0

Me adora…

http://3.bp.blogspot.com/-TprYmOU3KWE/T80VzBSH3VI/AAAAAAAAAiY/TkBvxcP-p88/s1600/1301367293_1.jpgTantas decepções eu já vivi. Aquela foi de longe a mais cruel. Um silêncio profundo e declarei:

Só não desonre o meu nome.

Você que nem me ouve até o fim, injustamente julga por prazer. Cuidado quando for falar de mim, e não desonre o meu nome.

Será que eu já posso enlouquecer? Ou devo apenas sorrir? Não sei mais o que eu tenho que fazer pra você admitir:

Que você me adora.

Que me acha foda.

Não espere eu ir embora pra perceber: Que você me adora e que me acha foda.

Perceba que não tem como saber. São só os seus palpites na sua mão. Sou mais do que o seu olho pode ver.

Então não desonre o meu nome.

Não importa se eu não sou o que você quer. Não é minha culpa a sua projeção.  Aceito a apatia, se vier.

Mas não desonre o meu nome…

Letra e música: Pitty

Marco Aurélio D'Eça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *