0

Aluisio Mendes visita obras e anuncia emenda para Duque Bacelar…

Aluisio Mendes ajudou na viabilização de ambulância

Obras importantes para a população do município estão paralisadas em Duque Bacelar, cidade visitada neste fim de semana pelo deputado Aluisio Mendes a convite do prefeito Jorge Oliveira. O parlamentar intermediará no Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) a resolução das pendências para garantir que a construção de uma creche e duas quadras esportivas seja concluída.

A creche iniciada em 2009 no povoado Novo Duque foi projetada para atender 240 crianças de 0 a 6 anos, mas a obra tem pendências administrativas a serem resolvidas para que o FNDE libere o restante dos recursos.

“Não temos creche em nossa cidade, então essa obra é muito importante”, ressaltou o prefeito Jorge Oliveira, ao mostrar a construção a Aluisio Mendes.

Ao lado de César Pires, deputado conversa com populares

Eles também visitaram as obras das quadras esportivas dos povoados Tabuleiro e Órfão, outras com entraves para a liberação de verbas pelo FNDE.

“Vamos agendar uma audiência com o presidente do órgão, Sílvio Pinheiro, para que possamos buscar soluções e garantir que a população seja efetivamente beneficiada por esses investimentos”, afirmou o deputado.

Aluisio Mendes conheceu, ainda, uma área de plantio de milho, quiabo e arroz cultivada pela Associação de Moradores do povoado Sítio Novo, que tem o apoio da vereadora Concita do Bode.

“Já garanti ao prefeito a aquisição de uma patrulha mecanizada para que a Prefeitura de Duque Bacelar possa incentivar a produção agrícola no município, que tem todas as condições para se desenvolver”, declarou.

Na visita, que teve a participação do deputado César Pires e de sete vereadores, o prefeito mostrou a Aluisio Mendes a sede do SAMU, o hospital municipal e a orla do Rio Parnaíba, onde há a intenção de executar um projeto de urbanização.

“Serei parceiro da gestão de Jorge Oliveira, para que ele consiga trazer para o município os investimentos que a população necessita”, finalizou.

 

Marco Aurélio D'Eça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *