4

“Combato o crime organizado 24 horas”, afirma Jefferson Portela…

Secretário e Segurança contesta post do blog e diz que a polícia tem atuado fortemente no combate a todos os tipos de criminosos no Maranhão

 

Portela: investigações rápidas, devagar e quase parando, mas investigações…

O secretário de Segurança Jefferson Portela (PCdoB) afirmou a este blog que sua postura no caso do assassinato do ex-prefeito de Barra do Corda, Manoel Mariano de Sousa, o Nenzin, atendeu as regras da investigação.

– Não dei declaração irresponsável. A polícia atuou com uma linha de investigação que apontou a autoria do crime desde o início. E a Justiça confirmou essa linha – afirmou o secretário.

Questionado sobre os demais 11 casos com indicação de que tenham motivação política, Jefferson negou que estejam sem solução.

– A polícia trabalha com investigação. Umas são rápidas, outras demoram um pouco e outras mais ainda. Mas todas são resolvidas. Como profissional de Segurança, trabalho 24 horas no combate a todo tipo de crime, inclusive o crime organizado. Não me eximo de minha responsabilidade – declarou, sem dizer em que pé estão as outras 11 mortes de vereadores e blogueiros.

A Secretaria de Segurança deve apresentar ainda hoje os responsáveis pela morte de Nenzin…

Marco Aurélio D'Eça

4 Comments

  1. Piada… O bairro mais tranquilos são o dominado por facções, elas que proíbem assaltos … Seria ate uma boa matéria pra vcs jornalista os indicadores de roupos e assaltos estão caindo não por competência do secretario o do governo Dino mais sim pela fato das próprias. Facções “proterger” o povo contra roupo e assaltos

  2. Mas não teria sido pistolagem? Como você mesmo concluiu em post anterior “simples assim”? É vergonhoso e irresponsável a forma como você e outros blogueiros sem caráter, na ânsia insana de culpar Dino por tudo, postam matérias falsas e irresponsáveis. Depois vêm com mi mi mi quando a Justiça lhes impõem reparação.

  3. Kakakakaka cara tu és o bogueiro mais sem credibilidade que conheço, não vou ti chamar de jornalista porque ofende a classe, “bloqueiro” porque em qualquer fundo de quintal se encontra, basta apenas ter um computador, Tablet ou smartphone e ja ta formado na faculdade da esgotofera.

Deixe uma resposta para Eduardo Wood Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *