21

A luz da imprensa nunca se apaga…

É estarrecedor que alguém, por mais raiva que tenha de outra pessoa, seja capaz de conseguir planejar e executar a morte desta pessoa com tanta frieza.

Não é um ser humano alguém que arquiteta com tanto detalhamento o assassinato de alguém que o contrariou.

Como pode alguém sentar com matadores, negociar preço de uma vida e ainda dormir o “sno dos justos?”.

O assassinato de Décio Sá é um destes crimes programados por animais como estes.

Alguém que, além de calar a voz de um dos mais brilhantes jornalistas de sua geração, também quis mandar um recado à sociedade.

Os assassinos – mentores e executores – quiseram dizer à sociedade: estado, segurança, jornalistas, advogados e famílias, que se acham acima do bem e do mal.

O executor, de cara limpa, debochou de todo o Maranhão. Deixou o local do crime como uma espécie de semi-deus, com poderes para decidir sobre a vida e a morte.

Calaram Décio Sá, mas não calaram a imprensa. Mataram, mas não extinguiram a Justiça.

Espera-se respostas imediatas, sob pena de se jogar o estado no ambiente de barbárie.

Basta!!!

Imagem: Biamam Prado

Marco Aurélio D'Eça

21 Comments

  1. Caro Marcos DÈça, o GRANDE DECIO SÁ vai fazer falta, mais seu legado tem que ser repassado , assim como o de Tim Lopes, silenciaram a expressão de Decio mais não suas convições, sua incasavel busca pela verdade que tanto conquistou leitores asiduos com sua maneira de ser, espero que o seu trabalho sirva de exemplo, exemplo de determinação de coragem e acima de tudo de respeito com seus leitores, para que companheiros dele de luta como você não desista, mas siga em frente, levando a verdade ao povo, quebrando algns tabús, mais sempre com o respeito e dedicação que ele tinha com seus leitores, Bom Jardim assim como todos os outros municipios que constituem nosso Estado vivem um pesar por sua morte, e pedimos a DEUS que conforte sua familia neste momento dificil, meus pesames,
    Elber Ex- Vereador de Bom Jardim.

  2. O momento é de comossão por partes dos amigos e familiares,porém temos que tomar cuidado em declinar nomes de suspeitos,pois a propria policia civil não tem,vi nas postagens anteriores que um cidadão sitou os policiais grevistas e acho um desrespeito e falta de ética,tendo em vista que nem a Poicia civil sitou nome de nenhum suspeito,sabemos que o jornalistas era polêmico e tinha forte viés politico e era simpatizante do atual governo,todo direito dele,porém temos que ter a cautela e a calma necessaria e deixar a policia civil trabalhar para chegar aos culpados,ficar dando nomes é de uma leviandade desnecessaria e tacanha,mais respeito as instituições nas postagens,mais respeito as pessoas!

  3. EU SEMPRE COMEÇAVA O DIA LENDO O BLOG DO DÉCIO.
    FOI UMA PERDA LAMENTÁVEL.
    ESPERO QUE OS CULPADOS SEJAM LOGO PEGOS E PUNIDOS.
    QUE DEUS AMENIZE A DOR DE SUA FILHA , ESPOSA E FAMILIARES.

  4. Marco, hoje ao chegar ao serviço, senti falta da noticia fresquinha, que todos os dias ao entrar na internet, buscava o blog do Decio, pois sabia que ali teria boas noticias do Estado e do Pais, pois sabia que ali tinhamos um jornalista que fazia jornalismo com amor e dedicação. nós expectadores da boa noticias vindas dos blogs, ficamos orfãos da boa notícia e do bom jornalista que nos deixou pelas mãos corvades dos que não aceitam a verdade. Vai com Deus Décio!

  5. A POLICIA TAMBÉM DEVERIA SE EMPENHAR PARA PRENDER O ASSASSINO JUNIOR DO MOJÓ O QUAL A POLICIA FAZ VISTA GROSSA, AI TEM ALGO ESTRANHO.

  6. Caro Deça,

    1. Como ex-colega de Batista do Decio, e como policial e ser humano, fico muito triste, estarrecido, e mais conternado ainda, ao saber ue ele eixa um filho ainda na barriga da sua esposa. Pois, ontem mesmo recebi a notícia do sexo da minha filha que também encontra-se em fase de gestação.

    2. Voce tem razão, nehuma raiva, ou coisa parecida, pode dar razão para tão grave barbárie.

    3. Que meu tiroíneo policial não me deixam dúvidas de que logo logo se cheque a toda a quadilha responsável pelo asasinato do Décio.

    Em fim, espero em Deus a consolação de seus familiáres e amigos, asim como sei que a imprensa do maranhão não se calará e intimidará por esse fato. E, que Deus o tenha a alma deste Jornalista que morreu em consequencia do cumprimento o seu papel social.

  7. A morte do jornalista Décio só vem nos confirmar aquilo que todos nós já sabemos, que São luis é uma das cidades mais violenta do Brasil, a quinta segundo a imprensa nacional. Costumo fazer caminhadas na litorânea e já vi três asaltos e sempre mulheres são as vítimas e devido a esses fatos sugiro a governadora´, através SSP, que deixe permanentemente duas viaturas naquela avenida.

  8. Caro Marcos D’eça só os que lutam por uma causa justa são perseguidos e odiados pelos piores do serhumano. Sofre perseguição porque são justos, são odiados porque são os melhores… Jesus Cristo mataram, mas enganaram-se os fariseus e hipócritas por pensarem que ele seria um simples serhumano. “DEUS NÃO DORME.”

    Abraço ao meu amigo seu pai OEL D’eça

    http://www.wix.com/natcompremium/alcantara

  9. Marcos, não tenho palavras para expressar a dor pela perde prematura e irreparável de um Profissional exemplar, o sentimento de revolta e indignação pela forma brutal e covarde como um ser humano foi executado barbaramente e chocado pela afronta dos que arquitetaram coma ardis e dos que executaram com crueldade, frieza e covardia uma pessoa tão importante para o nosso meio social.
    Se me permite, quero externar os meus sentimentos de solidariedade à família da vítima pelo dor da perda prematura e irreparável e dizer que rogo a deus para que, do alto da sua bondade infinita acalante a dor e o sofrimento dos seus familiares, amigos e de todos aqueles, que como eu nutro respeito pelo seu desprendimento, pela a coragem de não se curvar diante aos poderosos e postura profissional exemplar.

  10. Todos os dias quando chegava no trabalho dava uma olhada no meu correio eletronico e logo em seguida abria a pagina do blog para saber noticias, isso era rotina. Hj quando estava me arrumando para ir ao trabalho meu filho que tinha ficado ate tarde no computador e assistindo televisão disse-me, pai assassinaram aquele blogueiro que o senhor gosta de ler, eu disse qual? ele disse Decio Sá! Eu nao acreditei! Liguei a TV e estava em todos os noticiarios. Todo o povo maranhense esta chocado com esse acontecimento, e nós maranhenses queremos que alguem dê um basta nessa violencia que acontece em nosso estado e que esse crime nao caia no esquecimento, que os culpados sejam encontrados e apodrecam na cadeia. Décio! Que Deus cuide do seu espirito e conforte sua familia.

  11. Marco, é impressionante a falta de compromisso do Clero da OAB/MA. Eles estão prestes a comemorar 80 anos, mas nenhuma nota de repúdio ou mesmo de pesar foi feita pela seccional diante do brutal assassinato de Décio. Seria porque o camarada Décio fazia sim críticas acídas à leniência da instituição em zelar pela moralidade da classe, cortando a própria carne (advogados corruptos) se for necessário? Porque o presidente da seccional, ou mesmo o presidente de uma comissão (sei lá de direitos humanos, etc) não foi ao ar ou no sítio eletrônico da OAB/MA. Sinto muito pela morte do menino pedro, filho do Deputado Flávio Dino, mas até quando ocorreu esse triste episódio a OAB levantou uma nota de pesar. E para o Décio? Passei o dia vendo o site da OAB e nada!!!! Qual a razão?????? Acho que todos já sabem. Crie vergonha OAB Seccional do Maranhão!!!!! Não foi só o assassinato de um jornalista que já criticou seus dirigentes que ocorreu, foi um atentado à Democracia caramba!!!!! Mexa-se!!!!!!

  12. Marcos, è preciso que morra uma pessoa importante para que o assunto segurança pública venha a baila.Ora, todos sabem da falência dos orgãos de segunça do Estado; vejam dados que por sí só ja dizem tudo: Nós temos cerca de 5.000 policiais militares na ativa, isso é trágico é lamentavel; e o comandante da polícia militar não tem a tropa na mão, a prova disso foi o levante grevista.Ficou mais que provado a sua falta de preparo; inclusive ele não participou das negociações para acabar com a greve. E o pior é que todos sabem disso e niguém faz nada, até quando isso vai continuar? será que a sociedade não merece segurança? não merecee respeito? quantos mais precisarão ser assassinados? até quando, até quando…

  13. Solidariedade!!!
    Marco Deça, desde omtem estou me perguntando até que quando vamos suporta essa volência que ataca a todos nós, o caso de Decio não é um assassinato isolado diante dos demais que foram vitimas nesse estado, na decada de 80,90,e 2000, pois estamos com menos de 15 dias que mais um lavrador foi assaniado no assentamento em Buriticupu, a dois anos um quilombola também foi assassinato,mais nem umas das mortes justifica matar mais um ser humano, como foi a do decio, e queria também pedir o mesmo empenho do secretario de segurança nas demais assassinato por pistolagem nesse estado,sei da importância do jornalisa Decio, o quanto a familia sofre ao perder um filho,marido e pai, imagine a mulher do assentado cabeça, do quilombola Flaviano que ainda hoje a comunidade onde residia sofre a perserguição, acho e tenho certeza que poderiamos ter a mesma sensibilidade com os demais assassinato por pistlagem neste maranhão, com tal requinte de crueldade, que sofrem as demais pessoas, lembro muito bem quando a CPT e demais entidades denunciaram e continuam denunciando o número de trabalhadores rurais ameçado de morte e quando é denunciado algumas autoridades acha que isso é coisa de movimento sociais e que no maranhão não exise matança por encomenda os chamados pistoleiros,também não quero fazer um pre julgamento que foi policial, porque acredito que como toda profissão existe pessoas boas e existe infiltrado pra fazer coisas que não condizem com o ser humano.
    Deixo aqui minha solidariedade a familia de Decio Sá, e que o secretario de segurança ofereça a mesma recompensa para quem informar o paradeiro dos assassinaos de Fláviano, Cabeça e demais ….
    Abraço
    Erisvan

  14. Caro Marco, o momento é de reflexão e de dor. Nao conhecia pessoalmente o Décio, mas assim como acompanho diariamente seu blog, acompanhava o de Décio. Seu assassinato deixa um vácuo no dia-dia de muitos e uma sensação de medo e insegurança.
    Entretanto, a clara intenção dessa covarde atitude foi calar a imprensa, amedrontar jornalistas, ignorando a existência da democracia, da liberdade de expressão e desafiando o Estado, a polícia e a Justiça.
    É momento de união entre todos os setores da sociedade maranhense para haver uma punição exemplar aos culpados.

  15. Faço-as minhas suas palavras,caro Rogerio Silva.Realmente quem mandou cometer essa barbárie,além de desumano,tem toda certeza da impunidade pois,já teve a certeza da ineficiencia de um Estado Jurídicamente falido.Mas, apesar de tudo, ainda confio nas autoridades da segurança pública.Calou-se a voz de um destemido…

  16. Marco, dos casos denunciados pelo blog, em 2012, não há muitos com perversidade, coragem e sobretudo dinheiro em abundância capaz de um ato cruel como este. Tem que investigar logo os da Barra da Corda, o de Tuntum, os de Urbano Santos, os PMs da greve…

  17. NOBRE MARCO QUEM FEZ E QUEM MANDOU FAZER ISSO COM O DECIO, NAO TEM MEDO DE NADA, NAO RECONHECE A SOCIEDADE, A JUSTICA, A IMPRENSA, A DEMOCRACIA, PARA ESSAS PESSOAS O QUE VALE E A LEI DELES. ONTEM FOI O DECIO, MAS TODOS OS DIAS MORREM EM NOSSA CIDADE PESSOAS, FILHOS, MARIDOS, IRMAOS E MUITO POUCO E FEITO. TEMOS QUE CHORAR, PELO DECIO, POIS FOI UM RECADO, NAO SO PARA NOS, MAS PARA TODOS. CHEGOU A HORA MARCO DA SOCIEDADE REAGIR E DIZER BASTA. E NAO E SO PELO DECIO, MAS POR TODOS NOS. FICA O MEDO, MAS FICA ACIMA DE TUDO QUE NAO E O FIM E SIM O COMECO DE UMA NOVA JORNADA, A QUE TEM QUE BUSCAR UMA SOCIEDADE MAIS JUSTA E PERFEITA. ABRACOS DESTE COLEGA E AMIGO ROGERIO SILVA.

  18. Ao receber a notícia desse escabroso caso, sentei tontinho – atônico na cama. E pensei… “Ninguém pode desagradar”.

    O “faro fino”, deputado Raimundo Cutrim já havia recomendado cuidados com a (…) qua estava de volta.

    Foram seis tiros certeiros no blogueiro Décio Sá (inimaginável), e um no corpo do ERRANTE GOVERNO ROSEANA, que foi atingido frontalmente/mortalmente num órgão do seu sistema. “Certos” podem dizer que um fato desses é inevitável, porém, só é possível num vácuo de insegurança, igual ao que ocupa o nosso desnudo estado de calamidade. O ocorrido é fungo disso.

    Marco Antonio Carvalho Diniz

  19. O assassinato de Décio Sá, foi o presente de 177 anos que a Assembléia Legislativa do Maranhão comemorou neste 24 de abril de 2012.

    Resp.: Não entendi!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *