4

A eternização de promotores em suas promotorias…

Polêmica envolvendo o titular da promotoria de Controle da Atividade Policial, Cláudio Guimarães, e o deputado estadual Dr. Yglésio chamou atenção para o fato de que o representante do Ministério Público vem transformando o setor que comanda em uma espécie de patrimônio pessoal

 

O embate entre o deputado Yglésio e o promotor Guimarães virou até meme de internet

Ensaio

A polêmica envolvendo o deputado estadual Dr. Yglésio (Pros) e o titular da Promotoria de Controle da Atividade Policial, Cláudio Guimarães – por causa da suposta “privatização” de um setor da praia do Olho D’Água – despertou a opinião pública para um fato questionável.

É cada vez mais comum no Ministério Público do Maranhão a eternização de promotores em promotorias específicas na capital maranhense.

Guimarães, por exemplo, está há mais de 10 anos à frente do mesmo setor.

Como ele, para o bem ou para o mal, outros titulares se eternizam em setores específicos, como Fernando Barreto, na Promotoria do meio Ambiente, ou Lítia Cavalcanti, no setor de Defesa do Consumidor.

Esse patrimonialismo de setores do MP é questionável sobre qualquer aspecto.

Afinal,  apenas Cláudio Guimarães, dentre tantos representantes do Parquèt, tem capacidade para controlar a atividade policial?

Só Fernando Barreto entende de Meio Ambiente no Ministério Público?

Não há outro promotor tão competente quanto Lítia Cavalcanti para comandar o setor da Defesa do Consumidor?

No caso específico de Cláudio Guimarães, fica claro o uso de sua atribuições para benefício próprio; além disso, ele se transformou na própria cara da fiscalização de eventos, impondo suas questões pessoais no debate.

Sem entrar no mérito da razão no embate entre o representante do MP e o deputado, está claro que o Ministério Público precisa repensar esta eternização de seus representantes em determinados setores.

Para o bem ou para o mal, repita-se…

1

Corpo de Bombeiros reforça atuação no resgate de animais…

Em reunião semana passada com representantes de OGNs e com o deputado Dr. Yglésio, comandante da corporação, coronel Célio Roberto Araújo, garantiu participação nas ações urbanas da causa animal

 

Coronel Célio Roberto em reunião com o deputado Dr. Yglésio e representantes de ONGs da causa animal

O Corpo de Bombeiros Militar vai intensificar a participação em resgate de animais, em cooperação com organizações não-governamentais que atuam na causa animal.

O coronel Célio Roberto Araújo, comandante do CBMA, participou semana passada de reunião com o deputado Dr. Yglésio e com as entidades para discutir formas de atuação.

Dentre as ações, os bombeiros terá papel no resgate de animais abandonados em cooperação com as ONGs.

– Compreender que toda vida importa é o mais puro significado da palavra empatia. Nosso dever é salvar vidas, e toda vida importa! – disse Célio Roberto.

Em suas redes sociais, ele posta vídeos de ações dos bombeiros no resgate aos animais. (Veja abaixo)

 9

A articulação do coronel Célio Roberto com o deputado e com as ONGs deve garantir também participação direta da Secretaria Municipal de Urbanismo em ações de melhoria das condições urbanas da chamada praça dos gatos.

O objetivo é garantir que os animais deixados lá possam ter uma melhor qualidade de vida, longe de maus tratos, sem interferir na vida de quem por ali circula.

2

PDT deve fortalecer lista de federais e bancada na Assembleia

Filiações do secretário de Segurança Pública Jefferson Portela e do deputado estadual Dr. Yglésio devem ser anunciadas até o fim do ano; também é esperada a entrada do deputado Wellington do Curso, que não confirma futuro partidário

Dr. Yglésio e Jefferson Portela são nomes esperados no PDT para as eleições de 2022

O PDT deve reforçar sua bancada na Assembleia Legislativa e sua lista de pré-candidatos a deputado federal nos próximos meses.

O secretário de  Segurança Pública, Jefferson Portela (atualmente no PCdoB) é um dos nomes esperados na legenda.

Também ´esperado o deputado  estadual Dr. Yglésio, que venceu pelo partido as eleições de 2018 e hoje está no PROS.

Com a pré-candidatura do senador  Weverton Rocha ao Governo do Estado, o PDT pretende formar uma bancada forte de deputados federais e estaduais em 2022.

Outro nome cotado pro setores do partido é o do deputado estadual Wellington do  Curso, atualmente no PSDB.

Wellington, porém, não divulga seu futuro partidário…

0

Dr. Yglésio quer revacinar idosos que tomaram Coronavac…

Deputado estadual, que é médico, diz que a vacina de origem chinesa tem menos eficácia quando aplicada em pessoas acima de 70 anos; para ele, é preferível neste público imunizantes mais eficazes

 

Yglésio tem criticado a eficácia da vacina Coronavac em idosos

O deputado estadual Dr. Yglesio (PROS) tem pregado a revacinação de idosos com mais de 70 anos e que foram vacinados pela vacina Coronavac.

Segundo ele, este imunizante tem eficácia baixíssima em pessoas a partir desta idade, o que pode contribuir com o número de óbitos.

Para o parlamentar, que é médico, é preferível aplicar em idosos vacinas com eficácia maior já comprovada.

– A AstraZêneca, por exemplo, mostrou 76% de eficácia já a partir da primeira dose, aumentando para 81% a partir da segunda – explicou o deputado, em entrevista ao quadro Bastidores, do Bom Dia Mirante.

A tese de Yglésio é rebatida pela infectologista Marias dos Remédios Freitas Carvalho, da Universidade Federal do Maranhão.

Segundo a pesquisadora,  o ideal neste momento de pandemia é vacinar com a vacina disponível, incluindo a Coronavac.

Ela lembra o município de Serrana, em São Paulo, que foi todo vacinado pela coronavac e controlou a pandemia.

O debate deve ganhar os meios científicos e acadêmicos nas próximas semanas…

0

“Bora vacinar pobre”, prega Yglésio nas redes sociais…

Deputado estadual, que é médico, diz que é preciso segurar a priorização de categorias profissionais; e justifica: “vamos lutar para os que têm mais chances de morrer tenham mais chances de viver”

 

Dr. Yglésio mostra indignação com os fura-fila que se aproveitam de terem prerrogativas profissionais, mesmo sem estar na linha de frente de serviços essenciais

O deputado estadual Dr. Yglésio (PROS) defendeu na manhã desta terça-feira, 1, a vacinação imediata de pessoas com maior vulnerabilidade social, no lugar de se priorizar categorias profissionais.

– Bora vacinar pobres, bora vacinar pobres, bora vacinar pobres – pregou ele, em suas redes sociais.

Em conversa com o titular do blog Marco Aurélio D’Eça, Ygl´[esio, que é médico, disse que ficou indignado ao ver que alguns políticos se utilizam dessas prioridades para furar a fila da vacinação com gente que não está na linha de frente, mas se beneficia das prerrogativas profissionais.

– Quem está em serviço essencial já foi vacinado. O que não pode é se aproveitar de um decreto para vacinar gente que está em casa apenas por ter diploma de profissão A ou de B – explicou.

Na avaliação do parlamentar, é preciso vacinar os mais pobres por que estes tês mais riscos de não sobreviver quando contaminados pela CoVIdf-19.

– Vamos lutar para os que têm mais chances de morrer tenham mais chances de viver – concluiu o deputados, nos posts de suas redes sociais.

1

Dr. Yglésio também defende vacinação de rodoviários…

Deputado ouviu categoria e entendeu a necessidade de imunização para os profissionais de 40 a 60 anos, o que já tinha sido cobrado também pelo vereador Marquinhos; prefeitura anunciou inclusão da categoria na vacinação contra a Influenza H1N1, mas não se manifestou sobre a CoVID-19

 

Yglésio pediu ao secretário Joel Nunes a inclusão de motoristas e cobradores na lista de prioridades da vacina contra a CoVID-19

O deputado estadual Dr. Yglésio (PROS) solicitou à Secretaria Municipal de Saúde, nesta segunda-feira, 10, a inclusão de  motoristas e cobradores do transporte público da capital, com idade entre 40 e 60 anos, fossem incluídos na lista de prioridades da vacinação contra a CoVID-19.

Há três semanas, o vereador Marquinhos (DEM) também já havia cobrado a imunização dos rodoviários de São Luís.

Dr. Yglésio ouviu representantes da categoria e entendeu a necessidade de vacinação. 

– Aquelas pessoas que trabalham nos ônibus estão expostas a um nível muito alto de se contaminar, de contaminar outras pessoas. E o pior é que não possuem proteção suficiente para evitar isso, podendo, inclusive, ajudar a propagar a doença na cidade – afirmou o deputado.

Motoristas de ônibus estão expostos sem nenhum tipo de proteção à CoVID-19,e precisam se virar como podem para escapar do coronavírus

A Prefeitura de São Luís incluiu  motoristas e cobradores anunciou nesta terça-feria, 11, a inclusão de caminhoneiros e trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano de longo curso na lista de vacinação contra a gripe influenza H1N1, que começa nesta terça-feira, 11.

Mas não se manifestou ainda sob re a vacinação deste público contra a CoVID-19…

1

Dr. Yglésio cobra de empresas a liberação de ônibus para evitar aglomerações

Deputado estadual diz que os tumultos dentro dos coletivos que circulam em São Luís são provocados pela pouca quantidade de veículos circulando; e cobra das autoridades e das concessionárias que corrijam o problema

 

No dia-dia da pandemia de coronavírus em São Luís as pessoas viajam assim, em veículos superlotados, mesmo com os riscos de colapso

Em mais um dos vídeos que publica em suas redes sociais na internet, o deputado estadual dr. Yglésio (sem partido) acusou as empresas de ônibus, nesta segunda-feiras, 22, de provocar aglomeração nas paradas e dentro dos coletivos.

Ele mostrou imagens das garagens das principais empresas de transporte coletivo de São Luís e afirmou que são mais de 830 veículos disponíveis para circulação na capital.

Na garagem de uma das principais empresas de São Luís era possível conferir, às 16h53 da última sexta-feria, 19, nada menos que 25 ônibus parados

Segundo ele, basta por todos os ônibus para circular que as aglomerações serão resolvidas.

– Fecharam as escolas, fecharam os restaurantes, agora finalmente acordaram para a lotação nos supermercados. Mas os ônibus, esses continuam lotados. E não é por falta de ônibus – afirmou o parlamentar.

Ele cobrou do governo, da prefeitura e do sindicato das empresa que ponham os ônibus nas ruas imediatamente.

0

Aglomerações continuam, mesmo com bares e restaurantes fechados

Deputado estadual Dr. Yglésio divulga vídeo em que mostra pessoas amontoadas em ônibus, supermercados, mercados, paradas e em vários outros ambientes; entidades do setor de comida fora do lar divulgam Carta Aberta às autoridades

 

O fechamento de bares e restaurantes na região da Grande São Luís – desde o dia 15 –  teve impacto apenas econômico,  para empresários e trabalhadores do setor.

As aglomerações continuam na ilha, mesmo sem shows, festas ou barzinhos.

O deputado estadual Dr. Yglésio (Pros) divulgou em suas redes sociais vídeo em que reúne imagens de ônibus, paradas de ônibus,. supermercados, feiras e lojas que mostram absoluta aglomeração em vários setores.

– Evite aglomerações, mas como? O caminho da CovID-19 pode terminar na minha família. E na sua também – alerta o parlamentar.

Esta semana, também, entidades ligadas ao setor de comida fora do lar emitiu Carta Aberta ás autoridades, em que criticam as aglomerações da época de campanha e denunciam falta de fiscalização em festas clandestinas.

– Afora querem um bode expiatório. É mais fácil fechar o setor que mais emprega no país do que fiscalizar adequadamente o cumprimento dos decretos – afirma o documento, assinado pelo Sindicato dos bares e Restaurantes e pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes.

1

Dr. Yglésio articula volta para o PDT…

Deputado estadual que se filiou ao PROS para disputar as eleições de 2020 mostra-se pouco vinculado ao programa do partido e pretende retornar à legenda pela qual se elegeu, reforçando a base do projeto pedetista de 2022

 

Dr. Yglésio e Weverton Rocha devem voltar à aliança no PDT; o deputado quer e o senador tem interesse

Eleito pelo PDT em 2018, candidato a prefeito de São Luís pelo PROS, em 2020, o deputado estadual Dr, Yglésio deve concorrer à reeleição pelo mesmo partido que lhe deu o primeiro mandato.

Pouco ligado ao programa do PROS no Maranhão, o parlamentar já engatou conversas com aliados e com líderes do PDT para retornar à legenda que o projetou na política.

É pelo PDT que ele pretende concorrer à reeleição em 2022.

A confirmação deste recasamento deve fortalecer ainda mais a bancada pedetista e o projeto do senador Weverton Rocha (PDT) para 2022.

E também fortalece o próprio projeto de reeleição de Dr. Yglésio…

2

Dr. Yglésio reafirma “abuso de autoridade” de Cláudio Guimarães

Deputado estadual diz que promotor que atua há anos numa espécie de cruzada contra eventos, bares e restaurantes “é conhecido pela abordagem autoritária”, além de estimular a truculência policial contra o cidadão

 

Sempre cercado por policiais militares, Cláudio Guimarães tem agido contra bares, restaurantes e casas de eventos em São Luís; mas sua ação é vista por truculenta pelo deputado Dr. Yglésio

O deputado estadual Dr Yglésio (sem partido) voltou a criticar duramente o abuso de autoridade cometido pelo promotor Cláudio Guimarães, que desenvolve cruzada contra eventos, bares, restaurantes e casas de shows em São Luís.

Na semana passada, Yglésio acusou Guimarães de abuso de autoridade e truculência,l o que gerou uma nota do promotor; a tréplica do parlamentar aponta ainda mais truculência no representante do Ministério Público.

– Cláudio Guimarães atribui a si mesmo um papel de ”debates de ideias”. Quem conhece a trajetória do promotor e por ele já foi abordado durante seu exercício profissional, sabe o quão afeito ao debate de ideias ele é. Várias vezes pudemos ver o debate de ideias do promotor em situações como a do Pirata da Litorânea e na demolição truculenta do Tiozinho no Barramar – provocou Yglésio.

A conhecida truculência do promotor Cláudio Guimarães já foi alvo também  de reprimenda do juiz Clésio Nunes, que impediu sua tentativa de barrar o reveillon de 2016, num despacho que repercutiu fortemente no Maranhão.

O promotor, que controla o exercício da atividade policial – e anda cercado de guardas nas abordagens em bares, restaurantes e casas de shows, está há uma vida nesta função, que aprece ter transformado em missão e vida.

Agora, encontrou no deputado Yglésio um forte opositor…