urbanas em estado quase-selvagem.Vão colocar um trombolho de asfalto em cima de um paraíso natural.Muito melhor seria construir pistas e estacionamentos, na falésia, preservando a praia.

    Resp.: Besteira. Quero ver prédios maravilhosos com vista para o mar, restaurantes com ar condicionado e decks confortáveis para se refestelar ao sol. E avenidas á beira-mara, circulando toda a ilha. Quase selvagem é pra troglodita, do tempo da pré-história.

  4. E aí HOMBRE, como está o coração? Já regulou o sistema elétrico. Cirurgia antiga né?
    Cuidado, comer vieiras grelhadas e tomar umas e outras pode prejudicar o tratamento.
    Saudações…

  5. Caso exista o “COMPLÔ”, o alvo é a reeleição de Caostelo, mas, a parte prejudicada mesmo é a população.

  6. não trabalho na prefeitura e nem no estado mais tenho opinião propria o MPE E MPF TRABALHA NO ARCONDICIONADO NÃO SABE O QUE É PEGAR ÔNIBUS, VCS DEVEM SE MANCAR O POVO QUER A OBRA FAÇAM PESQUISA POPULAR E PERGUNTAM AO POVO SE ELES QUEREM AS OBRAS PELO AMOR DE DEUS.

  7. Discordo do jornalista. A lei existe para ser cumprida. Se for assim, prevalecendo apenas “boas intenções”, como controlar o gasto do dinheiro público? Pra que leis? Pra que justiça? Pra que MP? Eu defendo que a litorânea nunca deveria ter sido construída, principalmente da forma como foi. Hoje é um lugar sem beleza, sem higiene, sem segurança sob qualquer aspecto. Quantos já morreram atropelados, assassinados, assaltados?A prova maior da agressão ao meio ambiente salta aos olhos de todos: areia se acumulandonos bares, na avenida, até do outro lado da praia.O que é isso? A natureza procurando seu lugar. Sinal que aquelas construções não deveriam estar ali. Acho mesmo que as autoridades competentes poderiam dar um tratamento mais energico para preservar aquela área. Observando mesmo o que ocorre lá pras bandas da tal Península o povo já deveria ter entendido que com a natureza não se brinca, pois ela cobra uma fatura muito alta que será paga, ainda não nesta, mas nas proximas gerações. Gerações essas que nenhum governo nem municipal, estadual ou federal está comprometido.

  8. Essa é a forma de se fazer “PUlitica” em nosso estado!!!
    Ninguém quer trabalhar,… Todos querem é boicotar o concorrente!!!

  9. Vcs falam tanto em “DEIXA O CASTELO TRABALHAR” – a realidade é q se realmente ele fosse comprometido com o trabalho ele começaria a tapar pelo menos 50% dos buracos dessa cidade… há não seria pedir demais p q ele tapasse o rombo q ele fez na Prefeitura para eleger a filha

  10. EU QUERO VER SE NÃO VAI SER CRIME TAMBEM O PROLONGAMENTO DO ARAÇAGY, QUE VAI SER FEITO PELO GOVERNO DO ESTADO,NÃO FAZ NÃO DEIXA OS OUTROS FAZER,FAZ O HOSPITAL QUE A SAUDE DO ESTADO E ZERO A EAQUERDA.

  11. Caostelo não é nenhuma Brastem, mas esta tentando melhorar, pelo menos. Rosengana barra não só o prolongamento da Litorânea, mas também a construção do hospital de emergência, que , com sua maquete, já ganhou até prêmio em bienal em São Paulo. Aqui, no Maranhão, todos os poderes são subservientes aos Sarney. A omissão dos promotores em assuntos relevantes é gritante, como os hospitais abandonados , desmascarados pelos deputados Dutra e Simplício.
    Ricardo Murad e o desvio de verbas da Saúde ninguem investiga, não é mesmo , dr. Herbert Figueiredo?

  12. Ah!! a continuação da Litoranea é uma agressão ao meio ambiente?e os mais de 100 mil litros/horas de esgosto que são jogados em vários pontos,transformando quase a totalidade da nossa orla impraticável ao banho.Isso não é agressão ao meio ambiente??Senhores Procuradores.Procurem e achem!!!!

  13. Muito bem escrito seu comentário,caro Marco.São Luís “parece” estar condenada não se desenvolver exclusivamente por picuínhas políticas;não tem nada de agressão ao meio ambiente,a mesma já tem mais de 6 km e só faltam mais uns 3,8 km,e,agora “encontraram” uma extensa fauna e flora,para justificar tal palhaçada?a questão é polítca SIM e,nós habitantes desta bela ilha é que pagamos por tudo isso,sem se falar no turismo.E,pelo visto vai continuar assim pois o candidato do governo(estadual)à Prefeitura,ninguém quer ser sequer seu vice.Não voto no atual prefeito mas,tá claro que o candidato dos “Leões”não vai rugir.Mais 4 anos de “taca” na ilha do amor.Como bem vc citou;um crime de “lesa-pátria”….

  14. Eh um verdadeiro crime proibir uma obra tao importante para o desenvolvimento da nossa cidade! Isso so acontece no Brasil e principalmente no Maranhao de Sarney!

  15. QUE MENTIRAAA… TODO PROCESSO ADMINISTRATIVO TEM IRREGULARIDADES NESSA OBRA!
    SÓ AGORA TÃO QUERENDO QUE ELE SAIA… NADA SUSPEITO NÉ?
    MAS PIÓR QUE ISSO SÓ AS EMPRESSAS SANGUESSUGAS E A ESCÓRIA DE CARGOS COMISSIONADOS QUE É A CARA DO MARANHÃO!
    TODOS QUE DEFENDEM AQUI, OU REDES SOCIAIS ESTÃO MAMANDO NO DINHEIRO PÚBLICO (SEM CONCURSO) E TEM QUE DEFENDER UM POLÍTICO QUE NADA DE IMPORTANTE CONCLUIU…
    TOTALMENTE APARTIDÁRIO, ACREDITO QUE NINGUÉM TEM MAIS CULPA DO QUE O PRÓPRIO “POVO”… JÁ FOI O TEMPO QUE SARNEY DEIXOU O POVO BURRO PRA NÃO SABER COMO AGIR… TEMOS PESSOAS ESCLARECIDAS AQUI JÁ… A SELVAGERIA ESTÁ DIMINDUINDO… MAS FALTA VONTADE!
    POVO SEM VONTADE MERECE ISSO MESMO! FICA FELIZ COM ‘MEIO METRO DE ASFALTO’ QUE JÁ ERA PRA TER SIDO CONCLUÍDO A NO MÍNIMO 2 ANOS ATRÁS!
    DEFENDAM SEUS POLÍTICO, SUA GENTE, SUA MARANHENCIDADE!… PODE SER CAPITAL DA CULTURA(TÍTULO QUE CUSTOU QUANTO???), MAS EQTO NÃO MUDAR A CULTURA DO POVO, COM LOUCOS DEFENDENDO “COMPLÔ CONTRAPREFEITURA” VAI SER ESSA MESMA MERDA!

  16. Caro Marco,
    Concordo com o seu posicionamento,porém em parte,senaõ vejamos:Para fazermos um obra seja publica ou particular e que essa obra confronte com o meio ambiente principalmente em areas de preservaçaõ ambiental permanente(caso de dunas) o projeto executivo dessa obra a ser feito deverá ser planejado levando-se em conta tais parametros,é o que naõ aconteceu nessa obra da Prefeitura que ao meu ver naõ deve ter sido levado em consideraçaõ no Relatorio de Impacto Ambiental, daí o embrólio.Po essa foto que vc postou observe que se for levado em consideraçaõ o antigo traçado e se for dado continuidade ao mesmo a via com certeza ira atingir as dunas,daí a necessidade de rever o novo traçado.Sou a favor da construçaõ da obra ,mas respeitando o meio ambiente ja taõ aviltado por gestores publicos irresponsaveis “que tudo quero e tudo posso”.Lembro a vc que antes dessa obra,repito ser a favor,na questaõ da mobilidade urbana deveria ser feita as ligações entre bairros o que naõ existe e que tambem seria soluçaõ para o desafogo do transito nas principais avenidas,exemplo:se eu estiver no Cohafuma e quiser ir para o Vinhais ou Recanto doVinhais somente pela avenida,essa é a nossa realidade

  17. Falso moralismo de ambientalistas, que trafega no transito caotico da holandeses e que tem pagar a conta. Em Natal o centro de convenções fica no parque das dunas, os hoteis em sua maioria na orla (Praia) o mesmo acontece em Fortaleza, Porto Seguro e tantas outras e nem assim as vieram abaixo, a cada dia o fluxo de turistas aumenta. Pra construir uma ponte de 25 metros sobre o Rio Pimenta e um pucha encolhe entre a Prefetura e Governo do Estado que nem capeta aguenta de tanto enchimento de saco.

  18. Caro Jornalista,
    Tenho notado uma mudança em suas colocações, uma imparcialidade antes nunca vista, agora dizes o que vários leitores que querem o bem da nossa Grande Ilha querem ouvir dos formadores de opinião como vc, a sua postura tem que ser sempre esta. Parabens.

  19. Posicionamento coerente Marco. Que o prefeito não é santo e que deve tá querendo de repente (quem sabe né ?) valorizar tb seus terrenos no olho d aguá tudo bem… Mas barrar uma obra dessa magnitude por mera vaidade, preciosismo como vc disse, para depois ficar arrotando nas rodas de poucos amigos que embargou, que fez e aconteceu contra a prefeitura… Maldade pura!!

  20. Quem conhece o Brasil sabe que em Salvador a litorânea liga a cidade velha a nova em uma enorme extenção evitando carros entrarem na areia e matem crianças.Os que são contra deviam obrigar o estado a despoluir as praias e tratar os esgôtos mas não o fazem poque são bois do sarney.

  21. RSRSRS, VC GOSTA NÉ DE CURTIR NÉ?

    FERIAS SÃO FERIAS NÃO É MESMO, SEMPRE MUITO BOM.
    ABRAÇÃO

  22. Não creio nesta teoria conspiratória contra Castelo.
    Acredito que ele é um corrupto incompetente, que tem mil e uma possibilidades de melhrorar o caotico trânsito de São Luís e nada fez em 3 anos.
    Como sabe que o prolongamento da Litorânia é polêmico sob todos os aspectos (ambiental, jurídicio, etc) iveste nessa idéia para parecer estar sendo perseguido e castrado em suas ações pelo “sistema”.
    Por que ele não executou a prometida Anvenida de acesso ao Altos Calhau via Holandeses? Ou houve tb perseguição ?

  23. Caro Deça,
    Na minha opinião, o prolongamento favorecerá à um desequilibrio ecológico, principalmente com o favorecerimento a edificações em toda sua extensão,isso é só umas questões em referencia ao meio ambiente.

  24. Marco,
    Claro que têm que ser levado em consideração os impactos ambientais em uma obra desse pote. Quanto aos bares da Litorânea não é bem assim, eles tem permissão para uso d a área que é pública através de contrato com o Estado, que tem regras, não podendo passar, alugar ou vender o ponto, muito menos alterar a estrutura construída para eles. Claro que não tem mais um regular na área.

    resp.; Ninguém tá falando de vender, alugar ou passar ponto. O qeu se questiona é a burride do Minsitério Público, da SPU e do Iphan em achar que uma barraquinha mínima, com banhierinho mequetrefe seja melhor para o meio ambiente que uma estrutura com palmeiras, decks confortáveis e banheiros higinenizados. Quem gosta de barraquinha em praia é estudante universistário, daqueles que ainda nãos e livraram das idéias de camping dos primeiros períodos. Eu gosto é de estrutura confortável, por isso evito as barracas cruas e opto sempre por bares confortáveis, com palmeiras, varandões e pisos confortáveis.

  25. Meu Nobre Vascaíno, esse povo não tem o que fazer por isso fica procurando chifre em cabeça de cavalo.

    DEIXA CASTELÃO TRABALHAR

  26. Marco D’Eça é impressão minha ou você ta mudando? Você sabe quem ta melando tudo nessas obras da preferitura né, não deixam Castelo trabalhar, fazer o quê…

  27. Decio, realmente estou muito feliz com sua colocação. Simples e independente, como um verdadeiro jornalista tem que ser.

  28. Se o governo do Estado e a prefeitura quisessem mesmo melhorar o trânsito de São Luís, deveriam era melhorar o transporte público. Se não é interesse deles fazer isso, poderiam pelo menos investir em saneamento básico e habitação popular ou abater na dívida pública para economizar nos juros, o dinheiro seria melhor gasto dessa forma, na minha opinião.

  29. Marco,
    Concordo com tudo que escrevestes. Mas temos que ter cuidado quanto às questões ambientais. Estou por fora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *