6

Um crime e as emendas do Carnaval…

Disse Bira do Pindaré, ontem, na tribuna da Assembléia Legislativa (com partes destacadas pelo blog): 

– Fui informado que os deputados tinham as prerrogativas de Emendas Parlamentares. Se são prerrogativas cabem a todos e não a alguns. Mas de repente a gente se depara com a primeira situação concreta que é o carnaval. E fui informado por deputados do Bloco União Democrática que cada um de nós teríamos direito a uma Emenda na ordem de R$ 50 mil para as atividades referentes ao carnaval.

Em seguida, Bira revela mais detalhes da história:

Bira diz que indicou, mas não recebeu...

Também não recebi um único tostão das emendas para o carnaval de 2011. Nenhum tostão, e encaminhei conforme solicitado.

O “também” incluído por Pindaré em seu discurso foi uma referência ao discurso do colega Neto Evangelista (PSDB), que havia tratado do mesmo assunto, pouco antes.

Embora não tenha ficado claro em seu discurso, Evangelista deixa a entender que também indicou municípios, associações ou entidades para receber emendas para o carnaval, mas fora agraciado com menos dinheiro que os deputados do governo.

O deputado Alexandre Almeida tenta ajudar e pergunta, em aparte: “Deputado só uma pergunta: quanto é que o município de Lago da Pedra recebeu?”.

Neto não diz se indicou ou se recebeu...

– 50 mil reais depois de muita luta. E não foi da Emenda Parlamentar do Deputado Neto Evangelista – responde o tucano, com o negrito também feito pelo blog.

Os negritos servem para mostrar um crime embutido nos discursos de Bira do Pindaré e Neto Evangelista:

1 – Emendas parlamentares são apresentadas por deputados para que sejam liberadas no orçamento do ano seguinte.

2 – Nem Bira do Pindaré nem Neto Evangelista eram deputados no ano passado. Portanto, não podiam apresentar emendas ao Carnaval de 2010 – e muito menos tê-las liberados.

Mas o discurso de Evangelista indica que outros deputados tiveram essas emendas liberadas:

– (…) mas a nossa preocupação é quanto a essa discriminação feita para aliados do Governo e aqueles que não são aliados do Governo – delimitou o parlamentar.

Neto Evangelista disse que vai exigir a lista das emendas para saber quem recebeu mais ou menos e quais os municípios agraciados.

Tem obrigação de divulgar, também, quantos deputados que não tinham mandatos no ano passado receberam emendas para o Carnaval.

Afinal, foi ele quem trouxe o assunto à tona…

8

Transparência na prefeitura…

Do blog de Itevaldo Júnior

A Prefeitura de São Luís segue descumprindo a legislação de transparência pública. Um estudo do Instituto de Estudos Socioeconômicos (Inesc) revela que o nível de transparência da gestão João Castelo (PSDB) é ruim.

De acordo com a pesquisa do Inesc as 27 prefeituras das capitais brasileiras ainda patinam para apresentar de forma transparente seus orçamentos.  Em vigor desde maio de 2010, a Lei da Transparência obriga a apresentação detalhada das contas públicas em tempo real na internet.

A Prefeitura de São Luís ocupa a 22ª posição entre as capitais brasileiras. A pesquisa utilizou 58 variáveis, quando foi possível construir um índice para classificar o nível de transparência das capitais.

A soma das capitais nas categorias “péssima”, “ruim”, “medíocre” representou 70,4% dos resultados. Continue lendo aqui…

3

O veto a Haroldo Saboia & Cia no PSOL…

Saboia: rodou, rodou e acabou rodando...

Há um motivo claro para o veto ao ex-vereador Haroldo Sabóia no PSOL. Só ele fingia não saber.

O PSOL é um partido ideológico; Sabóia, não tem qualquer ideologia.

Já foi do PMDB, do PDT, do PT, novamente do PDT, do PPS e outra vez do PT.

De nenhuma dessas legendas adquiriu qualquer ideologia. Apenas se aproveitou dos momentos para manter-se em evidência política. Não fazia qualquer sentido sua presença no PSOL.

Ainda há recurso ao ex-petista para tentar, por força, impor seu nome ao socialismo. De qualquer forma, Haroldo Sabóia viu que já não tem este prestígio todo na política do Maranhão.

Quanto aos demais colegas que seguiram com ele para também tentar entrar no partido, nem merecem comentário.

Carecem de maior expressão para virar notícia…

29

Grupo de Roseana trabalha com quatro nomes para 2012…

São quatro os nomes que o grupo da governadora Roseana Sarney (PMDB) deve apresentar nas eleições de 2012, em São Luís.

Três deles são do PMDB: o senador João Alberto de Souza, o secretário de Turismo, Tadeu Palácio, e o deputado estadual Roberto Costa, não necessariamente nesta ordem.

O outro nome é o do deputado federal e secretário de Cidades, Pedro Fernandes, do PTB.

Para definir um nome de peso para a eleição dos 400 anos, Roseana encomendará pesquisas qualitativas.

Estes levantamentos vão dizer qual a expectativa da população, o que ele espera de um nome do grupo que venceu a eleição de 2010 e a avaliação sobre os nomes propostos.

A partir daí, unirá todo o grupo em torno do nome preperido pela população…

15

Luís Fernando e a antecipação do pagamento do servidor…

Intervenção de Luís Fernando garantiu antecipação do pagamento de salário

Este blog foi o primeiro a denunciar, em janeiro, a inexplicável idéia do secretário de Planejamento, Fábio Gondim, de levar o pagamento do salário do servidor para até o 5º dia útil do mês subseqüente ao trabalhado.

Para manter sua posição, Gondim chegou a argumentar, em outros blogs, que a antecipação traria problemas para o estado, que teria de recolher recursos de outras fontes para pagar o servidor.

Diante dos argumentos, mais críticas foram feitas. E Gondim recuou.

Mas já havia uma decisão de manter o pagamento dentro do mês trabalhado. Decisão do chefe da Casa Civil, Luís Fernando Silva.

Desde a divulgação da tabela de Gondim, Luís Fernando já garantia que a data era apenas uma referência, mas que o salário seria pago no mês.

Assim ocorreu em janeiro, quando o salário saiu dia 28; em fevereiro, antecipado para 25.

E agora em março, anunciado para a próxima sexta-feira, 25.

1

Helena Duailibe a caminho do PMDB…

Helena Duailibe seguirá para o PMDB

É pura tolice a manifestação dos controladores do PSB maranhense contra a permanência da vice-prefeita de São Luís, Helena Duailibe. A própria Helena já manifestou interesse em deixar a legenda, por não se adequar à sua mudança programática.

Na semana passada, a vice-prefeita já havia havia declarado ao titular deste blog, em conversa na Assembléia Legislativa, que seu caminho natural é o PMDB.

– O PSB tem adotado postura hostil em relação a mim. Não dá pra continuar, Estou analisando as opções, mas é provável que o caminho seja mesmo o PMDB – disse ela.

Há dois motivos para a entrada no PMDB: primeiro, a presença do seu marido, deputado estadual Afonso Manoel; segundo, o PMDB é o partido da governadora Roseana Sarney, de quem Helena uailibe é aliada.

A saída do PSB ocorrerá, portanto, independente da posturados seus atuais controladores…

6

Deputado quer CPI para investigar ocupação das terras do Baixo Parnaíba

Marcos Caldas quer investigar plantadores de soja

O deputado Marcos Caldas (PRB) anunciou ontem, na tribuna da Assembléia Legislativa,  o pedido de criação de CPI para apurar a ocupação das terras do Baixo Parnaíba por plantadores de soja.

– Na Região de Brejo, Anapurus, Santa Quitéria, Chapadinha, São Bernardo, a coisa já saiu do controle da Polícia e do judiciário. Essa semana passada mesmo, a população se revoltou e já tocou fogo em alguns tratores de alguns gaúchos. Com uma pequena investigação, fiquei sabendo que tem gaucho que chegou ao Maranhão puxando a cachorrinhae já tem 20 mil hectares de terra na Região do Baixo Parnaíba aonde dizendo eles que compraram terra devoluta de Estado – denunciou o parlamentar.

imensas áreas do Baixo Parnaíba já foram ocupadas por soja

A região do Baixo Parnaíba passou a ser ocupada no início dos anos 2000, após a saturação da região de Balsas. As plantações de subssistência passaram a dar lugar a imensas plantações de soja. A maioria pertence a gaúchos, catarineses e até estrangeiros.

 – Naquela região há pessoas pobres, humildes, que não sabem dos seus direitos, que não têm documento daquelas terras, porque são terras que vem de herança de pais, avós que há muito tempo já moravam naquele local. Agora hoje chega aqueles gaúchos querendo tomar daquela população pobre, só porque não tem documento – afirmou.

O discurso de Marcos Caldas foi apoiado pelos deputados Bira do Pindaré (PT), Eliziane Gama (PPS) e Marcelo Tavares (PSB) que, inclusive, propôs a inclusão também da região de Balsas nas investigações.

O deputado Carlos Alberto Milhomem (DEM), fez apenas um alerta enigmático ao colega:

– Eu gostaria de lembrar ao meu amigo deputado, que um presidente da República já caiu por causa disso; foram instalados vinte anos de ditadura por causa disso. Então, pise firme, vá em frente, mas tenha cuidado.

Marcos Caldas deve iniciar hoje a coleta de assinatura para a CPI…

8

Ex-prefeito vende mansão para resolver questão no TSE, denuncia blog…

O ex-prefieto Aldenir Santana Neves

Do blog de Luís Cardoso

O ex-prefeito de Urbano Santos, Aldenir Sotero Neves (PDT) acaba de vender uma mansão no condomínio de luxo Andorra, no Olho D`água, por aproximadamente R$ 1 milhão para reverter a situação política eleitoral em seu município junto ao Superior Tribunal Eleitoral.

Com a grana, ele acha que pode, em Brasília, resolver o processo em que pede a cassação do mandato do atual prefeito de Urbano Santos, Abnadabe Léda e assumir em seu lugar.

Ele perdeu a última disputa, em 2008, por 1.397 votos de diferença. Aldenir não esconde que pretende ainda desbloquear R$ 6,8 milhões que foram apreendidos durante a “Operação Rapina” pela Polícia Federal.

Durante sua desastrosa administração em Urbano Santos, foi apurado junto a Receita Federal quase R$ 10 milhões não recolhidos dos servidores ao INSS, o que caracterizou crime de apropriação indébita.

9

Comitê para aniversário de São Luís será lançado nesta terça-feira…

O lado histórico da cidade também será valorizado

O prefeito de São Luís, João Castelo (PSDB), lança, nesta terça-feira, em solenidade no Hotel Luzeiros, o Comitê Estratégico Organizador das comemorações do IV Centenário da captial maranhense.  O Conselho será presidido pela primeria-dama, Gardênia Gonçalves e o pesquisador Sofiani Labidi como coordenador Executivo.

O comitê  São Luís-400 anos foi criado ainda no ano passado e deve tratar de todas as questões referentes ao aniversário da capital – desde as obras até as festas e eventos comemorativos.

Obras nas praias valorização o aniversário da capital

Outras 12 entidades compõem o comitê organizador. São representantes dos governos federal e estadual, Sebrae, Federação das Indústrias (Fiema), Câmara de Diretores Lojistas (CDL), Serviço de Patrimônio da União (SPU), Associação Comercial (ACM), Universidade Federal do Maranhão (Ufma), Universidade Estadual do Maranhão (Uema), Câmara Municipal, Assembleia Legislativa e Instituto de Cidadania Empresarial (ICE).

O aniversário de 400 São Luís acontece em 8 de setembro de 2012, mas as comemorações se darão por todo o próximo ano.