1

Delegado que inventou crime de prefeito em Mirinzal é afastado por negligência…

Jorge Antônio Silva Santos foi denunciado pelo Ministério Público por 16 inquéritos parados, sem qualquer conclusão até mesmo em casos de violência doméstica

 

O delegado Jorge Antônio da Silva Santos, de Mirinzal, foi afastado das funções pela Justiça, por ato de improbidade administrativa.

Silva Santos foi denunciado pelo Ministério Público, acusado de negligência e desídia na investigação dos inquéritos policiais em Mirinzal.

– O Ministério Público não fecha os olhos sobre a pouca estrutura da Polícia Civil, sobretudo na Comarca de Mirinzal. Destaca-se que, mesmo com sua estrutura mínima, o requerido não faz o básico. Nada justifica um auto de prisão em flagrante ficar parado por três, quatro, oito anos – afirma no promotor Frederico Bianchini.

Jorge Antônio Silva Santos foi o autor de um bizarro inquérito, no dia das eleições de 2016, contra o prefeito de Mirinzal, Amauri Almeida (MDB). Ele inventou um assassinato supostamente de autoria de Amaury, prendendo o prefeito e influenciando diretamente no resultado do pleito.

No mesmo dia, a suposta vítima de Amaury apareceu vivo e declarou n8unca ter sofrido sequer ameaça por parte do prefeito. (Relembre aqui e aqui)

Agora afastado pela Justiça – por negligência no desempenho da função – Jorge Antônio está proibido, inclusive, de frequentar a delegacia.

Marco Aurélio D'Eça

One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *