3

Direção do fórum esclarece questão do estacionamento…

Em resposta a post desta coluna eletrônica, órgão do Poder Judiciário explica disposição das vagas disponíveis e comenta também possível solução apontada pelo blog

 

850 VAGAS. Espaço atual do fórum disponibiliza 60 vagas exclusivas para advogados

A direção do Fórum Desembargador Sarney Costa, encaminhou nesta quarta-feira, 7, nota em que esclarece pontos da postagem “Falta de Estrutura no Fórum causa transtornos a advogados e usuários da Justiça…”

De acordo com o documento, há 850 vagas disponíveis no fórum, pra o público interno (juízes e serventuários) e externo.

– Nenhum órgão dos poderes Judiciário e Executivo do Maranhão dispõe de estacionamento com esta capacidade – afirma a nota.

Ainda de acordo com as explicações do fórum, entre as vagas destinadas ao público externo, 60 são privativas de advogados, por entendimento entre o órgão e a seccional da OAB.

ALTO CUSTO. Pátio interno geraria apenas mais 60 vagas, com demanda alta de recursos para o Poder Judiciário

Com relação ao espaço que a coluna sugeriu como possível solução para ampliar o número de vagas, a direção do Fórum explica que isso ampliaria em mais 60 vagas – e não 100, como especulado pelo blog – e a um custo considerado alto.

– Sua adequação dispõe de investimentos financeiros; e, neste momento, o Tribunal de Justiça do Maranhão não dispõe de recursos para esta finalidade – diz.

Abaixo, a íntegra da nota:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Em resposta à matéria “Falta de estrutura no Fórum causa transtorno a advogados e usuários da Justiça”, a Diretoria do Fórum Desembargador Sarney Costa vem a público prestar os esclarecimentos devidos:

1 – O Fórum Desembargador Sarney Costa dispõe de estacionamento para 850 vagas, distribuídas entre público interno e externo. Nenhum órgão dos poderes Judiciário e Executivo no Maranhão dispõe de estacionamento com essa capacidade.

2 – Das vagas destinadas ao público externo, 60 são privativas de advogados, conforme entendimento firmado entre o Fórum e a Ordem dos Advogados do Brasil, Secção do Maranhão, em janeiro de 2016.

3 – O espaço apontado como solução para a demanda de estacionamento só comportaria 60 vagas. Sua adequação requer investimentos financeiros, e neste momento o Tribunal de Justiça do Maranhão não dispõe de recursos para essa finalidade.

Diretoria do Fórum Desembargador Sarney Costa

São Luís, 07 de junho de 2017

Marco Aurélio D'Eça

3 Comments

  1. Ao comentário do Da Matta: imagine você, uma testemunha da defesa ou do MP, intimada para uma audiência, chega ao Fórum, no seu carro ou moto, e se depara com um guichê te cobrando pelo estacionamento? hahahaha….

  2. Marco eh legal o tribunal pagar auxílio MORADIA E ao mesmo tempo fornecer casa mobilada pro juiz morar no interior ? Não tem dinheiro que chegue

  3. A opção é copiar o que está sendo feito em outros Estados. Terceirizar. Fazer uma concorrência pública e TRANSPARENTE, para arrendar o espaço. A Empresa vencedora faria os investimentos necessários, e cobraria uma tarifa, claro. Qual o problema? Melhor pagar e ter um serviço de qualidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *