3

“Onde as mãos do conhecimento não chegam, o braço da criminalidade predomina”, afirma Wellington ao cobrar ações para a educação

Deputado faz referência ao Dia da Escola e cobra ações para a educação em São Luís

 

Wellington: ação pela Educação

Wellington: ação pela Educação

Durante a sessão plenária desta terça-feira, 15, o deputado estadual Wellington do Curso (PPS) utilizou a tribuna da Assembleia Legislativa do Maranhão para fazer referência ao dia da escola, comemorado hoje, e à precariedade das escolas públicas do Maranhão e, por conseguinte, à falta de atenção, segundo ele, com que a educação tem sido tratada nos municípios.

Ao se pronunciar, Wellington mencionou diversos pontos que clamam por atenção quando o assunto é educação, a exemplo da infraestrutura e da segurança nas escolas.

Hoje é o dia da escola, instituição essa de função essencial em nossa sociedade. A escola é o ambiente em que pobres e ricos encontram o meio que o permitirá concretizar seus sonhos: o conhecimento. Diante de tamanha importância, esperaríamos, no mínimo, a existência de escolas com uma boa infraestrutura e, ao menos, com segurança. Infelizmente, não é o que acontece. Quando o assunto é educação, nós ainda somos analfabetos. Exemplo disso é a constante prática de atos de vandalismo, além dos números que revelam que ainda há um enorme abismo entre o ensino público e o ensino particular”, lamentou.

O deputado Wellington fez, ainda, referência às ações da Gestão Municipal que evidenciam que a educação não é ainda tratada como prioridade, o que para ele precisa ser alterado urgentemente.

Estamos em um cenário em que enquanto as escolas não recebem atenção, outros setores esnobam recurso público. A educação tem suas ‘etapas’, sendo válido citar o ensino infantil, fundamental, médio e superior. Temos, assim, ‘degraus’. Não há como cogitar que alguém ingresse no Ensino Superior sem ter passado pelo Ensino Médio, fundamental e infantil. No entanto, tal lógica, por mais óbvia que seja, parece fugir do conhecimento de alguns Prefeitos. Prova disso ocorre quando há a reforma de uma praça e se abandona uma creche que, aliás, é a única de uma capital de estado. Não estamos aqui contra a reforma de praças. As praças realmente devem ser reformadas, mas educação deve ser prioridade. Não podemos esquecer que ‘onde as mãos do conhecimento não chegam, o braço da criminalidade predomina’, talvez seja por isso que estamos perdendo nossos jovens para a violência”, declarou o deputado, que é membro da Comissão de Educação da Assembleia.

Marco Aurélio D'Eça

3 Comments

  1. BOM DIA. O MARANHÃO NÃO ESTÁ INDO BEM……E ESSE GOVERNO TEM TUDO PRA SER DE UM MANDATO. POR QUÊ? O GOVERNADOR FLÁVIO DINO PENSA QUE ELE PODE GOVERNAR O MARANHÃO, COMO SE ELE AINDA FOSSE JUIZ EM ATIVIDADE. ELE TEM QUE APRENDER A CONTRUIR VÍNCULOS, PARCERIAS, PASSAR POR CIMA DE RANCORES, DE VAIDADE, DE EGO ELEVADO. SE ELE QUER PASSAR A IMAGEM DE UM GOVERNADOR ÉTICO E CORRETO, POIS QUE ASSIM DEMONSTRE NA PRÁTICA EM TUDO, NÃO SÓ EM DETERMINADAS CONVINIÊNCIAS, QUE NÃO APOIE A PRESIDENTE DILMA, QUE AFUNDOU NOSSO PAÍS, QUE REPRIMA SEU SECRETÁRIO DE ESPORTE, QUE ABUSOU DO PODER PARA MASSACRAR OS MAIS HUMILDES EM MANIFESTAÇÃO, QUE CONCLUA AS OBRAS INICIADAS PELO GOVERNO PASSADO, QUE AO INVÉS DE GASTAR MILHÕES DE REAIS PARA FORTALECER SEUS ALIADOS E PERSEGUIR QUEM NÃO OS APOIOU, QUE ELE GASTE EM ESTRADAS, INVISTA EM SAUDE, NA SEGURANÇA, NA EDUCAÇÃO, QUE DESAPEGUE DO PASSADO E SE DESTAQUE POR FAZER UMA MUDANÇA E NÃO DE ” FAZER O QUE NÃO FIZERAM”. QUALQUER CIDADÃO PODE ANALISAR O CENARIO POLÍTICO DO MARANHAO, POR QUÊ DA CLASSE POLÍTICA, NÃO ACHA-SE UM ADMIRADOR DO GOVERNADOR FLÁVIO DINO? PORQUE NINGUÉM APROVA A FORMA PERSEGUIDORA E INTIMIDATÓRIA DELE DE GOVERNAR, NINGUÉM QUER VIVER EM DITADURA, TODOS DESAPROVAM A FORMA PERSEGUIDORA DE GOVERNAR, PORÉM ENCONTRAMOS MUITOS E MUITOS QUE O APLAUDEM E O ELOGIAM EM SUA FRENTE, POR PURO MEDO, POR RECEIO DE NÃO CHEGAR SUA VERBA, DE NÃO SER BENEFICIADO DE ALGUMA FORMA OU ATÉ MESMO DE SER CHAMADO PARA ” AS COMIDAS”, POR SEU SECRETÁRIO , A MANDO DELE. O EX GOVERNADOR E QUEM FEZ FLÁVIO DINO JÁ DEU UM ALERTA SOBRE SUA PÉSSIMA ARTICULAÇÃO POLÍTICA, UM ALERTA AMIGÁVEL, PORÉM FOI IGNORADO. E ONTEM O QUE OCORREU? VEJA QUEM A ALIADA DO GOVERNADOR, A PRESIDENTA DILMA, FOI PROCURAR PARA ACONSELHAR-SE? JOSÉ SARNEY….ENTENDEM POR QUÊ? Mesmo sabendo que ele fez pelo Ma, que poderia ter feito muito mais, ele soube construir uma longa estrada política e se manteve, pois tem características fundamentais para um político bem sucedido, humildade, sabe escutar, sabe construir , não se deixa levar por politicagem barata , porque José Sarney RESPEITA a todos, jamais ele agiria como Flavio Dino agiu com Maura Jorge em Lago da Pedra, de bater boca com uma mulher, uma representante de uma população do município o qual ele estava, jamais ele usaria seu cargo para humilhar um ser humano da forma que o Governador tentou fazer com a Prefeita. O MARANHÃO PRECISA DE UM GOVERNADOR REALMENTE DE TODOS, QUE SEJA TESTADO, APROVADO E APLAUDIDO POR TODOS. UM GOVERNADOR QUE SEJA ORGULHO PARA TODOS, QUE SUA REDE SOCIAL SEJA REPLETA DE RECONHECIMENTO E ELOGIOS, BEM DIFERENTE DA ATUAL CONJUNTURA.

  2. Há muito tempo as escolas agonizam em São Luís, o caos se instalou e não parece haver solução vai desde problemas estruturais a problemas com a merenda escolar, aliás, o o prefeito Edivaldo já está na reta final do governo e não teve coragem de fazer licitação para contratar outra empresa para fornecer uma merenda de melhor qualidade só pra ter uma ideia até café (capuccino) com pão já foi distribuída na gestão dele, sem falar que a empresa é a mesma dede a época de Tadeu Palácio, ou seja, todo esse tempo sem uma renovação, outra coisa não sei se é do conhecimento da Semed o valor que é repassa do para as merendeiras que trabalham 8 h por dia, que não chega a R$ 700,00, ou seja, menos de um salário mínimo e quando há greve de professores os dias sem trabalho são descontados, sem as mesmas tenham culpa, essa semana da paralisação elas terão esse desconto, injusto, já que não acontece com as de serviços gerais também terceirizadas, Moacir por favor olhe para as merendeiras que são exploradas pela SP alimentos, seja justo, ou então faça concurso público para contratar merendeiras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *