4

A rejeição de Roseana; a rejeição de Flávio Dino…

Equívoco equiparar a antipatia histórica que o eleitor tem da ex-governadora, fruto da hegemonia do grupo Sarney, com a do atual governador, resultado direto da decepção e da frustração da mudança há quatro anos

 

DIFERENTES MOTIVOS. Roseana tem rejeição histórica; Dino enfrenta decepção do eleitor que apostou na mudança

O governador Flávio Dino (PCdoB) e a ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) aparecem como os mais rejeitados do maranhense para as eleições de 2018.

Mas é um equívoco comparar a rejeição de Roseana à de Dino.

Historicamente, Roseana sempre teve rejeição na casa dos 30%, 35%, muito disso fruto da longevidade do grupo Sarney no poder. Mesmo assim, ela elegeu-se deputada federal, senadora e quatro vezes governadora do Maranhão.

Flávio Dino, não.

O governador foi eleito em 2014 como a expectativa de mudança política no Maranhão, alcançando nada menos que 65% dos votos.

Quatro anos depois, apresenta rejeição na casa dos 26%.

Significa dizer que, de cada quatro eleitores maranhenses, pelo menos um declara não votar mais no comunista nem que a vaca tussa.

É por este aspecto que não dá para comparar a rejeição de Flávio Dino à de Roseana.

A dela é histórica, como resposta á hegemonia do grupo Sarney.

A dele é de decepção, frustração da esperança depositada em 2014.

Simples assim…

Marco Aurélio D'Eça

4 Comments

  1. Analise, pífia de quem se diz “analista” de política. A rejeição de Roseana, nada tem haver com a “longevidade” do grupo a qual ela representa. Mas, sim, das gestões fracassadas no comando do executivo estadual. Se ela, tivesse gestões ótimas, de grande impacto social, econômica, nas mais diferentes áreas…o tal “grupo” estaria ai, escrevendo história. Quanto a FD, sofre com suas percepções e erros. SIMPLES ASSIM!

  2. eu acho que Rosiana ainda será a melhor opção para o Maranhão ela já mostrou pó a mais b que pode mudar como já fez outras​vezes

  3. Eu votei em Dino, mas te confesso que estou profundamente decepcionado com a forma com que o nosso Estado está sendo administrado. Não que Roseana e o clã Sarney sejam os “salvadores da pátria”, não se trata disso. Sou à favor de uma terceira via para o Maranhão.

  4. Eu rejeito os dois porque o ideal seria que os políticos não se perpetuassem no poder,;fossem de um mandato só, a política brasileira está assentada na corrupção de seus militantes e longevidade em cargos públicos ajuda a fortalecê-lá. Espero que nem ele nem ela, nem Lula consigam se eleger mais para nenhum cargo público

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *