2

“Gananciosos”; Adriano critica bancos que contestam suspensão de consignados

Entidade bancária entrou com ação no Supremo Tribunal Federal contra a lei que suspendeu os empréstimos no Maranhão, alegando ser competência privativa da União a legislação sobre questões financeiras e de crédito

 

O deputado estadual Adriano Sarney (PV) criticou nesta segunda-eira, 29, a ação da Confederação Nacional do Sistema Financeiro (Consif), no STF, contra a lei que suspendeu os empréstimos consignados no Maranhão.

Adriano é um dos autores da lei, promulgada na Assembleia Legislativa.

– Os bancos são gananciosos e vão lutar pelo suado dinheiro do trabalhador mesmo em tempos de coronavírus. Uma vergonha! – disse o parlamentar.

O Maranhão suspendeu os empréstimos consignados por 90 dias, como forma de amenizar os custos de trabalhadores durante a pandemia de coronavírus.

Para o presidente da Assembleia, deputado Othelino Neto, a lei, além de constitucional, é justa.

– Considero justa e constitucional a lei que suspende por 90 dias o pagamento de parcelas de empréstimos consignados – afirmou o comunista.

 

Marco Aurélio D'Eça

2 Comments

  1. É isso aí Adriano! Persista nessa luta! Continue lutando pelos maranhenses, pois o povo reconhece quem luta por eles e os ludovicenses irão te eleger prefeito de São Luís!!! Continue firme na defesa dos que realmente precisão!!!

  2. O Deputado está correto em sua afirmação. Neste momento de crise TODOS tem que ter a sua cota de sacrifício. Os bancos já lucraram e lucram muito as nossas custas. Isso é uma insensatez a quem precisa de um “fôlego” çara custear as despesas que aumentaram exorbitante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *