0

Simplício Araújo lidera missão de empresários na China…

Secretário de Indústria e Comércio representa o governo maranhense na Canton Fair, em Guangzhou, feira que trata de contatos comerciais com empresas chinesas

 

SIMPLÍCIO COM OS EMPRESÁRIOS MARANHENSES NA CHINA; secretário lidera a representação do estados em ferias pela Ásia

 

O secretário de Indústria e Comércio Simplício Araújo está na China, após passar por Dubai, em uma missão especial com 54 empresários maranhenses.

Os empreendedores participam da Canton Fair, evento que reúne contatos e oportunidades empresarias na cidade de Guangzhou.

 – Em nome do governo Flávio Dino (PCdoB) lidero hoje na China a maior Missão Empresarial Brasileira de 2019, hoje com apoio da equipe da Seinc e Sefaz, intérpretes e especialistas em comércio exterior 54 empresários maranhenses iniciaram visita e contatos comerciais com empresas chinesas e de outros países na Canton Fair, na cidade de Guangzhou – explica o secretário

A MISSÃO MARANHENSE JÁ PASSOU POR DUBAI E TEM VÁRIAS AGENDAS EM GUANGZHOU, NA CHINA, com contatos importantes na área empresarial

A missão maranhense já passou por Dubai, onde também participou de eventos empresariais e manteve contato com empreendedores árabes sobre as oportunidades no Maranhão.

A missão maranhense é composta de autoridades públicas e empresários de vários setores…

1

Polícia Militar deve encolher em mais de mil homens até o final do ano…

Documento da Corporação estima que o número de aposentadorias a serem efetivadas até dezembro chegará a 1.133 homens, o que reduzirá para pouco mais de 10 mil o efetivo que a propaganda do governo Flávio Dino diz ser de 15 mil

 

Nada menos que 1.133 homens da Polícia Militar do Maranhão devem estar fora das ruas até dezembro, quando serão efetivadas suas aposentadorias.

A estimativa é do próprio comando da PMMA.

Documento foi encaminhado à Assembleia Legislativa ainda em fevereiro; e veio à tona pelas mãos do deputado Wellington do Curso (PSDB), em discurso questionando a afirmação da propaganda do governo Flávio Dino (PCdoB), que diz ter 15 mil homens na PM.

De acordo com o documento, havia na PMMA em fevereiro exatos 11.199 homens, pouco mais de 2,8 mil a mais do que tinha em 2015, segundo a própria Secretaria de Segurança. (Relembre aqui)

Em abril Flávio Dino nomeou outros 133 novos policiais. (Saiba mais aqui)

Na última segunda-feira, 7, outros 180 foram formados pelo Cefap. (Veja aqui)

Somando as nomeações de 2019 – e cruzando-as com as aposentadorias informadas pela própria PM – o Maranhão terá ao final do ano um efetivo policial de 10.392 homens.

Apenas 2.790 a mais do que havia em 2015.

Neste caso, perguntar não ofende: onde estão os 15 mil homens que Flávio Dino diz estar em operação desde 2017???

Veja abaixo o documento da PMMA:

0

O indispensável papel da oposição na Assembleia…

Mesmo em número reduzido, deputados que não compõem a base governista têm conseguido evidenciar situações que forçam o governo Flávio Dino a mudar rumos e a corrigir equívocos de sua equipe e dele próprio

 

CÉSAR PIRES E ADRIANO SARNEY EM UMA DAS AÇÕES NA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA; ao lado de Wellington do Curso fazem a pequena, mas aguerrida oposição

A oposição tem cumprido um papel fundamental na Assembleia Legislativa do Maranhão.

Embora em número bastante reduzido – somente os deputados César Pires (PV), Adriano Sarney (PV) e Wellington do Curso (PSDB) – os parlamentares que não fazem parte da base governista têm conseguido fiscalizar e até forçar o Executivo a corrigir questões prejudiciais à população.

Na semana passada, César Pires usou a tribuna para criticar a decisão da Secretaria de Administração Penitenciária (Sejap) de oferecer curso de artes marciais para presidiários.

– Como aceitar que detentos sejam treinados para defesa pessoal, se por outro lado os agentes penitenciários há muito tempo não recebem esse tipo de capacitação? É muito difícil compreender que seja positivo capacitar encarcerados para o embate pessoal, dando a eles instrumentos para cometer crimes dentro e fora do sistema prisional – declarou o deputado.

Diante da repercussão negativa, a Sejap anunciou o cancelamento do curso de artes marciais.

Desmonte da Saúde

Da mesma forma, por sucessivas vezes César Pires tem usado a tribuna da Assembleia para relatar o desmonte da rede estadual de saúde, mostrando a suspensão de serviços, a falta de insumos, a demissão de pessoal em UPAs e hospitais em todo o Maranhão, de São Luís a Pinheiro, Presidente Dutra, Matões, Chapadinha, Codó, Coroatá e tantos outros municípios.

Mais recentemente, o alvo das denúncias da oposição foram o Centro de Hemodiálise de São Luís e o Hospital de Traumatologia e Ortopedia (HTO).

No primeiro caso, o governo inaugurou o serviço anunciando o funcionamento de 40 máquinas, mas César Pires mostrou, em vídeo, que só 14 estavam funcionando. No caso do HTO, foi revelada também a redução, em cerca de 25%, no número de atendimentos aos pacientes ortopédicos.

– Cumprimos nossa obrigação de fiscalizar os atos do Executivo e cobrar soluções que atendem os interesses da população. Não podemos aceitar sem questionar medidas que só interessam ao governo – concluiu César Pires.

1

Ambev explica entrega de ambulâncias para o Governo do Estado…

Cervejaria diz que os veículos nada tem a ver com benefícios fiscais dados à cerveja Magnífica e foram entregues como “quitação de obrigações contraídas pela empresa no âmbito de um programa de incentivo à indústria no Maranhão”

 

AS AMBULÂNCIAS “DOADAS” PELA AMBEV, AINDA COM A INSCRIÇÃO DA EMPRESA durante entrega pelo governador Flávio Dino

A Cervejaria Ambev detalhou ao blog Marco Aurélio D’Eça a contrapartida de 10 ambulâncias ao Governo do Estado, que as distribuiu há várias prefeituras maranhenses.

Segundo a empresa, as ambulâncias nada têm a ver com a cerveja Magnífica, que recebe benefícios fiscais por ser produzida com mandioca extraída no Maranhão.

– As ambulâncias foram entregues pela Ambev como quitação de obrigações contraídas pela empresa no âmbito de um programa de incentivo a indústria do Maranhão – explicou a assessoria de Comunicação da Ambev nacional, em nota encaminhada ao blog. (Saiba mais aqui)

Essas contrapartidas, segundo a nota, foram dadas por outras empresas, seja por meio de entrega de ambulância ou pinturas de escolas e prédios públicos.

A Nota da Ambev também explica a retirada da logo da empresas das ambulâncias. (Entenda aqui)

 – A logo foi colocada apenas para a cerimônia de entrega pela organização do evento – disse o documento.

2

Homem esconde marca da Ambev em ambulâncias doadas ao governo…

Cidadão flagrado em vídeo na Praça Pedro II aparece escondendo a logo da cervejaria, que distribuiu as ambulâncias como compensação à redução de impostos dados à cerveja Magnífica, supostamente fabricada no Maranhão

 

Um homem usando camiseta azul clara foi flagrado por um transeunte, nesta terça-feira, 1º, escondendo com adesivos a marca da Cervejaria Ambev em ambulâncias que seriam entregues pelo governador Flávio Dino (PCdoB).

As ambulâncias foram distribuídas pela empresa como uma contrapartida à redução de impostos oferecida pelo governo maranhense à cerveja Magnífica. (Entenda aqui)

O homem que grava a cena, na Praça Pedro II, diz que o homem já havia coberto de várias outras ambulâncias. No total, seriam distribuídas 10.

– Olha aí, ó, o melhor governador do Maranhão, ó: recebeu umas ambulâncias doadas pela Ambev e o funcionário do governo está cobrindo a marca da Ambev – diz o responsável pela filmagem.

Apesar de o locutor falar em “funcionário do estado”, não há informação se o homem trabalha ou ão para o Palácio dos Leões.

As ambulâncias seriam entregues nesta terça-feira, em solenidade presidida por Flávio Dino…

0

Ambev doa ambulâncias como contrapartida por imposto menor da Magnífica

Criticada no estado tanto com relação à origem da cerveja Magnífica quanto por causa da redução dos benefícios fiscais em comparação com as concorrentes, empresa entrega veículos a municípios e hospitais do interior

 

ANÚNCIO DAS AMBULÂNCIAS FEITO PELO GOVERNO DO ESTADO; contrapartida da Ambev em meio á polêmica dos benefícios fiscais

O governador Flávio Dino (PCdoB) deve entregar nesta terça-feira, 1º, um lote de 10 ambulâncias para serem usadas em hospitais estaduais no interior e também doadas a prefeituras.

Os veículos foram doados pela fabricante de cervejas Ambev, como contrapartida ao estado.

A Ambev vem sendo criticada duramente pela origem mal explicada da sua cerveja Magnífica, que ela anuncia como maranhense, mesmo com a mandioca usada na fermentação sendo processada em Pernambuco. (Relembre aqui e aqui)

Na semana passada nova polêmica envolveu a cervejaria, desta vez pelo desconto de imposto dado à Magnífica, em detrimento de outras fabricantes de cervejas no estado. (Entenda aqui)

A polêmica levou a um bate boca público entre o senador Roberto Rocha (PSDB) e o secretário de Indústria e Comércio, Simplício Araújo.

Nesta segunda-feira, 30, a secretaria divulgou a contrapartida das ambulâncias…

5

Metade do país já desaprova Bolsonaro, diz Ibope….

Pesquisa feita em 126 municípios mostra que, oito meses depois de assumir o mandato, presidente perdeu a confiança dos brasileiros, dos quais 34% já considera seu governo “ruim ou péssimo”

 

POPULAÇÃO VAI PERDENDO A CONFIANÇA EM JAIR BOLSONARO, à medida em que vai ficando mais evidente a sua incompetência no comando do país

A popularidade do presidente Jair Bolsonaro (PSL), assim como a confiança em seu governo continua despencando mês após mês.

É o que revela a nova pesquisa do Ibope, divulgada nesta quarta-feira, 25.

De acordo com a pesquisa, nada menos que 55% da população já não confia no governo Bolsonaro, contra apenas 42% que ainda confiam.

Também tem crescido pesquisa após pesquisa o índice de brasileiros que consideram o governo Bolsonaro “Ruim ou Péssimo”.

Estes eram apenas 27% em abril; agora, são 34%.

Exatamente a metade da população brasileira, hoje, desaprova o governo Bolsonaro.

O IBope ouviu duas pessoas, entre os dias 19 e 22 de setembro, em 126 municípios…

1

Delegado Ney Anderson antecipou até o nome da operação contra Astro…

Dois meses antes da ação policial, delegado revelou em depoimento à Câmara Federal que a operação “Constelação” visava atingir o vereador; e ressaltou que a espionagem contra o parlamentar se deu por determinação de Jefferson Portela

 

Partes do vídeo do depoimento do delegado Ney Anderson Gaspar dado à Câmara Federal em 2 de julho, foi divulgado durante o fim de semana; e é mais uma prova inequívoca das ações de espionagem denunciadas por ele e pelo também delegado Thiago Bardal.

No vídeo, Gaspar não apenas revela o serviço de espionagem e investigação contra o vereador Astro de Ogum (PL), como antecipa, com mais de dois meses de antecedência, até mesmo o nome da operação.

– Tem uma operação que estava em andamento, chama-se constelação. Constelação remete a Astro, não é? Vocês concordam? Astro de Ogum é um dos políticos de maior expressão em nosso estado. O vereador mais votado. Com pretexto de investigar suposto crime de pedofilia, o secretário de Segurança mandou abrir uma interceptação telefônica onde inseriu o número do celular do vereador e o seu filho, chamado  Rangel – revelou Ney Anderson. (Veja o vídeo acima)

Segundo ele, esta operação contra Astro de Ogum havia sido abortada após ele iniciar as denúncias contra Portela. Mas o que se viu no dia 12 de setembro foi a polícia pondo em prática a “Operação Constelação”, que levou Astro à Seic. (Relembre aqui)

De acordo com o delegado, Jefferson Portela queria com a espionagem contra Astro “manter o vereador subjugado a ele”.

No depoimento aos deputados e senadores, Ney Anderson alertou, inclusive, para outros adversários e aliados do governo Flávio Dino também com números grampeados por Portela.

E pelo que aconteceu com Astro, é preciso que estes também ponham as barbas de molho…

0

Casa do desembargador Bayma também está alugada para o governo Flávio Dino

Imóvel que abriga hoje o Centro de Reabilitação do Olho D’Água é a terceira de um membro do Tribunal de Justiça a ser usada pelo governo comunista

 

CASA PERTENCENTE AO DESEMBARGADOR BAYMA ARAÚJO, alugada pelo governo Flávio Dino

Além de imóveis pertencentes aos desembargadores Jaime Ferreira de Araújo e Jamil de Miranda Gedeon Neto, o governo Flávio Dino (PCdoB) mantém contrato de aluguel em uma casa pertencente ao também desembargador Antonio Bayma Araújo.

O imóvel de Bayma abriga o Centro de Reabilitação do Olho D’Agua, mantido pela Secretaria de Saúde.

O uso de imóveis pertencentes a membros do Tribunal de Justiça revela uma relação no mínimo inconsequente entre autoridades maranhenses, como mostrado no post “Um aluguel no mínimo inconsequente”.

No caso do imóvel do desembargador Bayma – onde funcionou a Associação de Magistrados (Amma) – o aluguel se mantém desde o governo Roseana Sarney (MDB), na gestão do ex-secretário Ricardo Murad – e foi mantido no governo Flávio Dino.

O blog Marco Aurélio D’Eça não teve acesso aos valores do aluguel mantido entre o governo comunista e o desembargador.

3

Um aluguel no mínimo inconsequente…

Negócio entre o governo Flávio Dino e o desembargador Jamil Gedeon eleva para além do institucional a relação entre membros graduados do Executivo e do Judiciário

 

A MANSÃO DE JAMIL GEDEON, NO OLHO DÁGUA, ALUGADA POR FLÁVIO DINO ao custo de R$ 745 mil

Editorial

Vai para além do institucional a relação comercial estabelecida pelo desembargador Jamil de Miranda Gedeon Neto com o governo Flávio Dino (PCdoB).

Desde maio, o governo comunista mantém contrato que gira em torno de R$ 745 mil pelo aluguel de um imóvel de propriedade do membro do Judiciário.

Ainda que nada tenha de irregular ou ilegal no caso, a relação comercial entre um governo e um membro do Judiciário – que sistematicamente precisa julgar ações relacionadas a este mesmo governo – deveria ser repensada.

Mesmo porque, segundo o blog Aual7, o aluguel parece se desenrolar nos mesmos moldes de outro, que ficou conhecido por aluguel camarada – em que parcelas foram antecipadas meses antes de o inquilino usar efetivamente o imóvel. (Releia aqui, aqui e aqui)

Aliás, o caso do aluguel camarada está em análise no mesmo TJ do qual faz parte Jamil Gedeon. O desembargador se declarará suspeito em julgamento de ações que tenham o governo Flávio Dino como parte?

Mas não é a primeira vez que o governo comunista envolve-se em relação de negócios com membros do Judiciário.

Em 2017, explodiu o escândalo do aluguel de uma clínica pertencente à família do desembargador Jaime Ferreira de Araújo, cujo governo pagou também sem usar. (Relembre aqui, aqui, aqui e aqui)

Por todas estas nuances, soa como imprudência ou deboche a assinatura de novo contrato, nos mesmos moldes dos já escandalizados.

Mais uma questão para o Conselho nacional de Justiça apurar…

Leia também:

Denunciados por corrupção, alugueis camaradas devem ser anulados…

A mãe de todas as corrupções é a corrupção no Judiciário…

Um governo de alugueis camaradas…