0

Ação Social da Caravana “Fome e Sede de Justiça” movimenta Colinas…

Realizada pelas Igrejas Evangélicas do Maranhão, com apoio da senadora Eliziane Gama, do Governo do Estado e Prefeitura de Colinas iniciativa reúne instituições, igrejas e serviços em uma grande ação de atendimento às comunidades de diversas regiões do Maranhão

 

 

Eliziane Gama como coordenadores do projeto, representantes de todas as instituições participantes

O primeiro dia da Ação Social da Caravana Fome e Sede de Justiça mobilizou centenas de pessoas na Beira Rio, em Colinas, mas teve atividades em vários cantos da cidade; a ação beneficia famílias de todo o município.

Além dos diversos serviços na área de saúde (exames laboratoriais, consultas com especialistas, mamografias, preventivos, ultrassonografias, Odontologia, Oftalmologia, etc), palestras, orientações jurídicas, entregas de título de terra, entrega de cestas para uma comunidade, distribuição de sopão, oficinas profissionalizantes e muito mais, a Caravana Fome e Sede de Justiça tem programação de lazer e louvor.

A caravana Fome e Sede de Justiça ocupa grande área no município de Colinas, terra do governador  Carlos Brandão

Neste sábado, 24,  será o encerramento especial com a grande Cruzada Evangelística.

– Será um momento de gratidão e louvor com cantor Samuel Messias – disse a senadora.

O serviço social da Assembleia de Deus de Colinas e da Prefeitura da cidade passaram a semana cadastrando a população para atendimentos da ação social na área da saúde. Outros atendimentos estão sendo por ordem de chegada, com senha no local.

Neste sábado, a programação é com o cantor Samuel Messias e o evangelista Rosielson Campos

Esta é a segunda edição da Caravana Fome e Sede de Justiça, que esteve em janeiro na cidade de Bacabal. A ação social conta com a parceria de instituições como Equatorial; Fiema; Senai; Sesi; Fecomércio; Senac; Sesc; Defensoria Pública; Viva/Procon; Tribunal de Justiça do Maranhão; UEMA, SEDES; SEMU; SECAP; Inmeq/MA; Superintendência Federal da Pesca; Instituto Vida e Saúde Brasil; Mix Mateus; SACBB; Acqua.

Com informações da assessoria

0

Posição estratégica no Senado aproxima mais Eliziane de Brandão…

Única senadora efetivamente na base do governo maranhense dentre os três representantes do Maranhão, parlamentar está com o governador desde as eleições de 2022 e vem dando sustentação a ele nas articulações em Brasília, o que lhe coloca como uma das opções na chapa majoritária do governo em 2026

 

Eliziane tem sido leal a Brandão desde que decidiu apoiá-lo em 2022; e é hoje a única senadora na base de apoio do governo maranhense em Brasília

A senadora Eliziane Gama (PSD) é atualmente a única dos três representantes do Maranhão no Senado Federal efetivamente na base de apoio do governador Carlos Brandão (PSD); o Palácio dos Leões não conta com o senador Weverton Rocha (PDT) e vê uma incógnita na relação com a futura senadora Ana Paula Lobato, que deve, inclusive, deixar o PSB.

Aliada de Brandão desde as eleições de 2014, Eliziane fechou compromisso com ele na reeleição, em 2022, garantindo, com o gesto, o compromisso de apoio nas eleições de 2026; desde então, a senadora do PSD tem se posicionado efetivamente como aliada do governador, assumindo todas as posições de apoio e de presença na base do governo maranhense.

Brandão não conta em hipótese alguma com o apoio do pedetista Weverton Rocha, seu adversário nas eleições de 2022 e que resiste a qualquer tipo de relação atual com o Palácio dos Leões; a futura senadora Ana Paula Lobato, por outro lado, é esposa do deputado estadual Othelino Neto (PCdoB), que tem tomado cada vez mais posições não-alinhadas ao Governo do Estado.

Um dos trunfos de Eliziane na relação com o governador é sua proximidade com o presidente Lula (PT), com quem Brandão tem pouca interlocução; Eliziane se aproximou de Lula via o senador Flávio Dino, que vai deixar a Casa para assumir posto no Supremo Tribunal Federal.

A senadora do PSD pretende estreitar esta interlocução em favor do governo maranhense, sobretudo com articulações nos ministérios.

Em 2026 serão duas vagas de senador pelo Maranhão em disputa, exatamente a de Eliziane e a de Weverton Rocha; como o governador pode ser um dos candidatos, Eliziane espera que sua relação com o governo desde 2022 a mantenha como uma das companheiras de chapa, ao lado do governador.

É com este compromisso que ela trabalha desde que decidiu seguir com Brandão na reeleição do governador…

0

Abertura da Semana de Retiros será realizada nesta sexta-feira, 9

A abertura do período de retiros culturais é uma das programações do público evangélico durante o carnaval

Com mais de 15 anos de história, a Lei 8.904/2008 de autoria da senadora Eliziane Gama (PSD) assegura a realização da Semana Maranhense de Retiros Culturais garantindo o apoio do Governo do Estado às atividades de arte e música que ocorrem em centenas de retiros evangélicos realizados anualmente no período de carnaval.

A Abertura Oficial da Semana Maranhense de Retiros Culturais 2024 terá a participação do cantor Carlos Alfredo, Cantora Lídia Carollini e Grupo de Coreografia Profetas da Dança da Igreja Ágape.

O evento será realizado nesta sexta-feira, 9, a partir das 14 horas no auditório do Edifício João Goulart, localizado na Praça Dom Pedro II, Centro de São Luís. É aberto ao público e contará com a presença de coordenadores de retiros da Região Metropolitana de São Luís.

A Comissão Organizadora da Semana Maranhense de Retiros se reuniu na semana passada com coordenadores de retiros para apresentar a programação deste ano que inclui Bônus Cultural, Concurso do Melhor Grito de Guerra, visitas e flashes ao vivo diretamente dos retiros.

A autora da Lei 8.904/2008 que reconhece a arte evangélica como cultura e idealizadora da Semana de Retiros, senadora Eliziane Gama (PSD) destaca a importância do período de retiros para a juventude cristã maranhense.

– São centenas de jovens, irmãos e irmãs que se reúnem para dias de alegria, louvor e comunhão. Que através de uma programação que inclui música, arte, gincanas e ministração da Palavra de Deus dedicam momentos preciosos ao Senhor Jesus e merecem todo reconhecimento – destacou Eliziane Gama.

SERVIÇO:

  • O que? Abertura Oficial da Semana Maranhense de Retiros Culturais 2024

  • Onde? Auditório do Edifício João Goulart, localizado na Praça Dom Pedro II, Centro de São Luís-MA

  • Quando? Nesta sexta-feira, dia 09 de fevereiro a partir das 14 horas

0

Caravana Fome e Sede de Justiça atende mais de 8 mil em Bacabal

Realizado nos dias 26 e 27 de janeiro, projeto apoiado pela senadora Eliziane Gama atendeu centenas de famílias com todos os tipos de ações sociais

 

A estrutura inédita montada em Bacabal teve o apoio do poder público e da iniciativa privada

A grande ação social da Caravana Fome e Sede de Justiça, apoiada pela senadora Eliziane Gama, prefeitura de Bacabal e governo do Estado realizada nos dias 26 e 27 de janeiro em Bacabal, ofereceu à comunidade mais de 8 mil atendimentos.

Foram mais de 20 instituições públicas e privadas oferecendo serviços e atendimentos gratuitos à sociedade bacabalense e da região, especialmente aos que necessitam de mais acesso às políticas públicas.

“O Projeto Fome e Sede de Justiça nasceu no coração de Deus para o todo o Maranhão. A cidade de Bacabal foi a primeira a receber essa grande Caravana que vai se estender em 2024 para outros 19 municípios do Maranhão e até o fim do ano vamos atender milhares de maranhenses em todos os recantos do nosso estado”, destacou Eliziane Gama durante a ação social.

O evento foi realizado pelas Igrejas Evangélicas e contou com a parceria de instituições como Equatorial; Fiema; Senai; Sesi, Senac; Defensoria Pública; Viva/Procon; Tribunal de Justiça do Maranhão; UEMA, UFMA, IFMA; IEMA Bacabal; Unidade Regional de Educação; SINE; SEDES; SEMU; Inmeq; Superintendência Federal da Pesca; Câmara Municipal de Vereadores de Bacabal; Instituto Vida e Saúde Brasil; Mix Mateus; Sindicato e Colônia de Pescadores de Bacabal; Espaço Cultural Santa Terezinha; Academia Bacabalense de Letras; entre outros.

Eliziane Gama teve articulação efetiva no apoio ao projeto, que deve chegar a outros municípios

Nos dois dias de ação social foram oferecidos diversos tipos de serviços e atendimentos gratuitos como: mutirão de catarata, atendimentos de saúde da mulher, atendimento odontológico e oftalmológico, orientação para gestantes com doula, emissão de documentos, assistência jurídica, conciliação, registros de imóveis, entregas de títulos de propriedades, atendimentos na área da belezas, oficinas e cursos profissionalizantes nas áreas de panificação e beleza, orientação para o trabalhador, exposições e palestras com as universidades, serviços ao pescador e representantes de entidades da Pesca, atividades lúdicas para crianças e muitos outros.

A previsão é que o próximo município a receber a Caravana Fome e Sede de Justiça seja a cidade de Colinas.

0

Eliziane indica implantação de Ifma’s em Balsas, Chapadinha, Carutapera e Turiaçu

Senadora defende a instalação de unidades do instituto como forma de atender importantes regiões do estado com o ensino superior, setor que tem sido valorização pelo governo Lula

 

Lula tem investido na educação superior e Eliziane quer aproveitar essa demanda para beneficiar o Maranhão

A senadora Eliziane Gama (PSD) indicou ao Ministério da Educação a implantação de unidades do Instituto Federação de Ciência e Tecnologia do Maranhão (Ifma) nos municípios de Balsas, Chapadinha, Turiaçu e Carutapera.

– O presidente Lula (PT) tem dado total importância á educação superior, por isso indiquei a ele esses municípios para implantação do Ifma – disse Eliziane.

Na avaliação da senadora, as unidades vão beneficiar diversos estudantes de importantes regiões do Maranhão.

– Esse é o maior investimento para oi futuro de uma geração – concluiu ela…

0

A histórica e transparente relação de Eliziane com as igrejas…

Pauta de desconstrução da imagem da senadora maranhense nas denominações evangélicas é gerada por grupos adversários, ligados ao bolsonarismo, que ainda se ressentem da derrota de 2022 e da perda de espaço com a chegada ao poder de um governo mais à esquerda, ao qual, organicamente, a parlamentar sempre foi mais identificada

 

 

Desde 2006 Eliziane aproximou os governos das igrejas e as igrejas do Palácio dos Leões, começando com Jackson Lago e se consolidando com Flávio Dino

Ensaio

Nascida e criada no evangelho – dentro das mais rígidas regras do pentecostalismo pregado pela Assembleia de Deus nos rincões do Maranhão nos idos de 1970 – a senadora Eliziane Gama (PSD) sempre teve, mesmo assim, postura progressista, o que não a impediu de construir uma carreira de destaque como jornalista e como política evangélica, de deputada estadual, passando por deputada federal e chegando a senadora.

Nestes 18 anos de vida parlamentar ela sempre teve o apoio das lideranças e da base da Assembleia de Deus e de outras denominações evangélicas, sobretudo pela sua fidelidade e lealdade aos princípios cristãos e por suas ações políticas de fortalecimento e empoderamento deste segmento social ao longo de vários mandatos.

Como deputada estadual, a atual senadora comandou a CPI da Pedofilia na Assembleia Legislativa, quando o assunto ainda era tabu, sobretudo nas igrejas; é de sua autoria, também, a lei que instituiu os retiros evangélicos – e católicos – na agenda cultural do Maranhão, o que permitiu luz sobre estes movimentos que, no mínimo, protegem jovens no carnaval.

Igreja de nascimento de Eliziane, a Assembleia de Deus sabe que sua carreira política tem identificação pessoal com a do agora ministro do Supremo Tribunal Federal Flávio Dino – e anterior a ele, ela também sempre foi ligada historicamente a Jackson Lago, outro ícone da esquerda maranhense.

Eliziane aproximou as igrejas tanto de Jackson quanto de Flávio Dino e tornou a relação mais leve; lideranças evangélicas, tanto da AD quanto de outras denominações passaram a ter acesso ao poder a partir de seus movimentos.

Não é exagero afirmar que, graças a Eliziane Gama, vários outros homens e mulheres das igrejas com vocação política puderam sonhar com um mandato parlamentar ou no executivo ao longo desses 18 anos.

Foi a partir da ascensão do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) que a promiscuidade política passou a impregnar as igrejas; manipulando a fé e mesclando a doutrina religiosa com a pauta da direita radical, Bolsonaro atraiu figuras nocivas da agenda evangélica, tipos como Silas Malafaia, Marcos Feliciano, Valdomiro Santiago e outros mercadores da fé.

Mas é claro que, no Maranhão – e dentro das igrejas – houve quem se beneficiasse dessa agenda bolsonarista; e começou aí a hostilização à senadora, que se posicionou contra os deturpados ideais do então presidente e a manipulação da fé evangélica com interesse político.

Dentro da Igreja Assembleia de Deus – e no segmento evangélico – Eliziane Gama se mantém historicamente onde sempre esteve, com a ciência de todas as lideranças assembleianas e evangélicas do Maranhão.

E é assim que ela mantém seu espaço dentro do movimento cristão maranhense.

Que completará 20 anos exatamente em 2026.

Na renovação do seu mandato no Senado…

0

Lula fez a mesma promessa a Weverton e a Eliziane?!?

Ambos os senadores maranhenses cujos mandatos terminam em 2026 justificam ser compromisso do presidente a inclusão deles na chapa que de ser encabeçada pelo vice-governador Felipe Camarão; o problema: uma dessas vagas tende a ser, naturalmente, do atual governador Carlos Brandão

 

Weverton com Lula, Eliziane com Lula; mas Brandão e Felipe também não estão com Lula?

Tanto o senador Weverton Rocha (PDT) quanto a sua colega de bancada Eliziane Gama (PSD) têm dado entrevistas se pondo como opções comprometidas com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para as eleições de 2026; Weverton Rocha foi bem mais incisivo:

Minha ideia é tentar reconduzir o mandato de senador em 2026, com apoio do Lula”, declarou o pedetista, em recene entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, analisada neste blog Marco Aurélio d’Eça sob o título “Espólio político de Flávio Dino põe Weverton e Eliziane em disputa por 2026”.

Eliziane Gama não declarou publicamente esperar essa definição de Lula, mas nas conversas de bastidores – inclusive com este blog Marco Aurélio d’Eça – ela deixa claro que se apoiará em Lula para garantir sua vaga na chapa de 2026, que aliás, ressalta como “acordo firmado com Brandão ainda em 2022”.

É muito pouco provável que o Lula venha – em algum momento entre agora e 2026 – afirmar que trabalha por Weverton ou por Eliziane especificamente no Maranhão; mas mesmo em fazendo isso, enfrentará um problema equacional: como garantir ao mesmo tempo que o petista Camarão seja candidato ao governo, Eliziane Gama e Weverton sejam senadores e Brandão também tenha sua vaga?

Este blog Marco Aurélio d’Eça já tratou das dificudlades que o próprio Brandão enfnretará em 2026 para organziar uma chapa que contemple ao mesmo tempo ele próprio, Felipe Camarão, Eliziane Gama e o ministro André Fufuca?

Pelo que se vê, esta mesma equação será posta para resolução de Lula.

O presidente conseguirá solucioná-la?!?

0

PSD de Braide dividido em três partes em São Luís…

Enquanto as cúpulas nacional e estadual reforçam o apoio incondicional ao prefeito Eduardo Braide, sua principal liderança no Maranhão, a senadora Elziane Gama, já declarou apoio ao deputado federal Duarte Júnior, que é do PSB; e os deputados estaduais da legenda – Eric Costa e Mical Damasceno – mantém-se distante do cenário eleitoral da capital maranhense, à exceção do irmão do prefeito, Fernando Braide, por motivos óbvios

 

CADA UM PRA UM LADO: Braide concorre à reeleição em São Luís, mas Eliziane, Mical e JP, também filiados ao PSD, têm outros interesses eleitorais

A declaração do presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, sobre apoio incondicional à reeleição do prefeito Eduardo Braide, apenas reforçou o clima de divisão interna no partido em São Luís.

Kassab é seguido em sua posição pelo presidente regional da legenda, Edilázio Júnior, mas não tem o aval das forças políticas com mandato no partido.

A senadora Eliziane Gama – principal liderança estadual do PSD – já declarou apoio ao deputado federal Duarte Júnior (PSB) e pretende seguir na base do governador Carlos Brandão (PSB) na tentativa de derrotar Braide; único deputado federal da legenda, Josivaldo JP está diretamente envolvido nas eleições de Imperatriz e tem pouca participação política na capital, embora mantenha ligação com Braide.

Os dois deputados estaduais do PSD, Eric Costa e Mical Damasceno – ambos com base no interior – mantêm-se distante do processo eleitoral na capital maranhense; o outro deputado estadual é Fernando Braide, irmão do prefeito.

Este blog Marco Aurélio d’Eça até conversou com a deputada sobre a eleição em São Luís; ela ressaltou que Braide terá a legenda por que foi o acordado com Kassab.

– Mas eu ainda não decidi sobre São Luís – afirmou a parlamentar.

0

Espólio político de Flávio Dino põe Weverton e Eliziane em disputa por 2026…

Senadores eleitos em 2018 na chapa do próprio futuro ministro do Supremo Tribunal Federal alfinetam-se mutuamente na tentativa de ocupar uma das vagas na chapa que deve ter o vice-governador Felipe Camarão como candidato ao governo e o atual governador Carlos Brandão em uma das vagas ao Senado, com apoio do presidente Lula

 

Eleitos juntos em 2018 com a força de Flávio Dino, Weverton e Eliziane sabem que em 2026 só haverá espaço pra um deles na chapa majoritária

Os dois senadores eleitos em 2018 pela força do então governo Flávio Dino – Weverton Rocha (PDT) e Eliziane Gama (PSD) – nem aguardaram a posse do futuro ministro no Supremo Tribunal Federal para disputar publicamente seu “espólio” político no Maranhão; reportagem do jornal O Estado de S. Paulo, nesta terça-feira, 16, põe os dois para brigar abertamente.

No desenho imaginado pelo Estadão na era pós-Dino, a chapa de 2026 – apoiada pelo presidente Lula (PT) – estaria definida com o hoje vice-governador Felipe Camarão (PT) disputando o governo e o atual governador Carlos Brandão (PSB) como candidato a uma das vagas de senador, possibilidade já apontada neste blog Marco Aurélio d’Eça nos posts “Encruzilhada à frente para Brandão em 2024…”, ainda do mês de agosto, e “O papel de Eliziane Gama no grupo Dino/Brandão em 2026…”, publicado em outubro.

É justamente a segunda vaga para o Senado o motivo da “disputa” antecipada entre Weverton e Eliziane.

– [Após ida de Dino para o STF] o governador Carlos Brandão, juntamente conosco, passa a liderar com mais protagonismo. Weverton rompeu com nosso grupo político; na última eleição ele teve vice do PL, mas ficou distante. Ele saiu muito enfraquecido da eleição – ponderou Eliziane Gama ao jornal Paulista.

– Dino ficou neutralizado politicamente pelo cargo, o que é natural, e não credenciou ninguém para falar por ele. Caberá às lideranças políticas do Estado preencherem essas lacunas. Claro que quem tem sintonia com as pautas terá mais naturalidade nesse processo – rebateu Weverton, na mesma matéria.

O que o senador pedetista entende por “pauta” também foi exposta neste blog Marco Aurélio d’Eça ainda em 2021, no post “Pauta de centro-esquerda tende a aproximar agenda de Weverton e Flávio Dino…”. 

Nesta peleja entre Eliziane Gama e Weverton Rocha – que não leva em conta o ministro dos Esportes André Fufuca, que tem a simpatia do próprio Carlos Brandão (PSB) para a vaga – Eliziane mostra-se mais à vontade por estar tanto na base de Lula quanto na de Brandão, espaço que Weverton tem dificuldades de entrar.

O próprio Weverton Rocha admitiu ao Estadão que depende exclusivamente de Lula para viabilizar-se como opção ao Senado em 2026 – ele nem fala mais em governo – fato que este blog Marco Aurélio d’Eça vem dizendo desde 2022. (Relembre aqui, aqui e aqui)

– Minha ideia é tentar reconduzir o mandato de senador em 2026, com apoio do Lula – admitiu o pedetista.

Para isso, Weverton busca aliança com os próprios dinistas, numa espécie de oposição ao governador Carlos Brandão.

Este movimento, no entanto, ainda não consegue ser visto a olho nu…

0

André Fufuca cresce na base de Brandão…

Ministro dos Esportes chega a 2024 como o nome mais citado entre aliados do governador maranhense como opção para o Senado Federal em 2026, o que impõe dificuldades de articulação à senadora Eliziane Gama e, sobretudo, ao senador Weverton Rocha, ainda indefinido quanto ao caminho a tomar para viabilizar sua reeleição

 

Fufuca tem a confiança de Flávio Dino e Carlos Brandão; e já é a opção de uma ampla base de prefeitos, deputados federais e estaduais no Maranhão

Análise de conjuntura

Qualquer deputado federal ou deputado estadual ligado à base do governador Carlos Brandão (PSB) ouvido sobre a disputa de senador em 2026 cita, naturalmente, o nome do ministro dos Esportes, André Fufuca (PP).

Deputado federal no terceiro mandato, Fufuca incluiu-se naturalmente na lista de pretendentes ao Senado desde 2022, quando decidiu apoiar a reeleição de Brandão; e ampliou significativamente este projeto ao assumir o ministério no governo Lula (PT).

É óbvio que o nome de Fufuca ao Senado impõe dificuldades aos atuais dois senadores cujos mandatos se encerram nas eleições de 2026, Eliziane Gama (PSD) e Weverton Rocha (PDT), o ue já foi abordado neste blog Marco Aurélio d’Eça no post “A difícil equação de Brandão para o Senado em 2026…”.

Eliziane tem uma garantia de apoio do próprio Brandão, o que só deve ocorrer se o governador permanecer no cargo até o final; se ele decidir ser candidato a uma das vagas, ela terá a difícil missão de convencer a base a abrir mão de Fufuca em seu favor.

Situação ainda mais difícil é a do pedetista Weverton Rocha.

Ainda indefinido quanto aos rumos políticos a serem tomados em 2024 e 2026, o senador recuperou força no final de 2023, mas aposta unicamente numa articulação nacional envolvendo o presidente Lula para garantir uma das vagas na chapa majoritária que ele entende será encabeçada pelo atual vice-governador Felipe Camarão (PT).

O próprio Brandão rejeita a hipótese de dividir essa chapa com Weverton – ainda que apoie Camarão – e já trabalha para afastar as chances de ter que conviver com o adversário do PDT.

Afável no trato, leal nas alianças e cumpridor de acordos, André Fufuca é querido entre parlamentares e secretários; recentemente, foi até surpreendido ao ser ovacionado como senador até pela presidente da Assembleia Legislativa, Iracema Vale (PSB).

O que amplia ainda mais a sua base de aliados…