6

A ameaça de Flávio Dino e aliados ao povo de São Luís

Governador, ex-candidatos, parlamentares, secretários de governo e jornalistas ligados ao Palácio dos Leões tentam diariamente chantagear lideranças e eleitores a votar no candidato Duarte Júnior, sob pena de sofrer represálias

 

Dino tem usado todas as formas de ameaças – abertas e veladas – para tentar constranger o eleitor a votar em seu candidato em São Luís

As hostes do governador Flávio Dino (PCdoB) ultrapassaram todos os limites da democracia neste segundo turno em que o comunista decidiu apoiar o candidato Duarte Júnior (Republicanos).

Desde a declaração de apoio de Dino, ainda no domingo, 15, ele próprio, seus auxiliares, seus aliados e até jornalistas vinculados ao Palácio dos Leões passam o dia com ameaças aos que se decidiram por Eduardo Braide (PDT).

Primeiro foram os secretários Felipe Camarão (Educação) e Rodrigo Lago (Comunicação), que ameaçaram mandar pro inferno e tentaram colar em Braide a imagem de bolsonarista que o próprio Duarte assumiu em discurso.

Em seguida, o ex-candidato Rubens Júnior (PCdoB) ameaçou os eleitores de São Luís, dizendo que, sem Duarte, Dino não iria mais apoiar as ações da prefeitura na capital maranhense.

A atitude dos dinistas gerou reação até de aliados do próprio governo.

– Quer dizer que o governo pode abrigar na sua base toda espécie de fauna e flora da extrema-direita bolsonarista, mas ninguém tem o direito de ousar pensar diferente do chefe? – questionou o ex-secretário de Esportes Márcio Jardim.

Nesta segunda-feira, 23, a chantagem começou em blogs ligados ao Palácio, que replicaram ameaças abertas de demissões de auxiliares do governo que não declararam voto em Duarte Júnior.

A informação publicada nestes blogs dinistas servem, inclusive, de prova de uso da máquina em favor do candidato do Palácio dos Leões. (Veja aqui e aqui)

Mas mostra também até que ponto está disposto a ir Flávio Dino para manter, a qualquer custo, o poder político  em São Luís.

Numa grave ameaça às liberdades democráticas…

Marco Aurélio D'Eça

6 Comments

  1. Conheço uma pessoa que foi ameaçada de perder o emprego caso não vote no candidato mentiroso

  2. Aqui na minha cidade o Prefeito do PcdoB fez o mesmo com dezenas de pessoas contratadas, e que elas deveriam ser um cabo eleitoral sob pena de perder o contrato e, a maioria foram contratadas em plena pandemia para trabalhar nas escolhas quando estas estavam e permanecem fechadas até hoje. Porém as passeatas e festas regadas a muito álcool não faltaram e para essa esse tipo de político o que importa é usar o dinheiro público para arrecadar voto, jamais o bem-estar da população. E a população???? Quanto maior for a alienação, melhor para os comunas. não esqueço das falsas impressões midiáticas desse comunista ao falar de escola digna, quer seria tirar o maranhão do atraso educacional, nada disso aconteceu, e seria bom estes deputados honrarem o povo e verificar (quando? agora?? tudo fechado!!!!), que a maioria das pequenas cidades tem déficit no quadro docente em torno de 40 a 50%. Para esses comunistas o que importa é a maquiagem entregando diploma jamais educação. UMA PERGUNTA: SERÁ SE OS PASTORES QUE ESTÃO NO GOVERNO IRÃO APOIAR AS DIRETRIZES DO MANDATÁRIO???? ACHO QUE SIM, POR QUE SE HONRASSE O QUE PREGAM NÃO ESTARIA LÁ??V diretrizes do mandatário?? acho que sim se honrassem o que ´regam não estariam lá!

  3. Ninguem aqui tem medo de ameaças desse pilantra. Falta pouco pra nós darmos um chute na bunda desse vagabundo pra sempre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *