0

Vacina Pentavalente começa a ser ofertada em Unidades de Saúde de Imperatriz

Crianças precisam ir aos postos não só para fazer a vacina Pentavalente, mas todas as demais do calendário nacional de imunização que estão disponíveis

 

A Secretaria Municipal de Saúde, Semus, começou a oferecer nas Unidades Básicas de Saúde, UBS, a partir desta quarta-feira, 16, a Pentavalente, vacina que imuniza contra Difteria, Tétano Coqueluche, Haemophilus, Influenza tipo B e Hepatite B. O medicamento estava em falta em todo o país desde julho do ano passado, quando a Agência Nacional de Saúde, Anvisa, recolheu um lote do produto após este ter sido reprovado no controle de qualidade.

O público alvo para receber a imunização com a Pentavalente é de crianças de 2 meses, 4 meses e 6 meses. Mais de três meses após o recolhimento do lote, o Ministério da Saúde começou a enviar a vacina aos municípios, sendo que Imperatriz recebeu, na terça-feira, mais de mil doses, ou seja, uma parte do que era esperado.

A responsável técnica pelo Setor de Imunização do Município, Socorro Ribeiro, ressaltou que assim que as doses foram distribuídas já começaram a ser disponibilizadas para a população. A novidade é que inicialmente chegaram 1000 doses e logo depois mais 100 doses.

“Queremos avisar que as mães e responsáveis têm que ir às Unidades de Saúde com suas crianças para fazer as outras vacinas, não apenas a Pentavalente porque a Penta pode ser feita em crianças até menos de 6 anos, agora tem vacina que não podemos fazer isso como é o caso da Rotavirus que tem prazo para começar e terminar”, alertou.

O Município de Imperatriz anualmente atende a duas exigências do Ministério da Saúde que englobam a meta e o Calendário Nacional de Imunização. Por este, o Município aplica vacinas em crianças menores de 1 ano, sendo que a meta atual é imunizar 5.051 crianças. O calendário prevê vacinação de 5.051 para crianças de 1 ano. No total, são 19 vacinas do calendário de imunização para crianças menores de 2 anos.

O secretário interino de Saúde, Ely Samuel, fez questão de ressaltar que a falta de alguns imunobiológicos, como por exemplo pentavalente, aconteceu em todo o país, mas em nota o Ministério da Saúde informou que restabelecerá gradativamente o abastecimento da pentavalente. Ele destacou que o Município de Imperatriz “conta com sala de imunização ativa em todas as suas UBS e volta a ofertar a vacina normalmente”.

Marco Aurélio D'Eça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *