1

Traz dignidade, conforto e segurança, diz Ivaldo sobre Mercado do Coroadinho

Ex-secretário de Abastecimento, vereador esteve à frente do projeto e início das obras deste e de outros estabelecimentos reformados na gestão do prefeito Edivaldo Júnior

 

Edivaldo entregou o mercado do Coroadinho, um dos vários que estão endo reformados pela Prefeitura de São Luís

O vereador Ivaldo Rodrigues (PDT) ressaltou que os feirantes e consumidores do Coroadinho contam com um ambiente com toda infraestrutura adequada à compra e venda de produtos comercializados no local.

O novo mercado do bairro foi entregue nesta quinta-feria, 30, pelo prefeito Edivaldo Júnior (PDT). 

– Essa obra é um sonho realizado. Poder ver o resultado concluído em tão pouco tempo, onde tive o privilégio em participar da luta por sua realização enquanto estive secretário de Agricultura, Pesca e Abastecimento. Um espaço que traz dignidade, conforto e segurança alimentar para quem trabalha e principalmente para quem consome os produtos agropecuários comercializados no local. Parabéns ao prefeito Edivaldo por mais esse trabalho – destacou Ivaldo Rodrigues.

Construído em 1985 e reformado há mais de 20 anos, o Mercado do Coroadinho, agora está de cara nova. Sua antiga estrutura foi demolida para dar lugar a uma nova completamente capacitada para beneficiar os mais de 100 feirantes na área.

Toda a construção da parte estrutural do local foi refeita, como o levantamento de reboco das paredes de alvenaria, sistemas elétricos, hidráulicos, sanitários, piso, telhado, os boxes, área administrativa e os banheiros.

Como ex-secretário de Abastecimento, Ivaldo Rodrigues também esteve à frente das reformas e construções de outros mercados, como os mercados das Tulhas (Feira da Praia Grande), São Francisco, Cohab, Anil, Bom Jesus, Monte Castelo, Santo Antônio, Vila Bacanga e Santa Cruz, que em breve estarão prontos para melhor atender à demanda da população.

0

Ivaldo diz que prefeitura implantará 80 quilômetros de drenagem em SLZ

Segundo o vereador, foram 40 quilômetros no primeiro mandato de Edivaldo Júnior e outros 40 quilômetros que estão sendo implantados até o fim da segunda gestão, em dezembro

O vereador Ivaldo Rodrigues tem destacado as ações da prefeitura em seus discursos na Câmara Municipal

O vereador Ivaldo Rodrigues (PDT) destacou em pronunciamento na Câmara Municipal a implantação de 80 quilômetros de drenagem profundas implantadas pela gestão Edivaldo Júnior (PDT) em São Luís.

– É necessário reconhecer este trabalho que por vezes passa despercebido, tratando-se de obras subterrâneas, mas que são investimentos fundamentais para o desenvolvimento urbano e a qualidade de vida da população – disse Ivaldo Rodrigues.

Segundo o vereador, foram 40 quilômetros no primeiro mandato e mais 40 quilômetros em execução no segundo mandato.

 

0

Ivaldo Rodrigues vistoria obras na Divineia e Tibirizinho…

Ao lado do prefeito Edivaldo Júnior, vereador pedetista conversou com moradores e falou sobre suas ações para levar os serviço do programa “São luís em Obras” para as comunidades da capital maranhense

 

Ao lado de Edivaldo Júnior, vereador Ivaldo Rodrigues visitou obras na Divinéia e no Tibirizinho

O vereador Ivaldo Rodrigues (PDT) esteve na manhã de sábado nas comunidades de Tibirizinho e da Divinéia, onde vistoriou obras do programa “São Luís em Obras”.

Ao lado do prefeito Edivaldo Júnior (PDT), Ivaldo conversou com moradores e falou de suas ações para levar serviços públicos para esta comunidades.

– Estamos conseguindo ver a execução dessas obras através do programa São Luís em Obras, na gestão do prefeito Edivaldo, atendendo demandas históricas dos moradores da capital, gerando mais qualidade de vida para o nosso povo – explicou Ivaldo Rodrigues.

Divinéia

Edivaldo implanta 12 quilômetros de drenagem profunda na região da Divinéia, área de atuação do vereador Ivaldo Rodrigues

Integrando o pacote de melhorias para a região do Turu, estão sendo implantados 12 Km de rede de drenagem profunda, com 6 Km de pavimentação asfáltica, além do alargamento e revestimento em concreto do canal do Planalto Turu II. Benefício para mais de 30 mil moradores da área, abrangendo ainda os bairros Sol e Mar, Planalto Turu III, Chácara Brasil e Habitacional Turu.

Este trabalho vai ampliar a capacidade de vazão das águas pluviais e acabar com as inundações que ocorrem durante o período chuvoso. Entre as vias que serão contempladas estão as avenidas Argentina, Brasil, Brisa do Mar e Progresso, além das ruas Acre, Chile, Euclides Teixeira, José Antônio, Madre Margarida, Venezuela, Travessa Argentina, Travessa Jairzinho e Travessa José Antônio.

Tibirizinho

Já na zona rural da capital, as obras de asfaltamento estão avançando, com implantação ainda de rede de drenagem profunda. São 7 Km de pavimentação em 3 importantes bairros que ficam na entrada da cidade, como Tibiri, Tibirizinho e Rio do Meio, garantindo a urbanização, infraestrutura, mobilidade, acessibilidade e conforto para a população.

São obras aguardadas há decadas e que já estão transformando as vidas de quem mora nessas comunidades da zona rural. Durante as vistorias, estiveram presentes também a primeira dama, Camila Holanda, e o secretário Municipal de Obras e Serviços Públicos, Antônio Araújo.

1

A população foi enganada por Edivaldo Júnior, diz Eduardo Braide

Candidato do Podemos à Prefeitura de São Luís diz que o atual prefeito anuncia desde 2012 projetos que sequer foram iniciados, como a maternidade da Cidade Operária, o Hospital da Criança e as 25 creches anunciadas nas duas campanhas do pedetista

 

Eduardo Braide foi entrevistado pelo jornal O EstadoMaranhão e voltou a falar das mentiras da gestão de Edivaldo Júnior

O deputado federal Eduardo Braide (Podemos) voltou a dizer nesta terça-feira, 7, que o prefeito Edivaldo Júnior (PDT) engana a população de São Luís desde as eleições de 2012.

Para Braide, a população cansou do engodo da gestão do PDT e começa a dar a resposta, de acordo com as pesquisas de intenção de votos.

– O povo de São Luís está cansado de quem só aparece para trabalhar em ano de eleição.disse ele – em entrevista ao jornal O EstadoMaranhão.

De acordo com Eduardo Braide, as mentiras de Edivaldo Júnior e do seu grupo à população de São Luís se constatam em três obras fundamentais, anunciadas desde 2012.

– Cadê a Maternidade da Cidade Operária? Cadê o Hospital da Criança? Onde estão as 25 creches? cadê o wi-fi nos ônibus? Ficou tudo na propaganda – afirmou o parlamentar.

Braide tem consciência de que, mais uma vez, vai enfrentar duas máquinas poderosas – a do governo e a da própria prefeitura – que também foram usadas em 2016; mas garante estar confiante nos seus objetivos. ,   

– Ainda que tenhamos, de um lado, a força da máquina, do outro temos a força do povo – afirmou.

1

Ivaldo vê “revolução em feiras e mercados de São Luís”

Vereador que foi secretário municipal de Abastecimento destacou a reforma dos mercados da Liberdade, Forquilha, Macaúba, Coroadinho, Praia Grande (Tulhas), São Francisco, Cohab, Santa Cruz, Santo Antônio, Bom Jesus e Vicente Fialho

 

Ao lado de Edivaldo Júnior, Ivaldo Rodrigues acompanha obra de reforma do Mercado do Coroadinho, uma das várias em obras na capital

Em discurso na tribuna da Câmara Municipal de São Luís, nesta terça-feira, 30, o vereador Ivaldo Rodrigues (PDT),classificou como “revolução” as ações da prefeitura nas feiras e mercados.

Ivaldo destacou as reformas dos mercados da Liberdade, Forquilha, Macaúba, Coroadinho, Praia Grande (Tulhas), São Francisco, Cohab, Santa Cruz, Santo Antônio, Bom Jesus e Vicente Fialho.

O vereador lembrou que o Mercado do Coroadinho, construído em 1985 e reformado há mais de 20 anos, é uma das obras em estágio mais avançado. O local teve sua estrutura demolida no ano passado para dar lugar a uma nova que beneficiar os mais de 100 feirantes na área. 

– Outra obra que também está em fase adiantada é o Mercado das Tulhas, um dos pontos mais visitados da capital pela população ludovicense, turistas e todos aqueles que buscam lazer, diversão, artesanato, gastronomia, música, folclore e diversas outras expressões culturais da cidade – ressaltou Rodrigues.

O mercado é parte do Conjunto Arquitetônico e Paisagístico de São Luís, em uma área considerada Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco.

O vereador foi á tribuna da Câmara Municipal para tratar da recuperação das feiras e mercados de São Luís

No Mercado do São Francisco o trabalho já está adiantado, com cerca de 70% de toda a obra finalizada, que contará com aproximadamente 100 boxes. As etapas de terraplanagem, fundação e construção de pilares de concreto já foram concluídas. A próxima etapa será a construção do sistema sanitário e das instalações hidráulicas e elétricas.

– Nesta semana, está sendo realizado o processo de colocação de estacas de concreto na eira da Cohab, outra que passa por reforma da prefeitura – lembrou.

Também seguem em obras os mercados do Monte Castelo, Anil e Bom Jesus.

1

Edivaldo vistoria obras pela cidade durante o feriado

Edivaldo acompanha serviços de pavimentação na zona rural

A segunda-feira é de feriado, mas não para o prefeito Edivaldo Holanda Junior que segue com sua rotina de vistoria às diversas frentes de trabalho do programa São Luís em Obras que estão em andamento pela cidade. Nos canteiros de obras os serviços seguem em ritmo intenso desde o início do dia.

No Santo Antônio Edivaldo vistoriou as obras de reforma do mercado que desde sua inauguração recebia apenas pequenos serviços de manutenção feito pelos próprios feirantes.

Durante sua visita ao bairro Edivaldo confirmou para os moradores que também serão feitos serviços de pavimentação e uma praça.

Edivaldo recebe carinho de moradora no bairro Santo Antônio

A comunidade, que aguarda esses investimentos há pelo menos 25 anos, recebeu o anúncio do prefeito com muita satisfação.

Edivaldo também vistoriou as obras na zona rural da cidade que está recebendo serviços de drenagem profunda e asfaltamento em ruas em que há décadas os moradores sofrem com os alagamentos e a falta de pavimentação em bairros como o Tibiri, a Vila Sarney e a Vila Industrial.

Da Secom

1

Duarte Jr. mostra população exposta à coVID-19 em ônibus

Sem nenhum tipo de controle ou fiscalização por parte da Prefeitura de São Luís, coletivos circulam lotados por todo o dia, ampliando os riscos de proliferação do coronavírus; Gestão Edivaldo, como de praxe, permanece em silêncio

 

Duarte Júnior usou um dos coletivos de São Luís, que estava superlotado e sem nenhum tipo de fiscalização da Prefeitura de São Luís

O deputado estadual Duarte Júnior (Republicanos) fez nesta quarta-feira, 17 uma inspeção pessoal no sistema de transporte coletivos de São luís, para averiguar os riscos de proliferação do coronavírus.

Foram constatados aglomerações nos Terminais de Integração e superlotação dos ônibus, expondo a população a riscos de contaminação por coVID-19.

A Prefeitura de São Luís não pôs nenhum tipo de fiscalização, nem nos terminais e muito menos no acesso aos ônibus.

– Não há qualquer controle de entrada e saída de passageiros. Não há dúvida de que o distanciamento social só existe para quem pode pagar por ele. Imaginem se as aulas presenciais retornarem – alertou o parlamentar.

Duarte fez questão de viajar em um dos ônibus, exibindo os riscos a que estão expostos passageiros e trabalhadores do transporte.

Como ocorre em qualquer questão envolvendo sua gestão, o prefeito Edivaldo Júnior (PDT) permanece em silêncio.

Seguido pelo silêncio da SMTT…

5

Silêncio de Edivaldo sobre projeto eleitoral do PDT envolve 2022

Apesar de estar filiado ao partido que vai apoiar o democrata Neto Evangelista, prefeito de São Luís resiste a seguir o mesmo caminho por que sofre pressão do governo Flávio Dino pelo apoio ao comunista Rubens Pereira Júnior, num movimento que, caso concretizado, será a maior bomba da campanha eleitoral na capital maranhense

 

Edivaldo tem se aproximado de Rubens Júnior, que já o vê como “player” de 2022, ao eleger seu sucessor, que, obviamente, imagina ser ele próprio

Mais uma vez o prefeito de São Luís, Edivaldo Júnior (PDT) ficou em silêncio quanto ao futuro eleitoral de seu partido nas eleições de outubro.

Desde segunda-feira, a imprensa e as redes sociais repercutem a declaração de apoio do presidente da Câmara, Osmar Filho, ao deputado estadual Neto Evangelista, consolidando a aliança PDT/DEM.

Osmar Filho falou, Evangelista falou; deputados e vereadores do PDT e do DEM também comentaram a aliança.

Mas Edivaldo permaneceu calado.

Absolutamente submisso ao projeto político-eleitoral do governador Flávio Dino, Holandinha não fala sobre o futuro do PDT por que o PCdoB de Dino tem um candidato, o deputado federal Rubens Pereira Júnior.

Aliás, o próprio Dino já disse que será Edivaldo o coordenador da campanha do seu candidato.

Weverton Rocha e parte do seu grupo político em 2016, numa imagem que virou símbolo do arregaçar de mangas do senador pela reeleição improvável de Edivaldo

Caso Edivaldo consolide o alinhamento ao projeto dinista, seria uma virada de mesa histórica em relação ao senador Weverton Rocha (PDT), que arregaçou as mangas para garantir-lhe uma vitória que o próprio governador via como perdida em 2016. (Entenda aqui, aqui e aqui)

Mas ainda que seja visto como traidor pelo PDT, Edivaldo sonha com voos mais altos em 2022 em seu alinhamento a Dino.

Ele espera que sua obediência garanta uma indicação à chapa do vice-governador Carlos Brandão (PRB), o que o faria governador automático em abril de 2026, com direito à reeleição.

Candidato comunista, o próprio Rubens Júnior já tratou de incensar o prefeito, afirmando que ele elegerá o sucessor (?) e se tornará player forte em 2022. (Veja aqui)

De uma forma ou de outra, o silêncio de Holandinha em relação ao projeto eleitoral do seu partido é visto há muito com forte incômodo pelos pedetistas.

Sinal de que a relação parece estar chegando ao fim…

5

PDT com Neto Evangelista; com ou sem Edivaldo Júnior?!?

Posicionamento do prefeito de São Luís nas eleições de outubro ainda é uma incógnita para o próprio partido, tanto no que diz respeito à relação com o PCdoB de Flávio Dino – que também tem candidato – quanto pelo desgaste que sua presença pode causar à campanha

 

Osmar Filho já vinha atuando junto com Neto Evangelista desde o fim de 2019, em ações quem incluem também Pedro Lucas, do PTB

O presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Osmar Filho, reafirmou nesta segunda-feira, 15, compromisso do PDT com a candidatura do deputado estadual Neto Evangelista (DEM) a prefeito de São Luís.

– Abri mão em favor dele – afirmou Osmar Filho, ao programa “Ponto & Vírgula”, da Difusora AM.

Na verdade, a candidatura do presidente da Câmara já não era considerada desde o início de 2020, mas a reafirmação do apoio do seu partido a Evangelista retoma a discussão sobre a presença do atual prefeito Edivaldo Júnior na campanha.

Além de Osmar Filho, o apoio ao deputado do DEM já foi declarado pelo presidente municipal pedetista, Raimundo Penha, pelo líder do partido na Câmara, Ivaldo Rodrigues, e pelo presidente regional, senador Weverton Rocha.  (Relembre aqui e aqui)

Mas, até hoje, Edivaldo Júnior nunca tocou no assunto.

 

Apesar de filiado ao PDT de Weverton Rocha, Edivaldo mostra-se incapaz de tomar decisões sem a anuência de Flávio Dino, cujo PCdoB também tem candidato

Também filiado ao PDT, o prefeito tem forte relação de dependência política com o PCdoB, do governador Flávio Dino, que também tem candidato a prefeito; e esta dependência tem gerado especulações sobre sua relação com Weverton Rocha e com o próprio PDT.

Flávio Dino já havia até declarado que Edivaldo será o coordenador da campanha do seu candidato. (Relembre aqui)

O blog Marco Aurélio D’Eça tratou do silêncio do prefeito em relação ao PDT – e de sua dependência política a Flávio Dino – ainda em janeiro, no post Edivaldo Júnior entre Weverton Rocha e Flávio Dino…”

Mas hoje a questão Holandinha é vista com outros olhos também no próprio PDT, sobretudo depois das denúncias de corrupção em seu mandato.

Há pedetistas – e democratas – que vêem sua participação na campanha como um risco de desgaste a qualquer candidato.

Mas esta é uma outra história…

1

Outros destinos de recursos federais na pandemia serão investigados

Superintendente da Polícia Federal no Maranhão disse que as operações relacionadas à compra de EPIs se dará em vários outros municípios para onde foram encaminhadas verbas federais, via emendas parlamentares ou por transferências do Ministério da Saúde

 

Cassandra Parazi falou de novas investigações da polícia Federal a partir dos dados colhidos nesta primeira fase em São Luís

A operação que flagrou superfaturamento de mais de R$ 2,3 milhões na compra de máscaras contra coVID-19 pela Secretaria de Saúde de São Luís não se restringirá à capital maranhense.

De acordo com a superintendente da Polícia Federal no Maranhão, Cassandra Parazi, as ações ganharão também o interior.

– Nós estamos investigando fatos; e, a partir daí, a gente aumenta o objeto de investigação, para verificar a participação de outros municípios que fizeram mau uso dos recursos para adquirirem as máscaras e outros produtos – afirmou Parazi.

Os recursos para compra de EPI’s durante a pandemia foram distribuídos por transferência voluntária do Governo Federal, via Fundo Nacional de Saúde, e por emendas de deputados federais e senadores maranhenses.

O blog Marco Aurélio D’Eça contou em maio, com exclusividade, como funciona essa transferência, no post “Municípios receberam mais de R$ 1 bilhão para a saúde em 2020 no Maranhão…”.

Para São Luís, por exemplo, sabe-se que ao menos quatro parlamentares encaminharam recursos de emendas: os senadores Roberto Rocha (PSDB) e Weverton Rocha (PDT); e os deputados federais Márcio Jerry (PCdoB) e Eduardo Braide (Podemos).

Braide também encaminhou emenda para Icatu, outra prefeitura já na lista de investigadas pela Polícia Federal.

Mas há emendas de todos os deputados federais que abasteceram contas de diversas prefeituras no interior.

Além de São Luís, a PF trabalha inicialmente com um grupo de seis municípios que tiveram contato com a quadrilha chefiada pelo empresário Alexandre Chuairy: Timbiras, Matinha, Icatu, Cajapió, Lago do Junco e Porto Rico do Maranhão. (Entenda aqui)

Mas vai investigar outras que também adquiriram máscaras e outros EPI’s neste período…