12

Flávio Dino não tem como explicar informação privilegiada da Lava Jato…

Vinte e seis dias antes da lista de delações ser divulgada – e três dias após a Procuradoria da República encaminhar os relatórios ao STF – governador conseguiu uma Certidão da Câmara Federal, com detalhes explicativos sobre as acusações que lhe pesavam

 

Delatado
STF quer saber como colaboração de José de Carvalho Filho chegou a Flávio Dino (Fotomontagem: Atual7)

O governador Flávio Dino (PCdoB) tem tentado justificar de todas as formas o fato de ele ter conseguido, 26 dias antes de a delação vir à tona, uma certidão da Câmara Federal, com supostas explicações para as acusações que pesam contra ele na Operação Lava Jato.

A certidão apresentada por Dino é do dia 17 de março; mas a delação contra ele só foi tornada pública no dia 11 de abril. (Releia aqui)

Ou seja, 26 dias depois.

Não há como o comunista explicar este vazamento ao Supremo Tribunal Federal, que vai investigar o repasse de informações privilegiadas.

Para tentar se explicar, o comunista e seu partido, o PCdoB, tem dito que ele buscou a certidão por que a imprensa especulava sobre delações.

 

Ainda sob sigilo
Petição sobre Flávio Dino chegou ao STF, ainda em sigilo, às 17h40 do dia 14 de março, como mostra o recorte acima…

Ora, a imprensa especula sobre delações contra Dino desde 2015, quando a Lava Jato chegou ao seu ápice.Este blog trouxe vários post sobre o tema.

Mesmo assim, ele nunca foi buscar certidão alguma para se defender.

Além disso, nenhum blog, jornal ou emissora de rádio ou TV divulgou detalhes sobre a acusação a Dino, que só vieram à tona com a quebra do sigilo do inquérito.

Ninguém sabia, sequer, da existência do tal Projeto de Lei 2279/2007, de interesse da Odebrecht e que gerou o caixa 2 de R$ 200 mil ao comunista.

Resposta rápida
…Mas Flávio Dino conseguiu certidão apenas três dias depois na Câmara Federal

Mas Dino já tinha uma certidão, quase um mês antes, detalhando exatamente este projeto, que ninguém, além dos investigadores da Lava Jato, havia tratado antes.

Agora, o comunista delatado na Lava Jato tenta acusar a imprensa de ter vazado a acusação contra ele desde o ano passado.

Porquê, então, ele não apresentou, à época, essa mesma certidão que apresentou agora?

O fato é que Flávio Dino soube antes que sua delação viria à tona pelas mãos do ministro Edison Fachin.

E tentou se antecipar aos fatos.

Mas se antecipou para tentar explicar um crime cometendo outro crime.

É simples assim…

Marco Aurélio D'Eça

12 Comments

  1. Percebendo a fragilidade da delação e percebendo que, por mais que tentem, o povo NÃO quer mais a família Sarney, a ordem agora é dizer q ele sabia antes de todo mundo….
    Tá ficando feio viu?

  2. O irmão dele é da cozinha do Janot e todo mundo sabe que o MPF é uma máquina de vazamentos, logo…

  3. Flávio Dino está muito enrolado mesmo. Antes, mesmo sabedor que tinha um enorme telhado de vidro prestes a ser espedaçado pelas denúncias que iriam recair sobre ele, se dizia ser amigo de Sérgio Moro, louvava a Lava Jato e regozijava-se com as declarações do irmão, Nicolao Dino, que sustentava que caixa – 2 era crime sim, tão grave quanto corrupção. E ainda posava da mudança nesse país. Mas agora infantilmente tenta desdizer tudo o que garganteava.

  4. CARLOS GUSTAVO: “Ou seja, de um jeito ou de outro o excelentíssimo Sr governador do Maranhão Flávio Dino cometeu crime”

    MUITO BEM LEMBRADO, VERDADE!!!

  5. Meu amigo, esse assunto rodou em Brasília até em mesa de botequim. Na Câmara dos Deputados nem se fala. E a deputada Murad começou a contar o caso mas foi contida, não lembra ?

  6. É óbvio que foi o irmão do governador.
    Só burro, ou idiota dependente de cargo do governo que chupa ovo desse ditador, que não quer ver.
    Essa grana da Lava Jato é fichinha perto do que estão sangrando hoje o Estado

  7. Incrível que um ex-juiz federal e ex-deputado federal e atual governado seja tão infantil nas suas atitude ou então esteja muita, mais muito mal assessorado era obvio que todos iriam descobri que a ele sabia que estava na lista.
    Primeiro: como ele pediu essa certidão a mais de 20 dia atrás, é claro que ele foi informado que seu nome tinha sido citado na lava jato, ou seja, houve vazamento de informações privilegiada o que seria crime.
    Segundo: se não houve vazamento de informação como afirma o governo então ele já tag a ciente que com a delação ele seria citado e logo ele realmente recebeu proprina. Ou seja, deu jeito ou de outro o excelentíssimo Sr governador do Maranhão Flávio Dino cometeu crime

  8. E o sistema falido Mirante tem como explicar como conseguiram a informação em 2016? Tem como explicar a declaração da boneca de Olinda este ano que disse aos berros que o FD ia ser citado na lava-jato?
    FD foi mais experto, em 2016 ele vendo o mamão com açúcar que vcs deram para ele, pegou a certidão e deixou guardada para frustrar esta barrigada que os babões da famigerada oligarquia deram..XUPAAAAAA!!!!

  9. QUEM REPASSOU AO DINO TAIS INFORMAÇÕES PRIVILEGIADAS FOI A PRÓPRIA MÍDIA OLIGARQUIA , AINDA EM 2016 , POR OCASIÃO DA CITAÇÃO DA CORRUPTA ROSEANA NA LISTA DA ODEBRECHT.

    Resp.: Discurso inventado agora pelos comunistas.. Não vai colar… Se fosse assim, ele deveria ter apresentado, lá na época, a mesma certidão que conseguiu agora. É simples assim, minha tola querida…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *