0

Parlatino aprova proposta do deputado Hildo Rocha…

Hildo Rocha participa de debates com integrantes do Virtual Educa

Durante Reunião Extraordinária da Comissão de Educação, Cultura, Ciência e Tecnologia do Parlamento Latino-Americano e Caribenho (Parlatino) o deputado federal Hildo Rocha (PMDB) deu importante contribuição para o aprimoramento da Declaração de Bogotá, documento que impõe aos 22 países componentes do Parlatino a implantação da Educação para Paz em todas as suas escolas.

O deputado conseguiu incluir na declaração a obrigatoriedade de que conteúdos dos programas de TV não tenham cenas de violências. As teses defendidas por Hildo Rocha foram acatadas por unanimidade.

O encontro aconteceu entre os dias 14 e 16 deste mês em Bogotá na Colômbia.

– O esforço feito pelos profissionais da educação, em toda a América Latina e países do Caribe, para promover a Educação pela Paz pode ser fulminado pelos programas de televisões que a cada dia fomentam mais a violência. Por isso, entendo que devemos exigir dos proprietários e dirigentes de canais de televisões, que são concessionários públicos, mais responsabilidade com as nossas sociedades impedindo a disseminação de cenas que disseminem violência. Assim, solicitei a inclusão de artigo, na Declaração de Bogotá, estabelecendo o fim da violência nos veículos de comunicações dos países integrantes do Parlatino – explicou Hildo Rocha.

Deputado Hildo Rocha e integrantes do Parlamento Latino-Americano.

O deputado participou ainda do XVIII Encontro Internacional Virtual Educa, evento que também ocorreu em Bogotá no mesmo período. No Stand do Brasil, Hildo Rocha e demais integrantes da comitiva brasileira conheceram sistemas educacionais desenvolvidos por seis empresas brasileiras de tecnologia em educação.

A exposição das instituições brasileiras contou com o apoio do Governo Federal.

Temas debatidos:

Avanços em iniciativas para educação, cultura e paz

Avanços do diálogo continental pela educação

Projeto de implantação de uma Escola de Governo

Situação da educação pública e privada na região

Tecnologia na educação de adultos 

Participaram da Reunião Extraordinária do Parlatino parlamentares dos seguintes países: Antilhas Holandesas; Argentina; Aruba; Bolívia; Brasil; Chile; Colômbia; Coata Rica; Cuba; Equador; El Salvador; Guatemala; Honduras; Haiti (convidado); México; Nicarágua; Panamá; Paraguai; Peru; República Dominicana; Suriname; Uruguai e Venezuela. 

Ficou decidido que a XXVII Reunião Ordinária do Parlatino acontecerá no Panamá, sede da entidade, nos dias 10 e 11 de novembro.

Marco Aurélio D'Eça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *