1

Eleição no Maranhão em aberto…

Mesmerizado desde que começou a governar o estado, comunista Flávio Dino só tem uma saída para abafar os casos de corrupção até o pleito de 2018: usar mais corrupção para tentar se reeleger

 

VAI PASSANDO O SORVETEIRO. Propalada mudança derreteu feito picolé pela corrupção comunista; e só pode ser superada com mais corrupção nas eleições

 

 

Editorial

Abatido em sucessivos escândalos de corrupção desde que assumiu o governo, sem resposta a problemas básicos e sem um legado consistente para apresentar à população, o comunista Flávio Dino corre riscos.

Sua sucessão está cada vez mais em aberto.

A população desconfiada de sua capacidade gerencial começa a se assustar com a gravidade das denúncias de corrupção; e a força dos seus oponentes tem crescido na mesma proporção que sua popularidade vai derretendo feito sorvete, para usar uma expressão bem atual.

É possível afirmar que para reverter o quadro eleitoral desfavorável, sobretudo pela corrupção que o tornou só mais um político, Flávio Dino recorra a um expediente covarde para se manter no poder: mais corrupção para abafar a corrupção no processo eleitoral.

Só com mais corrupção, o comunista pode desequilibrar a disputa de 2018.

Porque, diante do fracasso do seu governo, no voto ele tende a perder.

É aguardar e conferir…

Marco Aurélio D'Eça

One Comment

  1. bom dia, nada como um dia após o outro. gosto de história e vivo contando-as, hoje lembro de um caso fantástico, no final de março deste ano, apareceu em Cedral, 190 km da capital, um navio fantasma, agora se sabe que os ditos cujos tripulantes, estão todos pendurados no governo do Estado do Maranhão, e mais o navio veio da China…..só comunas capitalista, gostam de dinheiro e vida boa, claro sem trabalhar. os da China, trabalham.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *