0

Marco Aurélio decide apoiar campanha por segundo turno em Imperatriz…

Pré-candidato a prefeito, que deve se transferir do PSB para o PCdoB, quer que o município supere o número mínimo de 200 mil eleitores até o dia 8 de maio, por que, segundo ele, a eleição majoritária terá mais legitimidade

 

Márcio Jerry e Marco Aurélio com o juiz Delvan Tavares no Fórum Eleitoral de Imperatriz: mais legitimidade à disputa pela prefeitura

O ex-deputado estadual e pré-candidato a prefeito de Imperatriz, Marco Aurélio (ainda no PSB) anunciou nesta terça-feira, 30, engajamento em favor da campanha pela meta de 200 mil eleitores no município até o dia 8 de maio; a superação dos 200 mil alistamentos eleitorais garante a possibilidade de segundo turno no município nas eleições de outubro;

Marco Aurélio é o primeiro pré-candidato a prefeito a se manifestar publicamente em favor da campanha, que vinha sendo restrita a manifestações da imprensa e  própria Justiça Eleitoral.

Em meados de janeiro, este blog Marco Aurélio d’Eça levantou questão sobre a participação dos prefeituráveis no debate sobre a meta eleitoral de Imperatriz no post “Pré-candidatos a prefeito ignoram campanha por segundo turno inédito em Imperatriz…”. 

A viabilização do segundo turno tornará as campanhas majoritárias mais legítimas, uma vez que, no mínimo, o vencedor terá 50% mais um dos votos válidos”, justificou o ex-deputado.

Marco Aurélio esteve no Forum Eleitoral de Imperatriz acompanhado do deputado federal Márcio Jerry, presidente regional do PCdoB, partido no qual o ex-deputado deve se filiar nos próximos dias; as duas lideranças políticas reuniram-se com o juiz eleitoral Delvan Tavares.

A expectativa do TRE é que os demais pretendentes à Prefeitura também manifestem apoio à campanha…

0

Pré-candidatos a prefeito ignoram campanha por segundo turno inédito em Imperatriz…

Embolados na disputa da liderança na casa dos 25% das intenções de votos – o que garantiria a vitória simples ao que tiver maior número de votos – os deputados Josivaldo JP e Rildo Amaral, além do ex-deputado Marco Aurélio, demonstram pouco interesse em uma eleição com dois turnos o que tornaria imprevisível o resultado no município

 

Josivaldo JP, Rildo Amaral e Marco Aurélio podem vencer por maioria simples; por isso não estimulam o alistamento eleitoral, que pode garantir segundo turno em Imperatriz

Os pré-candidatos a prefeito de Imperatriz têm passado longe da campanha da Justiça Eleitoral pela conquista da prerrogativa de ter, pela primeira vez, a realização de um segundo turno nas eleições de outubro; enquanto juízes eleitorais e imprensa tentam estimular o eleitor a tirar o título, o deputado federal Josivaldo JP (PSD), o estadual Rildo Amaral (PP) e o ex-deputado Marco Aurélio (PSB) parecem fazer de conta que a questão não é com eles.

Imperatriz está a pouco mais de 10 mil eleitores para se tornar a segunda cidade no Maranhão a ter a possibilidade de segundo turno nas eleições municipais; para alcançar a meta até o dia 8 de maio, o TRE-MA lançou o projeto “Voto Jovem”, que não tem apoio de nenhum dos principais pré-candidatos, pelo menos em suas páginas nas redes sociais.

Este blog Marco Aurélio d’Eça acionou os três principais candidatos por intermédio de suas redes sociais e aplicativos de troca de mensagens, com o seguinte questionamento:

– O senhor tem interesse em um segundo turno em Imperatriz? Isso é relevante para o senhor ou acha que pode atrapalhar seu projeto eleitoral? Apenas Rildo Amaral respondeu ao questionamento do blog.

– O interesse é de todos os imperatrizenses. Tenho motivado e incentivado nossos jovens; mais importante que a disputa é a cidade – afirmou Amaral; mas em suas redes sociais não há qualquer menção ao projeto do TRE e muito menos alusão á possibilidade de segundo turno em Imperatriz.

Nem Josivaldo JP, nem Marco Aurélio responderam ao questionamento deste blog.

A disputa em Imperatriz está acirrada entre Amaral e Josivaldo JP, ambos girando na casa dos 25%, com diferença mínima entre eles, segundo a pesquisa DataM divulgada no final de dezembro, quando ainda não havia exigência de registro; isso significa que, se não houver segundo turno, quem conseguir mais votos será automaticamente eleito.

Obviamente que esta possibilidade de matar a eleição em primeiro turno mesmo com um mínimo de votos leva os pré-candidatos a nem cogitar a realização de dois turnos.

Por isso ignoram a luta das autoridades eleitorais para convencer o eleitor de que os dois turnos é vantajoso para a democracia da cidade…

0

Eleitores de 16 a 18 anos podem garantir segundo turno em Imperatriz…

Estudo realizado pelo jornalista Isaias Rocha aponta que o município tem hoje nada menos que 13.170 eleitores nessa faixa etária que ainda não tiraram o título na Justiça Eleitoral; para alavancar a meta de dois turnos na cidade são necessários acrescentar ao colégio eleitoral imperatrizense mais 10.190 eleitores até o dia 8  de maio, prazo final para alistamento eleitoral

 

TRE-MA tem estimulado o alistamento eleitoral de jovens imperatrizenses, mas a classe política parece não interessada neste mecanismo

O blog do jornalista Isaias Rocha apresentou levantamento nesta segunda-feira, 15, mostrando que mais de 13 mil jovens entre 16 e 18 anos ainda não tiraram o título de eleitor no município de Imperatriz; para garantir segundo turno nas eleições de outubro, o município precisa alistar mais 10.120 eleitores até o dia 8 de maio.

Para chegar a esse número, Rocha cruzou os dados do Censo do IBGE divulgado em 2022 – que registrou 22.114 cidadãos com idade entre 15 e 19 anos – e o total de eleitores nesta faixa etária nas eleições de 2022, que foi de 8.944 nas últimas eleições; o resultado é o total de 13.170 jovens que estão aptos a tirar o título, mas ainda não foram à Justiça Eleitoral. (Saiba mais aqui)

Este blog Marco Aurélio d’Eça publicou na quinta-feira, 11, balanço do Tribunal Regional Eleitoral mostrando que Imperatriz fechou dezembro, com 189.881 eleitores, ou 10.120 a menos do que o necessário para garantir dois turnos de votação em outubro.

Ou seja, se o TRE-MA conseguir levar todos os jovens de Imperatriz a tirar o Título de Eleitoral, a meta de 200 mil mais um eleitor será superada.

A Justiça Eleitoral implantou desde o ano passado em Imperatriz o projeto “Voto Jovem”, que visa justamente estimular o eleitor entre 16 e 18 anos a tirar o título; além disso, o tribunal tem estimulado a transferência de domicílio de imperatrizenses que moram fora da cidade e a regularização de títulos eventualmente cancelados.

Caso consiga superar os 200 mil eleitores, Imperatriz será a segunda cidade do Maranhão a ter primeiro turno; a primeira, e única, até agora, é São Luís, que tem essa prerrogativa desde a implantação deste sistema, ainda na década de 1990.

Se a meta não for atingida até maio, o segundo turno em Imperatriz só será possível em 2028…

0

Imperatriz está a cerca de 10 mil eleitores para realização de inédito 2º turno

Contagem do TRE iniciada após exclusivo estudo deste blog Marco Aurélio d’Eça, que mostrou a possibilidade de o município superar a marca dos 200 mil eleitores na sucessão municipal de 2024, registrou em dezembro quase 190 mil eleitores; alistamento eleitoral vai até o dia 8 de maio

 

Imperatriz pode ser a segunda cidade maranhense a realizar eleições municipais em dois turnos; no Maranhão, só São Luís tem esta prerrogativa

Este blog Marco Aurélio d’Eça publicou em 29 de junho de 2023 o Ensaio “Com mais de 182 mil eleitores, Imperatriz está prestes a ter segundo turno pela primeira vez em sua história…”.

De lá para cá, o Tribunal Regional Eleitoral iniciou uma campanha de alistamento eleitoral no município para superar os 200 mil eleitores até o dia 8 de maio; com 200 mil mais um eleitor, as eleições de Imperatriz passam a ser realizadas em dois turnos.

Pelo balanço do TRE, o total de eleitores no município em dezembro chegou a 189.881, um crescimento de 7.276 eleitores em seis meses, baixo para a expectativa do tribunal.

Por isso, o TRE lançou o projeto “Voto Jovem”, com o objetivo de estimular a retirada de títulos, estimular a transferência de domicílio eleitoral para a cidade e reabilitar títulos cancelados.

Para alcançar a meta, Imperatriz precisa de exatos 10.120 eleitores.

Número que precisa ser alcançado nos próximos quatro meses…

0

Diferença de Braide para Duarte em eventual segundo turno cai para menos de 8 pontos…

Pesquisas do Instituto Três, divulgada nesta segunda-feira, 20, pela TV Difusora, mostra o afunilamento da distancia pontual se houvesse uma disputa tête-à-tête entre os principais opositores da sucessão em São Luís

 

Braide mantém condição de vitória sobre Duarte Júnior em eventual segundo turno, mas a distância entre os dois vem diminuindo

O Instituto Três Pesquisas fez simulação de segundo turno entre os dois primeiros colocados na disputa pela Prefeitura de São Luís – o prefeito Eduardo Braide (PSD) e o deputado federal Duarte Júnior (PSB).

De acordo com o levantamento, divulgado nesta segunda-feira, 20, pela TV Difusora, Braide sairia vencedor com 43,1% dos votos, contra 35,3% dados a Duarte Júnior; essa distância, agora de 7,8 pontos percentuais, já foi maior.

Duarte vem diminuindo a diferença para Braide, o que pode ser ainda mais significativa a partir do ano que vem, se ele viabilizar mesmo a aliança em toda a base do grupo do ministro Flávio Dino e na base do governador  Carlos Brandão (ambos do PSB).

Para contrapor esta força, Braide começa a se mover, chamando partidos para compor sua gestão.

Já tem o PSD, o PMN e o PRB; e busca o MDB, hoje dividido entre o deputado federal Cleber Verde e o grupo do governador  Carlos Brandão…

0

Com Fábio Câmara, PDT pode garantir o segundo turno em São Luís…

Candidatura do suplente de deputado federal é vista até por adversários como fundamental para consolidar a disputa em duas rodadas nas eleições de 2024 e quebrar o favoritismo do prefeito Eduardo Braide, que trabalha para vencer em primeiro turno; e devolve ao partido, novamente, a condição de protagonista na capital maranhense

 

Fábio Câmara recebeu o aval e Weverton Rocha para se movimentar no PDT; e alcançou exposição maior que a de todos os pré-candidatos

Análise da Notícia

Nenhum outro pré-candidato a prefeito de São Luís alcançou o nível de exposição midiática e política que o suplente de deputado federal e “pré-pré-candidato” do PDT, Fábio Câmara, alcançou nas últimas semanas.

O termo “pré-pré-candiato é usado pelo próprio Câmara, para justificar que só ganhará a condição de pré-candidato quando “receber a outorga de autorização” do próprio PDT.

Apresentado como opção a partir de uma conversa com o senador Weverton Rocha, em Brasília, divulgada neste blog Marco Aurélio d’Eça, Câmara ganhou a mídia em todos os seus segmentos; foi parabenizado, ovacionado, destacado, criticado e até vilipendiado.

Mas ocupou espaços importantes entre os nomes da disputa.

Ao que tudo indica, com todas as dificuldades enfrentadas pelos interessados em concorrer à Prefeitura de São Luís, a disputa deve se resumir mesmo entre quatro nomes: Eduardo Braide (PSD), Duarte Júnior (PSB), Edivaldo Júnior (sem partido) e alguém que consiga a chancela pedetista, capaz de influenciar diretamente o segundo turno.

A ressignificação do PDT em São Luís pode levá-lo de volta ao protagonismo vivido nas eleições municipais nos últimos 35 anos

O PDT viveu dois momentos nessa pré-campanha:

Primeiro, a possibilidade de repetição da aliança de 2020 com o deputado Neto Evangelista (União Brasil), hipótese descartada com o afastamento do próprio parlamentar, que optou pela base de Carlos Brandão (PSB); a outra possibilidade seria o presidente da Câmara Municipal, Paulo Victor (PSDB), mas este optou por sair da disputa.

O nome de Fábio Câmara surgiu exatamente no momento de desistência de Paulo Victor, ganhou as bases pedetistas, alcançou históricos importantes e recebeu a chancela do senador Weverton Rocha, além do aval do presidente municipal Raimundo Penha.

Com a militância pedetista histórica e a experiência de ter vencido todas as eleições em São Luís nos últimos 35 anos, o PDT pode, em 2024, definir exatamente se haverá ou não segundo turno na capital maranhense.

Com amplas chances de estar novamente presente…

0

TRE-MA tem estratégia para alcançar 200 mil eleitores em Imperatriz

Tribunal Regional Eleitoral atua em parceria com partidos políticos para estimular o jovem a tirar o título e para regularizar a situação de eleitores com alistamento cancelado o que pode permitir alcançar a meta de 15 mil novos eleitores até maio do ano que vem, total que falta – pelos números de hoje – para que o município possa ter segundo turno nas eleições do ano que vem

 

O TRE-MA lançou o projeto “Voto Jovem” em Imperatriz, para estimular o alistamento eleitoral e garantir 200 mil eleitores no município até maio de 2024

O Tribunal Regional Eleitoral entrou na missão de fazer de Imperatriz o segundo município do Maranhão apto a ter eleições em dois turnos; atualmente, apenas a capital maranhense pode realizar segundo turno eleitoral.

Para ter a condição de realizar eleições em dois turnos, o município precisa ter 200 mil eleitores.

A possibilidade de Imperatriz se habilitar foi levantada, com exclusividade, por este blog Marco Aurélio d’Eça, no post “Com mais de 182 mil eleitores, Imperatriz poderá ter segundo turno pela primeira vez em 2024…”

Desde então, a classe política e as autoridades eleitorais estão se mobilizando para que esta meta seja alcançada.

À época do post deste blog Marco Aurélio d’Eça, era preciso que o eleitorado de Imperatriz ganhasse exatos 17.396 novos eleitores até maio do ano que vem; pelos números do TRE-MA do início de outubro, esta meta baixou para pouco mais de 15 mil.

Para convencer o eleitor de 16 a 18 anos a se alistar na Justiça Eleitoral, o TRE lançou o projeto “Voto Jovem”. Além disso, em parceria com os partidos políticos, está estimulando imperatrizenses a transferir seu domicílio eleitoral para a cidade; também faz levantamento para tentar reabilitar títulos cancelados.

Caso registre mais de 200 mil eleitores em maio de 2024, o município de Imperatriz poderá ter eleições com dois turnos, se o primeiro colocado não alcançar no primeiro turno 50% mais um dos votos válidos.

Esta possibilidade deve acirrar a disputa eleitoral pela prefeitura, como também já mostrou o blog Marco Aurélio d’Eça, no post “Possível segundo turno em Imperatriz pode ser vantagem para Josivaldo JP…”

0

Temendo segundo turno com Neto Evangelista, Eduardo Braide tenta apoio do MDB

Candidato do União Brasil mantém forte relação com os deputados federais Roseana Sarney e Aluísio Mendes, e mantém a disposição de diálogo com todos os pré-candidatos na capital maranhense, à exceção do atual prefeito

 

Roseana recebeu Neto Evangelista e mantém boa relação com o deputado estadual

O titular deste blog Marco Aurélio d’Eça teve acesso exclusivo a pesquisas realizadas por dirigentes de partidos que apontam O deputado estadual Neto Evangelista (União Brasil) como o candidato que pode tirar a Prefeitura de São Luís de Eduardo Braide (PSD).

dentre os nomes até agora avaliados em pesquisas, Neto é o candidato mais bem avaliado em uma hipótese de segundo turno nas eleições de 2024.

Neste cenário, as pesquisas indicam uma alta rejeição do deputado federal Duarte Júnior (PSB), se comparado com outros candidatos. Vale destacar que Duarte ainda não recebeu aval do seu partido, o PSB, para oficializar sua pré-candidatura.

O deputado é o único pré-candidato da base governista que já tem o aval dos eu partido, o União Brasil, para concorrer em São Luís

Aliado do governador Carlos Brandão, Evangelista é o único pré-candidato oficial a prefeito de São Luís, já anunciado pelo próprio partido.

O deputado tem se movimentado na classe política e demonstrado boa relação com figuras importantes como os deputados federais Roseana Sarney (MDB) e Aluísio Mendes (Republicanos).

Neto Evangelista chegou a afirmar que existe possibilidade de aliança com todos os candidatos que disputam a Prefeitura de São Luís, com exceção do atual prefeito. Ele chegou a divulgar em suas redes sociais reunião com o presidente da Câmara de São Luís, vereador Paulo Victor (PSDB), que já anunciou a retirada da sua candidatura.

Aluísio mendes também já recebeu Neto Evangelista para conversas políticas relacionadas às eleições de 2024

Nas eleições de 2020, Neto Evangelista obteve mais de 83 mil votos para prefeito de São Luís, ficando em terceiro lugar na disputa.

O parlamentar foi fator decisivo na vitória do atual prefeito Eduardo Braide, quando o apoiou na disputa do segundo turno com Duarte Júnior.

0

Pesquisa aponta segundo turno em São Luís…

Faltando exatamente um ano para as eleições de 2024, Instituto Paraná confirma o prefeito Eduardo Braide e o seu principal adversário, Duarte Júnior, estagnados, na casa dos 30% e dos 20%, respectivamente, com um segundo pelotão ainda bem distante dos dois, mas com percentual de indecisos ainda apontando para possibilidade de disputa no segundo lugar

 

Faltando um ano para as eleições municipais,  a mais nova pesquisa do Instituto Paraná encontrou um cenário de segundo turno em São Luís, com os dois principais candidatos – Eduardo Braide (PSD) e Duarte Júnior (PSB) – estagnados, mas bem à frente dos adversários.

Braide aparece com 34,8% das intenções de votos, praticamente o mesmo registrado em outras pesquisas ao longo de 2023; Duarte surge com 22,6%, também o mesmo índice histórico, este registrado desde 2020.

O blog marco Aurélio d’Eça já havia apontado estra tendência de estagnação de Braide e Duarte, em post do dia 20 de setembro, intitulado “Eduardo Braide e Duarte Júnior estagnado nas pesquisas…”.

Os dois principais adversários, no entanto, estão bem à frente dos adversários.

O ex-prefeito Edivaldo Júnior (Sem partido) aparece em terceiro lugar, com 11,4%; depois dele, nenhum outro candidato alcançou a marca dos dois dígitos.

Neto Evangelista (União Brasil) aparece com 6,2% das intenções de votos, seguido de Wellington do Curso, com 5,3%, Paulo Victor com 3,7% e Dr. Yglésio com 3,5%; o nome de Paulo Victor ainda aparece por que o levantamento foi feito antes do anúncio de sua desistência.

A um ano do pleito, São Luís ainda registra 12,6% de eleitores que não souberam ou não quiseram responder, anunciam votar em branco ou nulo no pleito de 2024, percentual que aponta, ainda, a possibilidade de uma briga por uma segunda vaga no segundo turno contra Braide.

O Instituto Paraná ouviu 722 eleitores em São Luís, entre os dias entre os dias 28 de setembro e 1º de outubro. 

A margem de erro é de 3,7 pontos percentuais, para mais ou para menos…

0

Possível segundo turno em Imperatriz pode ser vantagem para Josivaldo JP…

Deputado federal que alterna a liderança na disputa com o candidato governista Rildo Amaral, dependendo da pesquisa, poderia se fortalecer em um confronto direto, com apoio de outras forças políticas regionais

 

Josivaldo é o nome mais bem posicionado entre os oposicionistas em Imperatriz e pode ser favorecido com um inédito segundo turno na cidade

Um dos trunfos que o deputado federal Josivaldo JP (PSD) conta para suplantar a força do Governo do Estado na disputa pela Prefeitura de Imperatriz é a possibilidade de o município ter, pela primeira vez, segundo turno nas eleições municipais.

Em junho, este blog Marco Aurélio d’Eça revelou, em primeira mão, em maio, que Imperatriz precisaria de menos de 18 mil novos eleitores para ter segundo turno pela primeira vez em sua história.

– Nas últimas eleições, em 2022, Imperatriz apresentou eleitorado de 182.605 eleitores; estaria, portanto, a 17.396 eleitores para ter, pela primeira vez, segundo turno nas eleições de prefeito – disse este blog.

Esta perspectiva torna-se ainda mais real diante do crescimento do eleitorado local, que apresentou média de 7,9% entre 2020 e 2022; se a média dos últimos anos for mantida, o município terá a possibilidades duas rodadas nas eleições de 2024.

O alistamento eleitoral para as eleições do ano que vem deve ser encerrado lá por volta do mês de maio.

Em um confronto direto com o candidato do governo Rildo Amaral (PP) – com quem alterna a liderança nas pesquisas – Josivaldo poderia contar com outras forças políticas regionais.

E é exatamente com esta possibilidade que o PSD já trabalha…