6

Dr. Yglésio minimiza quarentena e recebe críticas no Twitter…

Candidato a prefeito, deputado estadual – que é médico – postou uma série de recomendações contra o coronavírus, mas admitiu afrouxamento do isolamento social e foi duramente atacado por internautas

 

Dr. Yglésio gerou nova polêmica na internet ao minimizar a quarentena contra a CoVID-19

O deputado estadual Dr. Yglésio (PROS) foi duramente criticado na manhã desta quarta-feira, 25, após publicar em seu perfil no Twitter, uma série de 10 orientações intituladas “Passo a Passo para não matar pessoas nem a economia” durante a pandemia de coronavírus.

Pré-candidato a prefeito de São Luís, o parlamentar, que é médico, defendeu, em síntese, o mesmo que o presidente Jair Bolsonaro, como apenas “15 dias seguram a disseminação” após infecção (item 2), e “Idosos e doentes crônicos em casa” (item 4)

Mas os pontos 5, 6, 9 e 10 do seu decálogo foram os  mais duramente criticados, pelos que viram neles os mesmos devaneios de Bolsonaro.

– Teve contato com CoVID-19 positivo? Testa, deu positivo: fica em casa; deu negativo? Vá trabalhar, como gente educada que você é ou deveria ser – orientou Yglésio, nos itens 5 e 6.

Ms à frente, relativizou o confinamento:

– Não se contamine pela Globo. Ela te quer em casa, assistindo anúncios – afirmou o deputado, em seu item 9, e completou com um comentário visto como elogio reverso a Bolsonaro:

– Desconsidere o Bolsonaro. ele consegue estragar até as coisas verdadeiras com a forma tosca de ser.

Dr. Yglésio passou toda a manhã desta quarta-feira, tentando se explicar aos internautas que criticaram seu decálogo.

À tarde, passou a disponibilizar seu número pessoal de celular, para conversar diretamente com os críticos.

Mas a repercussão continua no Twitter…

Veja abaixo o decálogo do Dr. Yglésio contra o coronavírus:

Passo a passo pra não matar pessoas nem a economia (que morta, mata também)

1. Esses 15 dias seguram a disseminação: vai ficar bonitinho.

2. Delimitamos os casos: ok, daí começam testes em massa.

3. Positivo pra covid19? Deixa em casa.

4. Idosos e doentes crônicos: em casa.

5. Teve contato com covid19 positivo? Testa, deu positivo: fica em casa.

6. Deu negativo, vai trabalhar, com todos os cuidados, como gente educada que vc é ou deveria ser.

7. Trabalhe pra caramba, trabalhe por quem não pode trabalhar.

8. Lembre de proteger os que te fizeram chegar até aqui.

9. Não se contamine pela Globo. Ela te quer em casa assistindo anúncios.

10. Desconsidere o Bolsonaro. Ele consegue estragar até as coisas verdadeiras com a forma tosca de ser.

Paciência: vamos vencer!

Dr. Yglésio, deputado estadual

Marco Aurélio D'Eça

6 Comments

  1. Só gostaria de saber porque Flavio Dino organizou um “coronafest” no centro.
    Vai na internet e fala de isolamento social, mas na prática junta uma centena de pessoas no centro para distribuir cestas para fazer campanha de pai dos pobres.

  2. Aparece cada desgraça nessa política desse miserável. Agora é esse abestado/retardado . Essa merda foi contaminado pelo vírus mental. Pilantra !’

  3. Está correto… Conforme se testa se controla. O vírus existe e precisa ser controlado . Ninguém vai se esconder o resto da vida em casa e o colapso econômico junto ao caos social não vão esperar…
    O isolamento social é a primeira fase para segurar o pico das infecções. Dar condições de reação do sistema de saúde . Outros métodos e avanços devem chegar como testes rápidos para diagnóstico de quem já pegou, quem não pegou e quem está com vírus e o avanço de pesquisas e medicamentos chegando junto.
    Isolamento continuado de grupos de risco. Mas o alerta mais importante é que Bolsonaro erra ao querer quebrar agora o isolamento social. Ainda precisamos segurar as transmissões aceleradas e evitar a quebra do sistema de saúde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *