1

César Pires defende o reconhecimento da profissão de cerimonialista…

O deputado César Pires defendeu, em discurso na Assembleia Legislativa, o reconhecimento da profissão de cerimonialista ao parabenizar esses profissionais pelo seu dia, comemorado no dia 29 de outubro. Ele destacou a nobreza do trabalho daqueles que são responsáveis pelo sucesso de eventos que podem ser simples cerimônias ou grandes acontecimentos históricos.

“É preciso reconhecer que esses profissionais são responsáveis por ações das mais simples, como a disposição de microfones, até as mais complexas, pois são detentores de muitas informações quando atuam em grandes eventos, como as posses de chefes de Estado e de reuniões da ONU, por exemplo”, destacou o deputado.

César Pires aproveitou a ocasião para homenagear os cerimonialistas da Assembleia Legislativa, que assessoram eventos parlamentares, desde a realização de audiências públicas e sessões solenes, até as solenidades de posse dos deputados e governadores. Por tudo isso, ele defendeu que a profissão seja oficialmente reconhecida, por lei federal.

“A todos os cerimonialistas, o meu sentimento de respeito e o desejo de que essa profissão venha a ser oficializada. É um trabalho imprescindível, na iniciativa privada e no serviço público, que precisa ser devidamente valorizada”, concluiu César Pires.

Marco Aurélio D'Eça

One Comment

  1. Para um bom analista político, é notório que nome que sobreviveu e mantém-se forte e em evidência hoje é o de Maura Jorge. E pelo que percebe-se pelas redes sociais da representante de Bolsonaro, ela vem crescendo assustadoramente com adesões de comunistas/bolsonarianos e consolidou-se com a direita maranhense. O certo é que, a vitória de Flávio Dino no Maranhão deu-se pela falta de unidade da oposição e se a mesma não se unir em torno de um nome promissor para derrotar o sucessor de Flávio Dino em 2022, perderão novamente. Maura não teve deputados, prefeitos, vereadores, não teve apoio partidário, não teve estrutura financeira e por fim, não teve tempo de TV e mesmo diante dessas circunstâncias conseguiu ter quatro vezes a votação maior que a do senador Roberto e ultrapassou a votação da ex-Governadora em algumas regiões. E vem o questionamento: Imaginem se ela tiver o apoio integral da oposição para 2020 e 2022?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *