3

Brasil poderá importar tecnologia de aproveitamento de água do mar para uso doméstico…

China tem tecnologia para utilização de água do mar e de reuso de águas

Uma comitiva de oito deputados federais encontra-se em missão oficial na China com o objetivo de conhecer tecnologias de aproveitamento de água do mar para fins de uso doméstico, reuso de água, produção de energia solar e energia eólica e tecnologias de construção pré-fabricada.

O roteiro inclui atividades nas cidades de Hong Kong; Macau; Pequim; Shanghai e Shenzhen.

O deputado maranhense Hildo Rocha, que é membro da Comissão de Desenvolvimento Humano da Câmara Federal integram a comitiva brasileira.

– Sem os devidos cuidados com o meio ambiente, em pouco tempo a terra não suportará a demanda por água e alimentos. Assim sendo, devemos agir rápido em busca de alternativas para a solução dos crescentes problemas de saneamento ambiental e produção de energia limpa. Um dado animador é que já existem tecnologias eficientes – argumentou Hildo Rocha.

Hildo Rocha mostra entusiasmo com aproveitamento de água do mar

Água do mar

O parlamentar maranhense demonstrou entusiasmo quanto à possibilidade de utilização de água do mar nas residências.

– Isso já é comum na China. Se adotarmos essa prática no Brasil iremos economizar cerca de 30% do consumo de água potável. É uma economia valiosíssima que ajudará a diminuir a sobrecarga dos sistemas de captação, tratamento e distribuição em diversas cidades, especialmente as localizadas na orla marítima – destacou o deputado.

Rocha ressaltou que quando a água do mar é utilizada apenas em atividades ligadas ao esgotamento sanitário não há necessidade de se fazer a dessalinização. 

– O tratamento é relativamente simples. Consiste apenas em retirar as bactérias. Dessa forma, os custos do processo tornam-se economicamente viáveis – explicou.

A programação prevê visitas técnicas a corporações especializadas em infraestrutura de saneamento básico; sistemas de tratamento de água e esgoto; instalações que usam água do mar no sistema de saneamento da cidade; sistema de dessalinização de água e visita a instalações de tratamento de água para reuso.

Marco Aurélio D'Eça

3 Comments

  1. Não precisa ir passear na China, a HYUNDAI vende centrais de dessanilização com capacidade para cidades de milhares de habitantes como existem em vários países do oriente médio.

    • Vc não entendeu a matéria! Pra quê comprar centrais de dessalinização se não precisar dessalinizar a água do mar? Essa proposta é somente para uso em saneamento básico meu caro! Ou seja é um processo mais barato. Presta atenção antes de comentar!

  2. Poderiam perfeitamente buscar parceria com ISRAEL, que tem ampla experiência e pleno domínio da tecnologia para desenvolver projeto dessa natureza com um custo muito baixo.
    Não é por outra razão que somos um país de terceiro mundo.
    Lamentável!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *