8

Governo do Estado amplia vagas no sistema prisional do Maranhão

Sérgio Tamer, secretário da SEJAP: “a política de descentralização proporciona que os internos cumpram as penas próximos de seus familiares”

O Governo do Estado do Maranhão em parceria com o Governo Federal, por meio da Secretaria de Estado de Justiça e Administração Penitenciária (SEJAP) irá ampliar as vagas no sistema carcerário do estado. Um total de 1.612 vagas estão previstas para 2013.

Dando continuidade à política de descentralização das atividades penitenciárias que se iniciaram em 2011, com esta ação, o SEJAP visa apresentar uma solução para a problemática da falta de vagas nas penitenciárias.

A SEJAP, por meio dessas parcerias, garantiu recursos da ordem de R$ 21 milhões para a construção de três estabelecimentos prisionais nos municípios de Santa Inês (com 386 vagas), Pinheiro (312) e Bacabal (140), totalizando 838 vagas. (Leia mais aqui)

 

Marco Aurélio D'Eça

8 Comments

  1. Parabens ao Secretário, como advogado atuante na area criminal e conhecedor das mazelas do sistema, sou testemunha da mudança de postura ocorrida nas unidDes penais. O que antes era observado a pratica reinterada da violencia, sem nenhum tipo de trabalho para a reinserção social, agora ja se nota a diferença. Sempre que visito as unidades penais, observa-se o desenvolvimento de algum trabalho, seja na saúde dos presos, seja na melhoria da infra-estrutura, na reinserçao social.
    O problema continua sendo a superlotação, estão todas as unidades lotadas, se essa promessa se realizar, o sistema maranhense de cadeia ira dar um enorme salto!!

  2. Com toda certeza esse é o melhor Secretário de Governo, que o estado do Maranhão tem, um homem atalmente comprometido, inteligente, capaz e responsavél, na SEJAP, o que enterra mesmo é a Ugam, liderada pelo Srº Moiseis, um péssimo administrador e só paga quem le quer, ou quando tira vantagem, fique de olho de secretário.

  3. Com toda certeza esse é o melhor Secretário de Governo, que o estado do Maranhão, um homem atalmente compremetido, inteligente, capaz e responsavél, na SEJAP, o que enterra mesmo é a Ugam, liderada pelo Srº Moiseis, um péssimo administrador e só paga quem le quer, ou quando tira vantagem, fique de olho de secretário.

  4. Seria muito mais eficiente, seguro e barato para os cofres púbicos se as prisões fossem construídas e gerenciadas por empresas privadas.
    Os presos seriam mais bem tratados e custaria menos ao erário.

  5. EM TIMON O SISTEMA PRISIONAL CHEGOU NO VERMELHO, NÃO AGUENTA MAIS, TEM QUE FAZER OUTRO PRESÍDIO. ESTADUAL OU FEDERAL

  6. Lagoa da Jansem Sucateada.
    Cartão postal de SL virou escoadouro do dinheiro público.
    Pelo menos R$ 122,8 milhões de dinheiro público estadual e federal já foram gastos no hoje abandonado Parque Ecológico da Lagoa da Jansen.
    Inaugurado no fim de 2001, no 2º governo de Roseana Sarney (PMDB), hoje em sua 4ª gestão, o Parque Ecológico da Lagoa da Jansen só mantém atualmente o nome pomposo. E o que era para ser um dos mais belos cartões-postais da capital maranhense virou um local malcheiroso e sucateado, por onde, a pretexto de ‘recuperação’, ‘saneamento’ e ‘urbanização’ – que nunca ocorreram de fato –, escoaram pelo menos R$ 122,8 milhões de dinheiro público estadual e federal.
    Aonde foi pará essa dinheirama toda meu caro blogueiro Marco D´eça.

  7. É muito mais facil fazer isso do que investir em programas socias e na Educação.
    Parabéns pro Governo que cuida bem das pessoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *