2

Adjunta da SEAP é citada em relatório da Polícia Federal…

Camila Neves – alvo de polêmica por postar foto em Massachusetts mesmo vinculada à secretaria – acobertou ações de Danilo dos Santos, preso na Operação Turing

 

Camila com uma amiga, em Massachusets, EUA, enquanto mantinha vínculo com a SEAQP

O nome da ex-subsecretária Camila Neves é citado em investigações da Polícia Federal a respeito da criação de um esquema de apadrinhamento montado pelo ex-secretário adjunto de Administração, Logística e Inovação Penitenciária da Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (Seap) Danilo dos Santos.

Danilo dos Santos foi preso na operação Turing, sob acusação de fraude licitações na pasta e de vazar informação da própria Polícia Federal.

Ao relatar a situação de Danilo dos Santos, a PF diz que Camila Neves, enquanto subsecretária, tinha conhecimento da situação irregular de Danilo dos Santos – que trabalhou por meses, mesmos em ser nomeado.

– Ainda no que concerne às personagens atuantes na secretaria em destaque, exsurgiu na investigação a senhora Camila Neves em fatos cujas circunstâncias denotam conhecimento, conivência e/ou até mesmo, possível conluio com o investigado DANILO, à época em que ela ocupou o cargo de Subsecretária da SEAP/MA – diz a PF.

E mais: que ela atuou em conluio com o então subordinado para encobrir sua situação, até mesmo prestando informações falsas em documento público sobre a real situação funcional do ex-adjunto.

Com informações de O EstadoMaranhão

Marco Aurélio D'Eça

2 Comments

  1. Um curso , dependendo qual seja, na velha Cambridge em Massachusetts não sai por menos de U$ 68 000,00 anuais.
    Fora é claro passagens, hospedagem e outras coisas. Podemos definir o custo de um curso desses em cerca de U$ 140 000,00 anuais, ou seja:uns R$ 45 000,00 por mes.
    Resta saber quem pagou?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *