1

Eliziane denuncia descaso do Brasil com crianças e adolescentes…

Integrante da Comissão de Segurança Pública da Câmara, a deputada federal Eliziane Gama (PPS) disse que o Brasil vive uma situação de total vulnerabilidade social e descaso com suas crianças e adolescentes.

A afirmação foi feita nesta segunda-feira, 6, durante discurso proferido da tribuna da Casa.

“Temos crianças que estão morrendo porque não temos creches públicas, porque não temos praças com iluminação, porque não cumprimos tratados com organismos internacionais. É uma situação de vulnerabilidade social: sejam elas vítimas do tráfico de drogas, da violência sexual ou do feminicídio”, disse a deputada maranhense.

Eliziane citou o caso da pequena Alanna Ludmila, de 10 anos, cujo o corpo foi encontrado enterrado no quintal da própria casa. O padrasto da garota confessou o crime. O caso ocorreu na última sexta-feira na região metropolitana de São Luís.

A deputada disse que, de nada adianta a Constituição Federal prevê a proteção às crianças, se na prática o Estado brasileiro não executa as políticas públicas voltadas para esta área.

“Há uma sistemática diminuição de recursos para assistência social e investimento na educação para crianças. A consequência disso é aumento da violência”, acrescentou.

Projetos

Eliziane Gama reiterou que apresentou ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), uma lista de projetos de Lei para que fossem apreciados durante esta semana, ocasião que a Casa deve analisar pauta sobre segurança pública.

“Não podemos ver novas Alanas brutalmente assassinadas no Brasil por falta de ambiente seguro no país. Há um clamor da sociedade que o poder público precisa atender”, finalizou.

Marco Aurélio D'Eça

One Comment

  1. Vamos trabalhar, vamos trabalhar, pois, a onda do politicamente correto já não causa mais tanto encantamento como dantes.
    Fico só imaginando se o povo na hora de votar lembrar-se de quem prestou apoio incondicional para transformar o País no temos agora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *