0

Hildo Rocha retorna ao Ministérios das Cidades…

Ex-deputado federal será agora assessor especial do ministro Jader Filho, após ter sido demitido da secretaria-executiva da mesma pasta; apoiado pelo MDB desde o início da polêmica com o ministro, Hildo Rocha mostrou prestígio na bancada e no governo Lula

 

Pouco mais de um mês depois de ser exonerado pelo ministro Jader Filho, Hildo Rocha voltou a ser nomeado no Ministério das Cidades

O ex-deputado federal Hildo Rocha voltou a dar expediente no Ministério das Cidades, de onde fora demitido em janeiro.

Ele agora vai atuar como assessor especial do ministro Jader Filho, numa articulação que mobilizou todo o MDB e parte do governo Lula (PT).

Um dos mais preparados quadros emedebistas, Rocha foi exonerado da secretaria-executiva do Miniustério das Cidades sem maiores explicações do ministro Jader Filho.

O MDB se mobilizou e devolveu o maranhense à pasta…

0

Hildo Rocha traça com Ilda Angélica estratégias para agentes de Saúde…

Em reunião na sede nacional do MDB, em Brasília, Hildo Rocha e a presidente da Confederação Nacional dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias (Conacs), Ilda Angélica, conversaram sobre demandas que deverão compor a pauta de lutas da categoria para 2024, ano em que a entidade comemora 25 anos de existência.

Ilda Angélica destacou que durante o período em que o emedebista Hildo Rocha presidiu a frente parlamentar em apoio aos Agentes Comunitários de Saúde e os Agentes de Combate a Endemias a categoria obteve avanços importantes nas lutas em defesa da melhoria das condições de trabalho a exemplo da garantia do piso salarial na constituição federal.

“Hildo Rocha é um grande amigo, um companheiro, um aliado que muito fez pela nossa categoria, quando esteve na presidência da frente parlamentar em apoio aos agentes de saúde e agentes de combate às endemias de todo o Brasil. E hoje nós estamos aqui a fim de conversamos, estamos nos aconselhando com ele, para que a gente trace as melhores estratégias para continuarmos avançando em 2024. E, se Deus quiser, Hildo Rocha voltará para a Câmara para junto conosco fortalecer a nossa luta”, enfatizou Ilda Angélica.

Hildo Rocha enfatizou que tanto ele quanto as principais lideranças do MDB também são favoráveis às pautas legislativas defendidas pelos ACS e ACE.

“Nós somos a favor e apoiamos as pautas legislativas dos agentes de saúde e de endemias porque reconhecemos a importância desses profissionais para a saúde preventiva no Brasil. Assim, tanto eu quanto o deputado Baleia Rossi, presidente do nosso partido, o líder na Câmara, deputado Isnaldo Bulhões e demais integrantes da bancada do MDB são favoráveis à aprovação de medidas legislativas que possam contribuir para a melhoria das condições de trabalho desses profissionais que são de fundamental importância para a saúde pública no nosso país”, sublinhou Hildo Rocha.

Hildo Rocha com os representantes da associação dos agentes comunitários de Saúde, em Brasília

Hildo Rocha destacou que embora a categoria tenha obtido avanços significativos, na legislatura passada, ainda existem demandas relevantes que precisam ser atendidas.

“A promulgação da Emenda Constitucional 120, que garante um piso salarial nacional de dois salários mínimos para a categoria é um avanço significativo. Agora, precisamos avançar na questão da aposentadoria especial e da insalubridade, entre outras questões de interesse da categoria para que os agentes de saúde e os agentes de combate às endemias tenham os seus direitos reconhecidos e assegurados, para o bem da saúde pública do nosso país”, ressaltou Hildo Rocha.

Além de se aconselhar com Hildo Rocha, a Conacs quer ouvir também opiniões dos associados sobre a situação da categoria nas bases, e sugestões para o fechamento da pauta para 2024.

Na sua opinião, quais pautas deverão ser priorizadas pela categoria no ano e 2024? As respostas podem ser enviadas por meio de enquete online disponibilizada no site da instituição.

A enquete é aberta a todos os agentes de saúde e agentes de combate às endemias do Brasil, independentemente de categoria, filiação sindical ou local de atuação.

0

Gastão Vieira sai em defesa de Hildo Rocha e fala de “união dos retrógrados do Maranhão” contra ele…

Ex-deputado federal classificou de “deselegante e maldosa” a forma como os irmãos Jader e Helder Barbalho perpetraram a exoneração do ex-secretário-executivo do Ministério das Cidades e lembra que ele próprio sofreu este tipo de perseguição quando foi presidente do FNDE

 

O ex-deputado federal Gastão Vieira manifestou-se neste sábado em suas redes sociais em defesa do ex-secretário-executivo do Ministério das Cidades, Hildo Rocha, demitido de surpresa nesta sexta-feira, 12, em ação perpetrada pelo próprio ministro da pasta, Jader Barbalho Filho (MDB).

Para Vieira, a demissão ocorreu de forma “deselegante e maldosa”.

– Vamos Hildo, nós sabemos quem é você, da sua responsabilidade com o dinheiro público; se precisar estou me oferecendo para ajudá-lo nos trabalhos da reforma tributária – disse Gastão Vieira.

Sem citar nomes, o ex-deputado federal – que foi ministro do Turismo – disse que também foi vítima da “união dos retrógados do Maranhão”, quando passou pelo FNDE, ligado ao Ministério da Educação, demitido da mesma forma que o amigo, “contra a possibilidade de eu ficar politicamente muito forte na autarquia.”

– No MTUR, enfrentei Gedel Vieira Lima, passei dois anos e meio – lembrou Gastão Vieira.

0

Irmãos Barbalho derrubam Hildo Rocha do Ministério…

Destaque do ex-deputado à frente da secretaria-executiva do Ministério das Cidades incomodou o titular da pasta Jader Filho e o irmão dele, governador do Pará, Elder Barbalho, que pressionaram pela troca e foram atendidos pelo presidente Lula sem ter levado em conta outras forças políticas do MDB

 

Hildo Rocha e Jader Filho: atuação do secretário-executivo incomodou o ministro, que determinou sua exoneração

O ex-deputado federal Hildo Rocha foi surpreendido nesta sexta-feira, 12, com a edição do Diário oficial da União que trouxe a sua exoneração da secretaria-executiva do Ministério das Cidades; número dois da pasta, Rocha estava em pleno balanço de suas atividades de 2023, apontadas com destaque por toda a classe política de Brasília e do Maranhão.

– Não fui comunicado; soube pelo Diário Oficial – disse um surpreso Hildo Rocha, na manhã de hoje.

Segundo apurou este blog marco Aurélio d’Eça, a ciumeira do ministro Jader Filho vinha sendo revelada desde julho, com o crescente destaque o maranhense vinha tendo no ministério.

A surpresa se deu pelo fato de o presidente Lula ter acatado o pedido dos irmãos Barbalho sem levar em conta as outras forças do MDB Nacional.

Mas há quem diga que o novo destino de Hildo Rocha deve ser decidido pelo Palácio do Planalto ainda neste fim de semana.

0

Ministério das Cidades tem R$ 380 milhões para ciclovias, mas não há projeto de São Luís…

Nem o prefeito Eduardo Braide, nem a bancada maranhense no Congresso Nacional – muito menos o deputado federal Duarte Júnior, que concorre à prefeitura – apresentou qualquer proposta para construção de espaços que garantam segurança e mobilidade a pedestres e a quem utiliza a bicicleta como meio de transporte na capital maranhense

 

Em setembro morreu o médico Edson Soares e a classe política mostrou o mesmo blablablá de sempre na imprensa, mas nada saiu do papel

O Ministério das Cidades tem disponível anualmente nada menos que R$ 380 milhões para aplicação no “Projeto de Mobilidade Viva”, recursos para investimentos em propostas que garantam a segurança de pedestres e de quem utiliza a bicicleta como meio de transporte.

Mas não há no ministério nenhum projeto de São Luís.

Nem o prefeito Eduardo Braide (PSB), muito menos seu principal adversário, deputado federal Duarte Júnior (PSB) – e nenhum outro membro da bancada – apresentou qualquer projeto para construção de calçadas, ciclovias ou ciclofaixas na capital maranhense em 2023.

– Não foi apresentado nenhum projeto, nenhuma proposta de emenda parlamentar, nem individual e nem de bancada, para esta rubrica, cuja disponibilidade de recursos é de cerca de R$ 380 milhões – garantiu ao blog Marco Aurélio d’Eça o secretário-executivo do Ministério das Cidades, ex-deputado Hildo Rocha (MDB); segundo Hildo, o único projeto neste aspecto foi apresentado ao PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) pelo Governo do Estado, mas sem atender aos critérios para a aprovação.

Entre a morte dos ciclistas Edson Soares, em setembro, e Claudiomar Silva, na semana passada, militantes do segmento e da corrida de rua em São Luís percorreram Assembleia Legislativa, Governo do Estado, Prefeitura de São Luís, Agência de Mobilidade Urbana e vários outros órgãos em busca de soluções para o problema envolvendo este segmento.

Nenhuma das ações prometidas pelo poder público e pela classe política foi efetivamente implantada até agora.

…quatro meses depois quem morreu foi Claudiomar Silva e de novo classe política – a mesma de sempre – com seu eterno blablablá

Após a morte de Claudiomar, descobriu-se, inclusive, que no projeto da prefeitura para a Avenida dos Holandeses há a previsão de uma ciclovia, ignorada pelo prefeito Eduardo Braide na execução da obra.

De acordo com o secretário-executivo do Ministério das Cidades, o sistema para recebimento de projeto abre sempre no mês de fevereiro.

– A partir daí, as prefeituras podem apresentar seus projetos. Deputados federais e senadores também têm prerrogativas para fazer propostas, através de emendas parlamentares, de bancada ou individual; para os governos estaduais, é necessário que o projeto abranja regiões metropolitanas ou mais de um município – explicou Hildo Rocha.

Como 2024 é ano eleitoral, deverá aparecer diversos pais de projetos de ciclovias para São Luís.

Muitos dos quais nem lembraram disso nos últimos quatro anos…

0

Em balanço de 2023, Hildo Rocha destaca mais de 500 mil unidades do Minha Casa, Minha Vida

Secretário-Executivo do Ministério das Cidades aponta que no primeiro ano do governo Lula sua pasta investiu também mais de R$ 7 bilhões em mobilidade urbana e saneamento básico

 

No balanço de sua pasta, Hildo Rocha destaca ações na habitação, mobilidade urbana e saneamento

O secretário-executivo do Ministério das Cidades, Hildo Rocha (MDB), divulgou nesta sexta-feira, 29, vídeo em que faz o balanço das atividades de sua pasta no ano de 2023; foram mais de R$ 7 bilhões investidos apenas em mobilidade urbana e saneamento básico.

– Foram mais de R$ 5 bilhões para projetos de mobilidade urbana e outros R$ 2 bilhões na área de saneamento – afirmou o secretário, que é suplente de deputado federal.

Hildo Rocha lembra que a pasta das Cidades, chefiada pelo ministro Jader Filho, precisou ser recriada pelo presidente Lula (PT) – após ser extinta no governo Bolsonaro (PL) – o que demandou montagem de toda estrutura física e pessoal para funcionar.

– Mesmo assim, destaca-se a construção de mais de quinhentas mil unidades do programa habitacional Minha Casa, Minha Vida, feito nunca alcançado antes na história da habitação popular no Brasil – afirmou Rocha.

Hildo Rocha representou o governo Lula em uma das várias entregas do programa “Minha Casa, Minha Vida”

Para o auxiliar maranhense, esse feito foi possível pela dedicação do próprio Lula em priorizar a habitação para as pessoas mais carentes no Brasil.

No vídeo, Hildo Rocha destacou a competência e responsabilidade do ministro Jader Filho, que dá as diretrizes e formula as ideias para a pasta.

– A mim cabe dar cumprimento ao que pensa e delega o ministro – concluiu o secretário Hildo Rocha.

 

0

Dr. Julinho e secretário do Ministério das Cidades visitam obras em São José de Ribamar

O prefeito de São José de Ribamar, Dr. Julinho, ao lado do secretário executivo do Ministério das Cidades, Hildo Rocha, realizou uma visita importante a diversas obras em nossa cidade.

A comitiva percorreu locais como a Orla Marítima, Vila Kiola, Tijupá Queimado e Jota Lima, onde obras significativas estão em andamento e prestes a serem concluídas.

O secretário Hildo Rocha anunciou que o Ministério das Cidades vai destinar recursos para concluir essas obras em parceria com o trabalho incansável de Dr. Julinho.

“Com esses recursos, vamos melhorar a infraestrutura para que os cidadãos tenham melhores condições de trafegabilidade e de lazer,” disse.

O prefeito Dr. Julinho enfatizou que, mesmo diante das dificuldades financeiras que muitos municípios brasileiros enfrentam, a gestão está empenhada.

“Mesmo com todas essas dificuldades, estamos trabalhando e buscando recursos para investir na melhoria da infraestrutura de nossa cidade”, relatou.

É um momento desafiador para o país, mas a determinação da administração municipal atua fortemente para concluir essas obras e trazer mais dignidade para os ribamarenses.

Da assessoria

0

Ainda sem partido, Maura Jorge mostra prestígio e é cortejada em Brasília…

Prefeita de Lago da Pedra reuniu-se com líderes partidários e recebeu convite oficial do deputado André Fufuca para comandar o PP Mulher no Maranhão; ela pretende analisar todas as propostas partidárias, com vistas às eleições de 2024

 

Pedro Lucas Fenandes tratou com maura Jorge em seu gabinete em Brasília, assim como Josivaldo e Hildo Rocha

 

A presença da prefeita de Lago da Pedra, Maura Jorge, em Brasília, onde está desde o início da semana em busca de parcerias para o seu município, movimentou o cenário político da capital federal.

Política diferenciada e com forte prestígio – e ainda sem partido desde que deixou o PSDB – ela foi cortejada por diversos dirigentes partidários.

Recebeu convite oficial do presidente do PP maranhense, deputado federal Andre Fufuca, para entrar no partido e coordenar o PP-Mulher.

Relevante no processo político maranhense, a parlamentar consegue transitar em todos os campos políticos, sem difertenciação de ideologias ou posições.

Além de Fufuca, Maura Jorge esteve com os deptuados federais Fábio Macedo (Podemos), Pedro Lucas Fernandes (União Brasil), Josivaldo JP (PSD), além do secretário-executivo do Ministério das Cidades, Hildo Rocha (MDB).

Fufuca apresentou Maura ao presidente nacional do PP, assim como Macedo, que teve a mesma iniciativa

Assim como o senador Weverton Rocha (PDT) e o governador Carlos Brandão (PSB), Maura entendeu o momento de deixar o palanque e focar nas necessidades da sua gente, postura que deve selar uniões para agora e para o futuro.

Por enquanto, no entanto – apesar de receber propostas de várias siglas – Maura Jorge segue sem partido.

E deve deixar essa escolha um pouco mais pra frente…

0

Com prestígio em sua pasta, Hildo Rocha ganha status de “ministro” no Maranhão

Secretário-executivo do Ministério das Cidades é responsável direto pelo “Minha Casa, Minha Vida”, um dos mais importantes programas sociais do governo Lula; e tem relação direta com prefeitos, o que o torna uma espécie de quarto maranhense ocupante do primeiro escalão em Brasília

 

Hildo Rocha foi um dos destaques do Congresso Municipalista, falando diretamente das ações do seu ministério aos prefeitos maranhenses

“O Maranhão tem quatro ministros; um deles é o Hildo Rocha”.

Foi assim que o secretário-executivo do Ministério das Cidades foi saudado por prefeitos em encontro no início da semana em São Luís.

Ex-prefeito de Cantanhede, ex-presidente da Famem por dois mandatos e ex-deputado federal também por dois mandatos, Hildo Rocha (MDB) é visto pelas lideranças políticas maranhenses – deputados federais, estaduais, prefeitos e vereadores – como um dos mais influentes maranhenses em Brasília.

Sua passagem oficial por São Luís – a primeira desde que assumiu o posto de número 2 do Ministério das Cidades – mostrou a força de sua importância para as lideranças municipalistas; ele foi saudado como “ministro” ao lado do titular da Justiça, Flávio Dino (PSB).

No ministério – chefiado pelo paraense Jader Filho (MDB) – Hildo Rocha tem sob sua responsabilidade o programa “Minha Casa, Minha Vida”, um dos mais importantes do governo Lula (PT); também chefia ações de desenvolvimento em todo o país, com a chancela do MDB, seu partido desde que entrou na vida pública.

Muito da força política de Hildo Rocha foi conquistada em sua passagem pela Famem.

Municipalista convicto, destinou seu mandato de deputado federal (entre 2015 e 2023) com ações voltadas diretamente para os municípios.

É um dos campeões da bancada maranhense na distribuição de emendas parlamentares, usadas para projetos, sobretudo, via Codevasf, que garantiu obras, serviços e equipamentos a centenas de prefeituras.

Por uma ironia do destino, faltaram a Hildo Rocha apenas 727 votos para ele superar a colega de partido Roseana Sarney – mesmo com toda força política da ex-governadora – e garantir a vaga na Câmara.

Mas seu revés nas urnas se transformou, logo em seguida, em uma nova oportunidade de poder, como CEO do Ministério das Cidades.

E a recepção calorosa dos prefeitos maranhenses mostra que ele acertou ao assumir o cargo…

0

Hildo Rocha deve comandar o “Minha Casa, Minha Vida”…

Secretário-Executivo do Ministério das Cidades – espécie de vice-ministro, cuja nomeação já foi publicada no Diário Oficial da União – maranhense estará à frente do programa que o presidente Lula pretende retomar e fortalecer, com ações em todo o país

 

Hildo Rocha terá controle sobre o fortalecido programa “Minha Casa, Minha Vida”, que o presidente Lula vai fortalecer em sua gestão

Caberá ao maranhense Hildo Rocha (MDB) o comando nacional do programa “Minha Casa, Minha Vida”.

O ainda deputado federal ocupará o cargo de secretário-executivo do Ministério das Cidades, espécie de vice-ministro, com poderes sobre os principais programas da pasta.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) já anunciou que pretende retomar e fortalecer o “Minha Casa, Minha Vida”, desmobilizado no governo Jair Bolsonaro (PL).

Hildo Rocha assumirá o cargo no Ministério assim que deixar o mandato de deputado federal, em 31 de janeiro…