8

Medidas emergenciais já estão sendo providenciadas

CANIND~2O secretário municipal de Trânsito e Transportes, Canindé Barros, anunciou hoje que em breve as medidas emergenciais serão tomadas para melhorar o tráfego em São Luís.

Medidas emergenciais serão tomadas o mais breve possível. Após as várias apresentações de propostas na Câmara Municipal de São Luís, chegamos a algumas soluções a serem tomadas o mais rápido possível para melhorar o tráfego de veículos na capital – disse em entrevista à rádio Mirante AM.

É aguardar e conferir as mudanças no trânsito da cidade.

Marco Aurélio D'Eça

8 Comments

  1. Esse ai vai terminar se queimando que nem Helena na SEMUS , essa administração de EDI-H Jr é um balaio de gato.

  2. Eu gostaria de sugerir uma faixa de pedestre na praça Deodoro em frente ao banco do Brasil,nas duas vias,mas pelo q vi,já eh tarde,hj faleceu um idoso lá.

  3. EDVALDO, QUANDO É QUE VAMOS ORGANIZAR E MORALIZAR A SEMOSP ? TÁ NA HORA DE: 1)PAGAR AS FIRMAS DO TAPA BURACO. 2)COLOCAR A USINA DA PREFEITURA PARA FUNCIONAR. 3)COLOCAR GENTE NOS CARGOS CERTOS E DE PREFERENCIA QUE NÃO TENHA PARTICIPADO DAS MARACUTAIAS DA GESTÃO DO CASTELO. 5)REMUNERAR DE FORMA JUSTA OS SERVIDORES MUNICIPAIS.

  4. O SECRETÁRIO DA SMTT, CANINDÉ BARROS JÁ ESTA MOSTRANDO SERVIÇO, FOI UMA BOA ESCOLHA DO PREFEITO EDIVALDO HOLANDA.

  5. Secretário,novos comdomínios vão aparecendo e o transito deve ser adaptado.O condomínio Brisas do Calhau tem mais de dez torres e,a saída para a Jerômino de Albuquerque é um inferno!!Acho que seria necessário um semáforo.Obrigado

  6. Dentre essas medidas, sugiro ao Secretário aumentar o tempo de abertura, para os carros, do semáforo que fica em frente ao colégio Adventista, próximo ao elevado da Cohama, pois o tempo que fica aberto é muito pouco, causando engarrafamento, principalmente no sentido Maranhão Novo/Cohama.

  7. ESSE AÍ TEM QUE CONSULTAR PRIMEIRO OS PROPRIETÁRIOS DOS COLETIVOS. JÁ SABEMOS DA LIGAÇÃO DELE COM OS EMPRESÁRIOS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *