0

Juscelino Filho recebe prêmio por contribuição para um trânsito mais seguro

O deputado federal Juscelino Filho (DEM-MA) recebeu, na última quinta-feira (16), o Troféu Hilário Veiga de Carvalho. Foi durante a abertura do XIV Congresso Brasileiro de Medicina do Tráfego e do III Congresso Brasileiro de Psicologia do Tráfego, no Rio de Janeiro (RJ). Maior honraria concedida a cada dois anos pela Associação Brasileira de Medicina do Tráfego (Abramet), o prêmio destaca aqueles que contribuíram para a construção de avanços na prevenção dos sinistros e para o fortalecimento das duas especialidades.

“É um momento de muita alegria, que reconhece o sucesso do trabalho que realizamos na reformulação do Código de Trânsito Brasileiro. Após 23 anos de sua criação, entregamos um CTB melhor e mais moderno, com avanços importantes. Entre os principais pontos, mantivemos a obrigatoriedade de que os exames de aptidão física e mental dos motoristas sejam feitos por médicos e psicólogos especialistas. Esse não é um laudo de saúde qualquer, e é preciso seguir aperfeiçoando essas avaliações”, afirmou Juscelino Filho.

O presidente da Abramet, Antonio Meira Júnior, enalteceu a atuação de Juscelino Filho e de outros parlamentares, bem como da entidade, nas discussões em torno do PL 3267/19. “A revisão do CTB pelo Congresso Nacional embutiu medidas que, se aprovadas, poderiam extinguir a principal área de atuação da medicina do tráfego. A despeito de todos os impedimentos impostos pela pandemia, arriscamos nossas vidas e fizemos de Brasília um espaço de luta e convencimento em defesa da importância do médico especialista para a prevenção de sinistros de trânsito e a preservação da vida de quem se desloca”, disse.

Principais pontos do Novo CTB

Na manhã de sexta-feira (17), Juscelino Filho participou do painel que tratou das recentes alterações do Código de Trânsito. Em sua apresentação, ele frisou a importância da iniciativa do governo ao propor mudanças na legislação, mas lembrou que o parlamento fez adequações essenciais na proposta enviada pelo Executivo. O deputado citou como exemplo a obrigatoriedade do uso das cadeirinhas para transportar crianças, que o texto original retirava, mas que foi mantida no substitutivo de Juscelino.

2

Roberto Costa propõe Medalha ‘Manuel Beckman’ a José Sarney

O plenário da Assembleia Legislativa do Maranhão aprovou, na sessão plenária desta terça-feira (11), o Projeto de Resolução Legislativa, de autoria do deputado Roberto Costa (MDB), que concede a Medalha do Mérito Legislativo “Manuel Beckman” ao ex-presidente da República José Sarney.

Em sua justificativa, Roberto Costa enfatiza que o político, redator e editorialista maranhense iniciou a vida política no movimento estudantil, atraindo, desde muito jovem, a atenção de partidos políticos. Em 1954, candidatou-se a deputado federal pelo Partido Social Democrático (PSD). Eleito suplente, em 1955, aos 25 anos, embarcou para o Rio de Janeiro para assumir o cargo de deputado federal.

O deputado destaca que Sarney ocupou três mandatos como deputado federal e conquistou o Governo do Estado do Maranhão aos 35 anos, nas eleições de outubro de 1965. Em seu mandato como governador, considerou como uma das prioridades a pasta da infraestrutura, sendo responsável por importantes obras de implantação da BR-135, do Porto do Itaqui e da Ponte Governador José Sarney.

Entre 1971 e 1979, José Sarney foi senador  pelo Maranhão. “Em 1985, com o falecimento do presidente Tancredo Neves, ele, que era vice-presidente, foi efetivado no cargo de Presidente da República. Seu papel foi fundamental para a redemocratização do país, para o fortalecimento da economia e para a inserção do Brasil no debate internacional sobre a preservação do meio ambiente”, lembra Costa.

Senado

Quatro meses depois de deixar a Presidência, diz o deputado, Sarney foi eleito senador pelo Amapá, sendo reeleito mais duas vezes, em 1998 e 2006. Como senador, ocupou a Presidência da Casa durante os anos de 1995 a 1997, 2003 a 2005 e 2009 a 2013. 

“Diante do breve histórico, cumpre ressaltar que é impossível resumir a trajetória do eminente político e todas as contribuições que ele efetuou para o Maranhão. Mas não somente a figura de político mais longevo da República merece destaque. É importante mencionar o trabalho exercido por Sarney como escritor. O trabalho como jornalista foi o primeiro passo na carreira. Ele ganhou um concurso de redação e passou a trabalhar no jornal Pacotilha, atuando, primeiramente, como repórter policial, até cuidar do suplemento literário do jornal. Iniciou, ainda cedo, como poeta e ensaísta, sob a influência da poesia moderna portuguesa”, frisou.

Costa elenca diversas obras publicadas pelo homenageado, como romances, contos, crônicas, poesias e textos políticos, destacando algumas delas:  “Ensaio sobre a Pesca de Curral” (1953), “A Canção Inicial” (1954), “Norte das Águas” (1969), “Os Maribondos de Fogo” (1978), “O Dono do Mar” (1995); “Saraminda” (2000) e “A Duquesa Vale uma Missa” (2007).  Em 7 de novembro de 1980, o maranhense foi imortalizado na Academia Brasileira de Letras.

1

“Homem íntegro, honesto e querido por todos”, diz Osmar Filho, sobre Batista Matos

O presidente da Câmara Municipal de São Luís, Osmar Filho (PDT), publicou nesta quarta-feira, 31 uma foto com o seu colega de plenário Batista Matos (Podemos) que morreu nesta manhã vítima de complicações decorrentes da covid-19.

“É com imenso e profundo pesar que recebi a notícia do falecimento do estimado amigo e vereador João Batista Matos, mais uma vítima dessa triste doença que assola a nossa sociedade. Batista Matos foi um guerreiro até seu último suspiro e, mesmo em pouco tempo, conseguiu deixar sua marca na Câmara Municipal de São Luís. Rogo a Deus que conforte sua esposa Liana, seus filhos Samuel e Daniel, e seus familiares e amigos neste momento de tamanha dor e sofrimento, com a certeza de que ele será sempre lembrado como um homem íntegro, honesto e querido por todos”, disse Osmar Filho.

Na nota oficial da Câmara Municipal de São Luís, o Parlamento lamenta profundamente a partida precoce do vereador João Batista Matos e lembra que ele era comunicador por excelência, dedicou sua vida trabalhando em diversos veículos de comunicação da cidade, e em 2020, conseguiu se eleger para seu primeiro mandato como parlamentar nesta Casa Legislativa, no qual vinha cumprindo com maestria e afinco.

Se descobriu homem público após diversos trabalhos voltados para as comunidades da capital, se empenhando em causas nobres e sociais.

0

Imperatriz: Trilha homenageia Dia dos profissionais de Educação Física

Em comemoração ao Dia do Profissional de Educação Física nesta terça-feira, 01 de setembro, a Secretaria Municipal de Educação, Semed, juntamente com o projeto Movimento & Saúde e a Sporting Assessoria Esportiva, realizam a 1º Trilha com estes profissionais.

Desde às 05h30 do dia, atletas já se concentravam em frente ao loteamento Jardim das Oliveiras; a largada se deu às 6h. 

O evento teve percurso rade 06 km na Avenida Governador Fiquene.

Por conta das medidas de segurança para o enfrentamento da Covid-19, antes do aquecimento todos passaram por medição da temperatura corporal e higienização das mãos com álcool gel. Já o uso de máscara foi obrigatório na concentração do evento, mas a sua utilização opcional durante a caminhada ou corrida do participante.

As entidades organizadoras da trilha montaram toda uma estrutura que se atenta para os procedimentos sanitários e de distanciamento no local. A homenagem é aberta tanto para os profissionais de Educação Física de Imperatriz como para a comunidade de maneira geral. 

0

Roberto Costa homenageia Fernando Lins na Assembleia

O deputado estadual Roberto Costa (MDB) prestou uma justa homenagem, na Assembleia Legislativa, ao professor Fernando Lins, de 78 anos, que morreu na última segunda-feira (20), vítima da Covid-19.

Roberto Costa pediu um minuto de silêncio em memória de Fernando Lins e lembrou a sua trajetória brilhante em prol do Maranhão, principalmente na área esportiva. Ele era funcionário da Secretaria de Desporto e Lazer (Sedel).

“Fernando Lins, que é pai do amigo Ricardo Lins, teve uma história dedicada ao Maranhão, e contribuiu em diversos setores para o crescimento do estado. Fica aqui a nossa homenagem a esse grande homem”, destacou Roberto Costa.

A Secretaria de Desporto e Lazer, também se manifestou sobre a morte de Fernando Luins.

“Seu Fernando deixou grandes contribuições nos serviços prestados na Secretaria de Esporte e Lazer do Maranhão. Nesse momento de dor, manifestamos nossa solidariedade aos familiares e registramos as nossas mais sinceras condolências por esta inestimável perda”.

Fernando Lins que também era treinador da APAL, da AABB, também foi homenageado pelo clube que publicou nota em seu site.

“Nesse momento de dor, o Clube se solidariza com todos os amigos e familiares, e expressa as mais sinceras condolências pela perda”, diz a nota.

0

Oito anos sem Décio Sá: tudo no mais absoluto silêncio..

À exceção do assassino Jonathan de Sousa – bode expiatório de uma trama que abalou a imprensa maranhense – morte do jornalista continua com envolvidos todos livres, leves e soltos e com as mesmas práticas influenciando o poder

 

A imagem de Gláucio Alencar livre, no mesmo local onde Décio foi assassinato, é símbolo da falta de conclusão no caso da morte do jornalista

O assassinato do jornalista Décio Sá completa oito anos nesta quinta-feira, 23.

E o efeito prático das investigações foi ter levado à prisão e condenação apenas do assassino, Jonathan de Souza.

Oito anos depois, todos os envolvidos no crime estão hoje a curtir a vida, livres, leves e soltos, sem preocupação alguma em voltar aos bancos dos réus ou à cadeia.

Gláucio Alencar, seu pai, José Miranda, o ex-empresário Júnior Bolinha, o agenciador de serviços diversos Fábio Buchecha, e o agora coronel PM Fábio Capita estão todos a passear alegremente pela vida, livres e sem perspectiva de punição da Justiça maranhense, que parece também fazer de conta que o caso não se encontra em seus escaninhos.

O sorriso cínico do assassino Jonathan de Souza diz muito do processo envolvendo a morte de Décio Sá, esquecido nos arquivos da Justiça

A morte de Décio abalou a comunicação de internet em seu auge, quando a mídia caminhava para uma postura mais pessoal diante dos fatos.  

E este abalo foi o único efeito prático da investigação da morte do jornalista.

Nada mais mudou.

A agiotagem continuou a dar as cartas na política maranhense, a relação de criminosos com poderosos continuou a grassar no sistema empresarial e muitos dos que se beneficiaram de Décio continuaram a se beneficiar de outros agentes da mídia.

Tudo segue na mais absoluta normalidade do caos, com acusados celebrando julgadores, medíocres tentando ocupar o espaço deixado pelo jornalista e incompetentes chegando ao poder político.

Apenas Décio Sá acabou perdendo nesta história toda.

Pior: perdeu a própria vida…

1

César Pires homenageia profissionais do jornalismo…

Deputado estadual decano da Assembleia Legislativa publicou texto de reconhecimento à categoria no Dia do Jornalista, comemorado nesta quinta-feira, 7

 

O deputado estadual César Pires divulgou nesta terça-feria, 7, uma homenagem aos profissionais de imprensa no Maranhão.

– Nossa admiração e respeito pelos profissionais da imprensa, e enorme gratidão pela dedicação diária em informar a população e contribuir, de forma grandiosa, no combate ao coronavírus – pregou o deputado.

Aproveitando a passagem do Dia do Jornalista, o parlamentar lembrou a importância da categoria, mostrou gratidão aos profissionais e parabenizou a ‘todos que exercem o “verdadeiro jornalismo no Maranhão”.

 

0

PSOL admite aliança com PT em São Luís…

Em discurso na solenidade de aniversário do partido de Lula, presidente socialista Franklin Douglas disse que poderia fazer um gesto como presente de aniversário aos petistas

 

Franklin Douglas fez gesto em homenagem ao PT de Zé Inácio, o que pode levar a uma aliança pela Prefeitura de São Luís

O presidente do PSOL em São Luís, jornalista Franklin Douglas, surpreendeu os participantes da homenagem aos 40 anos do PT, nesta quinta-feira, 20, na Assembleia Legislativa, ao defender publicamente uma aliança entre as duas legendas.

Ex-membro do próprio PT, Douglas foi um dos convidados a falar na homenagem. Falou da importância do partido de Lula, e anunciou que, “como todo aniversariante merece um presente” o PSOL topa apoiar o PT nas eleições de São Luís.

Segundo o presidente, este seria um gesto do PSOL pelo fato de os dois partidos terem atuado juntos nas manifestações e movimentos sociais em todo o país.

O presidente socialista lembrou também o gesto do PT do Rio de janeiro, que declarou apoio à candidatura do deputado Marcelo Freixo (PSOL).

Para Franklin Douglas, os dois partidos deveriam estar juntos na disputa pela Prefeitura.

O PT pretende lançar candidatura própria na capital maranhense; dentre os nomes postos, o do deputado estadual Zé Inácio – autor da homenagem ao PT – é o mais simpático ao PSOL.

Resta agora ao próprio PT trabalhar com esta possibilidade de aliança…

0

Mirinzal entrega Título de Cidadão ao juiz Carlos Madeira…

Magistrado, que tem relação profissional, pessoal e afetiva com a cidade, receberá a homenagem em solenidade nesta sexta-feira, 22, na Câmara Municipal

 

Madeira será declarado cidadão de Mirinzal, após recebimento de título nesta sexta-feira

Natural de São Luís do Maranhão, o juiz federal José Carlos Madeira será agraciado nesta sexta-feira, 22, em solenidade na Câmara Municipal, com o Título de Cidadão Mirinzalense.

Para o magistrado, a honraria tem significado histórico por ter sido em Mirinzal seu primeiro trabalho como advogado, na própria Câmara, ocasião em que conheceu a esposa, Maria Ruth Vieira, com quem tem três filhos.

– Receber o Título de Cidadão de Mirinzal será um momento de celebração; celebrarei o amor que tenho pela cidade e pela sua gente! Serei, agora, mirinzalense. Durante todo este tempo passei a fazer parte da vida de Mirinzal e Mirinzal da minha vida – enfatiza o juiz.

Pré-candidato a prefeito de São Luís, José Carlos madeira deve atrair forte atenção para Mirinzal, onde também mantém fortes relações políticas e de amizade.