1

Maranhão se aproxima das mil mortes por coVID-19

No mesmo período em que o governo libera setores do comércio e municípios abrem ainda mais atividades – de restaurantes a igrejas, de academias a shoppings centers – estado está a pouco mais de 100 registros de chegar ao patamar simbólico e triste dos mais afetados pelo coronavírus

 

Quase mil famílias choram a morte de seus entes no Maranhão, enquanto as autoridades começam a afrouxar as regras para que tudo volte ao normal (imagem meramente ilustrativa)

Com 34 novos óbitos registrados nesta quarta-feira, 27, o Maranhão se aproxima da triste marca dos estados que já registraram mil mortes por coVID-19.

Agora já são 887, faltando 113 para atingir a desagradável marca.

Mas a triste meta se dá no momento em que tanto o Governo do Estado quanto as prefeituras começam a afrouxar as regras do isolamento social.

O governo já liberou setores do comércio regido por ambientes familiares e caminha para afrouxar mais ainda, a partir deste domingo, 1º de junho.

No interior, onde a coVID-19 já se alastra rapidamente, a liberdade está ainda maior.

Desde abril, alguns municípios já haviam liberados comércios de roupas e calçados, pequenos restaurantes e lanchonetes.

Em Imperatriz, a partir desta quinta-feira, 28, já estão liberados restaurantes e até shoppings center’s. (Entenda aqui)

O Número de contaminados pela coVID-19 em todo o Maranhão está se aproximando dos 30 mil casos confirmados.

Mais precisamente 27.979…

Marco Aurélio D'Eça

One Comment

Deixe uma resposta para Ribamar Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *