4

Deputados maranhenses contra as drogas…

Do blog de Gilberto Léda

Holanda Júnior quer rediscutir PEC-300

Os deputados estadual Alexandre Almeida (PT do B) e federal Edivaldo Holanda Junior (PTC) são os dois porta-vozes maranhenses na luta contra as drogas no estado.

E, ultimamente, têm conseguido avanços significativos.

Criador da Frente Parlamentar de Combate ao Crack e outras drogas no Estado do Maranhão, Almeida anunciou, via Facebook, que na próxima segunda-feira (11), às 9h, acontece na Sala das Comissões da Assembláia Legislativa uma reunião preliminar de trabalho, oportunidade em que serão discutidas questões referentes ao lançamento da Frente, previsto para agosto.

Segundo o parlamentar, essa reunião é também uma oportunidade de estabelecer o primeiro contato com as entidades que poderão ser parceiras da Frente. Continue lendo aqui…

1

Crise no PSB: Zé Antonio informa horário errado para tentar tirar Ribamar Alves do encontro de hoje…

Desde as primeiras horas da manhã de hoje, os assessores do deputado federal Ribamar Alves, informam a imprensa de que a reunião sobre o futuro das comissões provisórias do PSB ocorreria às 18 horas, na sede do partido.

Mas Alves estava sendo enganado pelo grupo do presidente José Antonio Almeida. O horário da reunião será mesmo às 15 horas.

O deputado Ribamar Alves só descobriu o golpe após alerta do titular deste blog.

Por volta das 10 horas, em conversa com o deputado Marcelo Tavaes, o blogueiro comentou sobre a reunião de 18 horas. Tavares corrigiu: “será as 15 horas”.

Intrigado, o jornalista conversou sobre o assunto com os também jornalistas Gilberto Léda e Jorge Aragão.  E começou a perceber que algo estava errado. Aragão, que também havia sido informado pelo grupo de Ribamar Alves, confirmava o encontro para as 18 horas. Léda, avisado pelo grupo de Zé Antonio, falava em 15 horas.

O titular do blog ligou para Ribamar Alves, que reafirmou a agenda para as 18 horas. Alertado de que o grupo de Almeida estava falando sobre 15 horas, o deputado ligou na mesma hora para Marcelo Tavares, cobrando satisfações.

– É, vai ser mesmo às 15 horas! – disse Marcelo Tavares, desligando o telefone antes do fim da conversa.

Ribamar Alves percebeu então que estava sendo enganado e que poderia perder o encontro do PSB por uma articulação dos seus adversários.

Imediatamente, sua assessoria passou a convidar aliados e imprensa para a reunião das 15 horas, na sede do partido.

E, pelo clima, parece que o bicho vai pegar…

6

O líder da bancada governista na Assembléia…

Ribeiro e Milhomem trocaram farpas em reunião com Roseana

O deputado Manoel Ribeiro (PTB) é o líder do governo na Assembléia Legislativa.

O ex-presidente da Assembléia Legislativa, Carlos Alberto Milhomem (DEM), coordena, tacitamente, as ações da bancada governista na Casa.

Manoel Ribeiro entrou em uma polêmica com o secretário de Planejamento, Fábio Gondim.

Aliados de Ribeiro chegaram a espalhar a queda de Gondim. Roseana fez questão de mostrar sua força na reunião com os deputados estaduais.

A bancada do governo na Assembléia aprovou, contra a vontade de Manoel Ribeiro, o requerimento do líder oposicionista Marcelo Tavaes (PSB), convidando os secretários Luís Bulcão (Cultura) e Tadeu Palácio (Turismo), para explicar os custos do apoio à Beija-Flor.

Na reunião de deputados com a governadora, Ribeiro responsabilizou Milhomem pela aprovação da proposição. Milhomem assumiu a responsabilidade e eximiu os colegas.

Manoel Ribeiro é o líder do governo na Assembléia Legislativa…

 

5

João Castelo, PSB, José Reinaldo e Flávio Dino…

Castelo jogou confusão nas hostes inimigas

O prefeito de São Luís, João Castelo (PSDB), faz estrago cada vez que atrai um partido político para sua base de apoio. A situação se repetiu agora, ao afirmar que a nomeação do professor Othon Bastos para a Educação atendia à indicação do PSB.

Ninguém no PSB confirma ter sabido do convite a Bastos. Tanto os aliados do ex-governador José Reinaldo Tavares quanto os do deputado federal Ribamar Alves assumiram a autoria da indicação.

Até mesmo o presidente da legenda, José Antonio Almeida, reconheceu que não houve discussão formal no PSB pela indicação de Othon Bastos.

– Não houve reunião formal, mas discuti com as lideranças a possibilidade.

Mas se pretendeu uma confusão política, o prefeito alcançou seus objetivos.

Está em dúvida, agora, a conhecida aliança entre o grupo do ex-governador José Reinaldo e o deputado federal Flávio Dino (PCdoB).

Curiosamente, a declaração de Castelo – com a esperada negativa dos reinaldistas e a confirmação enviesada de Almeidinha – ocorre exatamente uma semana depois da entrevista em que Flávio Dino joga loas no presidente do Senado, José Sarney, e na relação dele com a governadora Roseana Sarney (PMDB).

Seria esta uma resposta dos Tavares à rebeldia comunista?

Mas há outra vertente, baseada nas declarações do deputado federal Ribamar Alves (PSB). Segundo ele, o jogo dos Tavares é apostar em duas frentes – uma com Castelo e outra com Flávio – as duas com possibilidades de desaguamento nas eleições de 2014.

Estaria Flávio Dino por trás da cooptação socialista por Castelo, em troca de um apoio do prefeito nas eleições estaduais?

É esperar pra ver…

26

A importância de um vice-campeonato…

A libertadores de 1998

O novo ranking da Federação Internacional de História e Estatística do Futebol (IFFSH) mostrou o quanto é importante marcar pontos e alcançar posições nos campeonatos de peso continental, ainda que não se alcance o título.

E calou a boca dos tolos mulambentos que tentam diminuir a nimportância de um vice-campeonato nacional ou continental.

Tem reconhecimento internacional no futebol, segundo a avaliação do IFFSH, o clube que marca pontos em torneios reconhecidos internacionalmente.

Os regionais ou estaduais, pouca ou nenhuma importância têm no cenário mundial.

Para a Fifa e o IFFSH, vice mundial de clubes do Vasco vale mais que os mais de 10 títulos cariocas conquistados pelo Flamengo, por exemplo.

Juninho e a histórica Copa Mercosur

Exatamente como este blog vem dizendo o tempo inteiro.

Por isso é que o Vasco da Gama, mesmo tendo passado oito anos sem ganhar títulos, encontra-se na sétima posição entre os brasileiros ranqueados e mais de 120 posições à frente do Flamengo no ranking geral.

O ranking da Federação de História, reconhecido pela Fifa, começou a ser feito em 1998, levando em consideração os títulos e vitórias em jogos e campeonatos nacionais ou continentais.

Por isso o Vasco ocupa melhor posição que o Flamengo no cenário mundial.

De 1998 para cá, por exemplo, o Urubu conquistou apenas um Brasileiro (2009), uma Copa do Brasil (2006) e uma Mercosul (1999), além de penca de cariocas – que nada valem no cenário mundial.

Nas raras Libertadores que participou, fez campanhas medíocres

Neste mesmo período, o Vasco conquistou uma Libertadores (1998), uma Mercosul (2000), um Brasileiro (2000) e uma Copa do Brasil (2011).

Além da vantagem númerica nos campeonatos que de fato importam, a diferença pró-Vasco está exatamente nos vices e na classificação chamado G-4 – os quatro primeiros colocados dos principais torneios.

Entre 1998 e 2011, além dos títulos citados acima, o Vasco tem também dois vices mundiais (1998 e 2000), um vice da

O time do importante vice mundial

Copa do Brasil (2006), um quinto lugar de Libertadores (1999), dois quartos lugares do Brasileirão (2002 e 2005) e várias outras classificações entre o 5º e 10º lugares, que também contam pontos.

Tradução: o Vasco chegou mais que o Flamengo em competições importantes. E é isto que importa para a Fifa e para o IFFSH.

O ranking da classificação mundial mostra a importância de um vice-campeonato, sempre valorizado na Europa.

E o urubu, que continue ganhando seus campeonatos de bairro…

12

PR também quer ter candidato próprio em São Luís…

Jota Pinto é opção do PR na capital

O Partido Republicano deve se reunir no próximo dia 16, em São Luís, para discutir as eleições municipais de 2012. Entre as propostas, o lançamento de uma candidatura própria a prefeito de São mLuís.

– Nós deveremos ter candidatos em 80 ou 100 municípios maranhenses. E São Luís não será diferente – disse o deputado estadual Jota Pinto, uma das lideranças do partido.

Sérgio Tamer: outro nome para a disputa

Além do nome do próprio Pinto, o PR tem como opção para São Luís o secretário de Justiça e Administração Penitenciária, Sérgio Tamer, que comanda a legenda no estado.

O PR tem diretórios em praticamente todos os municípios maranhenses e se prepara para ser uma das legendas fotes na sucessão municipal.

Outro nome do partido na Assembléia é o deputado Raimundo Louro, que deve disputar a Prefeitura de Pedreiras.

A reunião do dia 16 deve ser realizada na Assembléia Legislativa…

2

César Pires renuncia à vice-liderança de bloco governista…

Pires: atuação própria na Assembléia

O deputado estadual César Pires (DEM) encaminhou hoje à Mesa Diretora da Assembléia Legislativa, Requerimento em que anuncia a renúncia da vice-liderança do Bloco Parlamentar Pelo Maranhão (BPM).

– Eu mesmo faço a minha liderança, e exalto os meus conceitos pessoalmente na tribuna – justificou o parlamentar.

De acordo com Pires, há uma clara contradição entre a liderança do bloco e a bancada, que evidencia a discordância ente os lados, motivo pelo qual ele decidiu se afastar.

– Não se pode ficar em um bloco em que a bancada está para um lado e a liderança para outro – afirmou Pires. O BPM é liderado na Assembléia pelo deputado Stênio Rezende (PMDB).

César Pires tem tomado decisões cada vez mais independentes na Assembléia, apesar de manter o apoio ao governo Roseana Sarney (PMDB). Sua postura de coerência com seus ideais é elogiada mesmo pelos que ele critica.

Na avaliação do deputado democrata, é necessário a busca da unidade na bancada, mas isso só será possível, na sua opinião, com o chamamento da própria governadora Roseana Sarney (PMDB).

– Vou continuar atuando de forma independente na Casa – exlicou Pires.

0

Doutor Pádua quer discutir mandato em seminários com a população

O deputado estadual Doutor Pádua (PP) vai realizar seminários com representantes da população e lideranças políticas para avaliar os primeiros seis meses de seu mandato.

A idéia é aproximar suas ações políticas e sua participação na Assembléia Legislativa daqueles que apoiaram a sua candidatura em 2010.

Doutor Pádua quer prestar contas do mandato aos eleitores

– Estamos organizando um cronograma de atividades do nosso mandato. Entre as ações que estamos planejando está a realização de vários seminários sobre a nossa atuação parlamentar, pois queremos aproximar o mandato da população através das várias lideranças políticas e sociais que deram a sua contribuição para a nossa eleição em 2010 – afirmou o deputado.

A iniciativa de Pádua é comum na Assembléia entre os deputados da esquerda.

Os seminários são uma espécie de gestão participativa do mandato parlamentar – muito usados durante a passagem da deputada Helena Barros Heluy (PT) na Assembléia.

O deputado Bira do Pindaré também usa deste expediente neste mandado, mas de forma concomitante ao desenrolar da atividade parlamentar.

Segundo Pádua, nos seminários, será feita a prestação de contas do primeiro semestre do mandato e um balanço das proposições apresentadas.

O primeiro seminário acontecerá na cidade de Imperatriz, no mês de agosto…

13

Fábio Gondim ganha força política…

Gondim agora também com força política

O secretário de Planejamento, Fábio Gondim, retorna de Brasília com mais força política ao Maranhão. Ele viajou no avião que serve ao presidente do Senado, José Sarney (PMDB), e representou a governadora Roseana Sarney (PMDB) em audiências no Senado e no Ministério da Fazenda.

Para quem era dado como ex-secretário até o final de semana passado, Gondim mostrou desenvolvutra para falar sobre o Maranhão na capital federal, e mostrou até certo molejo político, essencial para a sobrevivência nestas plagas.

– O Maranhão precisa de recursos para melhorar o Índice de Desenvolvimento Humano. E o dinheiro poupado nos precatórios terá este destino – frisou ele, no Senado, ao informar a adesão do Maranhão ao Regime Especial de Precatórios.

Com a adesão, o Maranhão economizará até R$ 130 com pagamentos deste típo de dívida judicial.

Gondim foi ainda ao Ministério da Fazenda, assegurar melhor participação do Maranhão na divisão do Fundo de Participação. E utilizou outro argumentos dos que conhecem os meandros políticos:

– Nós teremos R$ 100 bilhões de investimentos em seis anos. Prcisamos ter recursos para garantir a infra-estrutura necessária para colocar a sociedade no patamar superior.

Gondim foi a Brasília como técnico encarregado do setor de planejamento do Governo do Estado.

Voltou com a força política necessária para debater os grandes projetos do Maranhão.

 

3

Ribamar Alves: “Os Tavares estão fazendo jogo duplo com Castelo e Flávio Dino”

Alves: "Os tavares agem como vigaristas"

O deputado federal Ribamar Alves (PSB) afirmou ontem que o grupop do ex-governador José Reinaldo Tavares (PSB) está fazendo jogo duplo com o prefeito João Castelo (PSDB) e com o ex-deputado federal Flávio Dino (PCdoB) para garantir espaço ao deputado Marcelo Tavares (PSB) na sucessão municipal.

 – O desespero de Marcelo em ser vice-prefeito está levando a gestos absurdos.  Eles acham que, levando o PSB para Castelo, e caso o prefeito recupere suas chances de se reeleger, Marcelo Tavares seria o vice – avaliou o parlamentar, ao analisar a indicação do professor Othon Bastos para a Secretaria Municipal de Educação.

Pela estratégia pró-castelista, na visão de Alves, o PSB manteria o apoio ao prefeito, que, reeleito, seria candidato ao Senado – na chapa do próprio Flávio Dino – abrindo dois anos de mandato para Marcelo Tavares, sonho de consumo de José Reinaldo.

Então Flávio Dino também participaria da orquestração? O deputado do PSB não diz nem que sim nem que não.

Mas sabe muito bem qual o objetivo da indicação de Othon Bastos para a Semed. 

– Eles acham que, com a secretaria, terão condições de cooptar os socialistas e garantir o comando do PSB maranhense, mas não vão conseguir por que os membros do PSB jám conhecem o jogo sujo que eles fazem – declarou o parlamentar.

O teor político da indicação de Bastos foi confirmada ontem pelo próprio Castelo.

– O professor Othon Bastos, além de ser excelente técnico,  também foi ideal para nós porque indicado por um partido parceiro, que é o PSB, o que consolida ainda mais a nossa união – disse o prefeito, em entrevista após a posse do secretário.

Para Alves, falta apenas a família Tavares combinar com o PSB.

– Eles pensam que o PSB ainda é vendido, como eles faziam. Estão tentando comprar o partido, mas não vão conseguir. Foi eu que levei o PSB a apoiar Castelo, contra a vontade deles, que agora fazem qualquer negócio. Isto é típico de vigaristas – afirmou o parlamentar.

O PSB se reúne nesta quinta-feira para aanalisar a situação das comissões provi´sorias municipais da legenda.

A confusão promete ser grande, com mais este fato envolvendo a legenda…