2

Ivaldo Rodrigues mostra conhecimento e defende todos os pontos da gestão de Edivaldo…

Em entrevista ao programa Os Analistas, da TV Guará, secretário de Articulação Parlamentar destacou a ausência de corrupção e o compromisso com os servidores como destaque da gestão pedetista

 

NATANAEL JÚNIOR E GERALDO IENSEN FORAM PARA CIMA E ENCONTRARAM UM IVALDO RODRIGUES seguro do que há de importante na gestão de São Luís

Bombardeado pelos jornalistas Geraldo Iensen e Natanael Júnior, do programa Os Analistas, da TV Guará, esta semana, o vereador Ivaldo Rodrigues (PDT) mostrou preparo ao ser confrontado com pontos da atual gestão pedetista em São Luís.

Quando o assunto tratado foi a restauração dos prédios do Centro Histórico, Ivaldo nãos e limitou aos projetos da Praça Deodoro e da Rua Grande, e relatou a restauração de três casarões destinados a habitação social, na Rua da Palma e na Rua do Giz, que visam atender famílias em situação de vulnerabilidade social e que já residem na área.

Até o ponto mais polêmico da gestão de Edivaldo Júnior (PDT), a infraestrutura e a ausência de obras em São Luís, o parlamentar tentou justificar.

– Passamos por um período chuvoso rigoroso, necessitando de uma análise sobre investimentos em obras nesse momento. Apesar das críticas da população, até que ponto (a camada asfáltica) não seria um desperdício de verba pública enquanto ainda chove tanto? – questionou.

E fez questão de destacar a ausência de corrupção no governo Edivaldo.

– Temos uma gestão municipal livre de qualquer denúncia de corrupção, que inclusive já recebeu prêmios por sua transparência orçamentária, sendo contínuo o tratamento do dinheiro público com seriedade, pois é a obrigação do poder público – destacou.

Ao adentrar no assunto Meio Ambiente, o vereador – uma das opções do PDT para a sucessão em São Luís – destacou o trabalho da limpeza pública e remoção de resíduos sólidos; e lembrou que gestão de Edivaldo vem investindo em ações educativas, de combate a formação de pontos de descarte irregular em diversos bairro.

– Além disso tem-se a construção e manutenção de 11 Ecopontos em pleno funcionamento por toda a cidade – destacou.

Transito político

Ao ser confrontado com o quadro “Bloqueio ou Compartilho” – em que o convidado precisa dizer o tipo de relação que tem com as personalidades do estado – Ivaldo Rodrigues mostrou-se inteiramente à vontade tanto com políticos de governo quanto de oposição.

– Nossos representantes têm que ver o Maranhão na perspectiva de um futuro generoso para este povo tão sofrido, esquecendo as divergências ideológicas e partidárias. O momento é de fazer grandes investimentos, pois nosso Estado é vocacionado para o turismo e cultura, pois temos o que há de melhor em atrativos. Como democrata acredito que é possível construir um diálogo aberto e franco pelo bem de todos, mesmo estando em lados opostos – ensinou.

Ivaldo Rodrigues tem sido lembrado em várias enquetes como destaque entre as opções do PDT para a Prefeitura de São Luís.

Na entrevista à TV Guará, mostrou-se pronto para o debate…

Marco Aurélio D'Eça

2 Comments

  1. A feirinha de São Luís é uma marca forte e tem a digital de Ivaldo Rodrigues. Disso todo mundo sabe! O que não se sabe é se afirmar que “temos uma gestão livre de qualquer denúncia de corrupção” é pra sorrir ou é pra chorar. 1- Aprovar uma lei que assalta em milhões os cofres públicos para beneficial uma empresa de terceiros aliados não é ATO DE CORRUPÇÃO? 2- Ter publicados POST e ÁUDIOS do próprio Ivaldo Rodrigues propondo a troca de cargo público por favores sexuais não ATO DE CORRUPÇÃO? 3- Colocar o PAC Cidades Históricas como obra da prefeitura de São Luís falseando a realidade e querendo infundir uma uma dinâmica operacional inexistente a uma prefeitura incapaz de administrar TAPA BURACOS é tentar ludibriar o povo e isso É SIM ATO DE CORRUPÇÃO.

  2. Meu Deus, quanta lorota falou esse Ivaldo. Só em dizer que não existe corrupção, só muita cara de pau mesmo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *