27

Os próximos passos de Luís Fernando Silva…

Já consolidado como opção do grupo Sarney, o chefe da Casa Civil do governo Roseana Sarney tem em 2013 o “momento” para definir-se partidariamente, reafirmar a rede de aliados estratégicos para 2014 e consolidar-se no patamar de liderança com idéias concretas e comprovadamente factíveis

 

luisfernandoO chefe da Casa , Civil Luís Fernando Silva teve em 2011 o ano para erradicar desconfianças e consolidar-se no campo da articulação política – inclusive internamente em seu grupo político.

Os Seminários Regionais de Liderança, que produziram o subsídio necessário para o planejamento estratégico do estado até 2015 foram o principal resultado de sua ação político-administrativa.

Luís Fernando encerrou aquele ano com sólida repercussão entre os próprios aliados e como gestor capacitado entre prefeitos e parlamentares. 

Em 2012, o chefe da Casa Civil buscou consolidar-se como liderança política, sobretudo em campos nunca antes explorados pelos caciques do grupo Sarney.

A consolidação de uma relação institucional profícua com líderes de oposição, como o prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira (PSDB) – com frutos também na seara política – mostrou-se como retrato mais reluzente desta ação no ano passado.

Ação que começa a repercutir em outros espaços de poder, como Timon, Porto Franco e Caxias.

Em 2013, Luís Fernando Silva tem duas decisões a tomar.

Até setembro, terá que definir seu partido político, a legenda com a qual poderá se apresentar ao eleitor no ano que vem. A sigla terá maior simbolismo por que representará seu lugar de fala independente.

Atrelada a esta escolha, o chefe da Casa Civil terá oportunidade de expor mais claramente – tanto interna quanto externamente – o seu modelo de pensamento administrativo.

É a partir deste modelo que o eleitor poderá definir as diferenças de concepção programática, doutrinária e ideológica entre ele es os ministros Edison Lobão e Gastão Vieira, por exemplo.

E, sobretudo, entre ele e o oposicionista Flávio Dino (PCdoB).

Em relação a todos, a vantagem do secretário – muito mais que o seu excepcional desempenho à frente do município de São José de Ribamar, que comandou entre 2004 e 2009 – é exatamente o balanço de suas ações em 2011 e 2012.

Por que são fatos concretos, perfeitamente mensuráveis e saídos de sua própria prancheta.

O que lhe dá incontestável cacife pessoal…

Marco Aurélio D'Eça

27 Comments

  1. ele é tão preparado…que já estar há um bom tempo na principal secretaria de estado… e o maranhão…ô meu DEUS…ô povo iludido.

  2. Sem dúvida é o melhor candidato a governador que temos, Luís Fernando já provou que é competente o MARANHÃO merece o melhor.

  3. É BOM ELE CONCORRER VAI SER MAIS UM MACAXEIRA DA ROSENGANA, TU VAI TE QUEIMAR LUIS ARROGANTE.

  4. o comentário de John Doe diz tudo, ms acrescentaria algo mais no tocante as deficiencias de FD. Falta-lhe tb, HUMILDADE!

  5. Confesso que no inicio nao via muita graca nele, mas hoje ele e minha opcao de voto independentemente de grupo. Acho que o feeling de Roseana esta correto…

  6. Sou admirador do Flávio Dino, mas confesso que ficaria inclinado a votar no Luís Fernando, pelo trabalho e apoio que vem demonstrando pela região tocantina.

  7. TECNICAMENTE PREPARADO PARA O CARGO, O LUIS FERNANDO PODE SER A GRANDE TRANSFORMAÇÃO POLÍTICA NO NOSSO ESTADO, ACHO QUE ESTÁ NA HORA DO POVO DEIXAR DE ACREDITAR EM MILAGREIROS.

  8. Impressionante o carinho como Luis Fernando trata os mais humildes. Abraça, beija e escuta. O Maranhão, ganha um administrador e político competente.

  9. Se ser chato é não dar colher de chá pra picareta, então Luís Fernando é chato sim, e muito.

  10. Você se superou! Muito bom mesmo o texto! Sem dúvida ele conseguiu evoluir nesses dois últimos anos em campos importantes para sua consolidação como candidato. 2013 é pra fechar com chave de ouro sua caminhada rumo ao Palácio dos Leões.
    Bom pra o Maranhão…

  11. Onde tem passado, Luis Fernando deixado as pessoas com mais esperança de dias melhores e estão se convencendo de que é possível alguém séria no Governo, que faça de fato em prol do povo em vez de falar muito e fazer pouco.

  12. Admiro muito o dr Luis Fernando Silva, politico e tecnico preparado para ser nosso futuro governador.
    Nao tenho duvida que o MA estara bem administrado pelo Luis Fernando depois da Roseana.

  13. O Luis Fernando, é o cidadão preparado para governar o nosso estado, vem mostrando a cada ano que passa a sua competência. O maranhão precisa de uma pessoa como esta na política do estado. Sabe muito bem administrar os destinos do nosso povo. A região tocantina está com vc Luis.

  14. Caro Jornalista,
    Gostaria aqui não de comentar mas de entender sua opinião sobre o trecho em que você próprio diz. ” A sigla terá maior simbolismo por que representará seu lugar de fala independente”. Gostaria de saber possíveis Partidos que poderiam abrigar o candidato e se o PT é um deles, um abraço e no aguardo por sua resposta.

    Resp.: Não há nenhuma sinalização de qualqeur partido, nem de Luís Fernando sobre seu destino partidário.

  15. Luis Fernando tem condições de ser para o Maranhão o momento da virada, como foram TASSO JEREISSATI no CE, MARIO COVAS em SP, EDUARDO CAMPOS em PE e AERCIO NEVES em MG, grandes governadores e executivos que fizeram seus estados crescer, se profissionalizar, atrair investimentos e se tornarem mais ricos e com melhor qualidade de vida.
    FLÀVIO DINO com seu esquerdismo infantil, cercado de outros lunáticos esquerdistas, faria um governo ideologizado e preso a dogmas ultrapassados e ineficientes. Falta a FD pragmatismo e cultura gerencial.

  16. Sem dúvidas Luis Fernando será o candidato do Grupo e também será eleito Governador do Estado do Maranhão. Ele tem competencia para isso.

  17. Enquanto Luis Fernando se destaca em todas as frentes, capitalizando aspectos positivos, Flávio Dino, faz o contrário. No ano passado, por exemplo, fez campanha em todo o Maranhão, mas desagradou todos os grupos contrários nas localidades municipais. Em São Luís, conseguiu capitalizar a pecha de militante político radical, quando deveria ter se consolidado como líder político estadual. E, agora, enquanto Luis Fernando recebe, junto com a governadora Edivaldo Holanda Júnior, Flávio Dino se esconde do cenário. Não dá um pio sobre a inabilidade do pupilo com relação às demonstrações de sua incapacidade de gestão. Por que será? Deve ser porque ele é igualzinho a Holandinha, não sabe nada sobre gestão pública administrativa.

  18. Meu caro,

    O problema do Luís Fernando Silva é que com todo aparato dado pelo governo, ele não consegue deslanchar eleitoralmente, e, mostrar-se como um político com potencial para enfrentar o Flávio Dino, isso qualquer criancinha já percebeu. Falta-lhe carisma! O irreverente Dr. Peta, inclusive, a pedido dos seus diletos leitores, o colocou como um dos chatos do ano 2012. Você viu?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *