5

“Professor merece tratamento melhor do Parlamento”, diz Graça Paz, para explicar voto contra projeto do governo…

Deputada estadual afirma que não poderia deixar de apoiar os professores diante de uma proposta tão absurda apresentada pelo governo Flávio Dino, que alterou o Estatuto do Magistério

 

Graça Paz: “professor deve ser tratado melhor”

A deputada Graça Paz justificou nesta sexta-feira, 17, seu voto contrário ao projeto do governo Flávio Dino (PCdoB), que alterou o Estatuto do Magistério e retirou benefícios dos professores estaduais.

– Se o aumento fosse em cima dos vencimentos eu aprovaria. Mas em cima da GAM (Gratificação por Atividade de Magistério) é insignificante – disse a parlamentar.

Para Graça Paz, os professores deveriam ser mais valorizados pela importância do trabalho qu fazem.

Ela lembrou que, sem a figura do professor, sequer estaria na Assembleia, já que não teria alcançado nem as primeiras letras.

– É uma categoria que, em muitos casos, trabalha por dois e recebe por um. Nos feriados, quando muitos estão no lazer, os professores estão trabalhando no plano de aula ou correção de provas. E agora, vão impor a esses profissionais ainda mais arrocho? Eles merecem do parlamento um tratamento muito melhor – refletiu Graça Paz.

A deputada deixou claro que estará sempre disposta a apoiar projetos do governo, desde que atendam as reais necessidades da população.

– Minha postura na Assembleia é independente. Se quisesse ser de oposição, iria para o bloco de oposição. Mas deixo claro que votarei apenas matérias que interessem à população. por isso votei contra a alteração do Estatuto do Magistério – frisou.

Além de Graça Paz, apenas outros nove parlamentares votaram contra o projeto do governo comunista…

Marco Aurélio D'Eça

5 Comments

  1. PARABÉNS DEPUTADA, A PIOR COISA É VER UM PARLAMENTAR ELEITO PELO POVO SE SUBMETER A UM GOVERNADOR, LAMENTÁVEL E VERGONHOSO.

  2. Falando em educação, quero chamar atenção da vigilância sanitária para a qualidade da água que os alunos da UEB Paulo Freire me, na Liberdade, estão consumindo a cisterna está muito suja com insetos mortos dentro, pois a tampa se encontra com abertura por sua vez a caixa se encontra no estado lastimável de sujeira pousadas há anos não é lavada, os funcionários de lá não podem falar dessa situação com os pais pois não podem mostrar a cisterna para que eles vejam a qualidade da água que os filhos têm para consumir, o problema de quem será a responsabilidade no caso de algum aluno morrer por ingerir água que pode estar contaminada, eu não exporia uma situação dessas no blog se não fosse um caso de saúde pública e infelizmente não é a única escola nessa situação há outras que sei, dois anos atrás o antigo secretário numa entrevista dada a uma rádio foi questionado sobre a qualidade da água das escolas e ele respondeu que a Semed iria contratar uma empresa para lavar caixas e cisternas das escolas passaram-se dois anos e é provável que não considerem isso importante. Agora professor Moacir quem ler este comentário já vai saber como está a situação e se no futuro tiver algum problema já é do conhecimento de todos.

  3. Parabéns pelo seu posicionamento coerente e independente. Alguns parlamentares votaram pela pressão do Ditador Flávio Dino.

  4. De uma coisa ela tem razão o professor, às vezes trabalha por dois e recebe por um, diferente deles parlamentares que trabalham pouco, não produzem nada e tem um salário exorbitante sem falar em todas as regalias a qual tem direito,;incluindo auxílio moradia e outros mimos e eu não vejo nenhum deles lutar para a acabar com essa imoralidade.

  5. A Dep. graça é uma parlamentar atuante e sempre defendeu o interesse do povo….. ela esta de parabéns.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *