0

Yglésio denuncia DataIlha à Justiça Eleitoral…

Pré-candidato do PRTB a prefeito de São Luís aponta “números completamente conflitantes com levantamentos anteriores”, com indícios “altamente sugestivos” de manipulação com objetivo de influenciar o processo eleitoral

 

Yglésio vê discrepâncias nos números divulgados nesta segunda-feira, 22, pelo Instituto DataIlha, que causaram controvérsia em São Luís

O deputado estadual Dr. Yglésio Moyses, pré-candidato do PRTB a prefeito de São Luís, acionou a Justiça Eleitoral nesta segunda-feira, 22, para ter acesso ao inteiro teor do registro da pesquisa do Instituto DataIlha sobre a preferência do eleitorado na capital maranhense.

Divulgados nesta segunda-feira, 22, os números do DataIlha causaram polêmica ao reduzir drasticamente os índices de intenção de votos de três candidatos – incluindo o próprio Yglésio – em comparação com pesquisas que vêm sendo divulgadas desde o ano passado. 

Não faz sentido que índices consolidados desde o ano passado, e repetido sistematicamente, com pequenas diferenças, por diversos institutos, desapareçam de uma hora para outra, sem que haja qualquer fato novo”, ponderou Yglésio.

  • a pesquisa DataIlha sugere que os números reduzidos de Yglésio e dos candidatos Fábio Câmara (PDT) e Wellington do Curso (Novo) inflaram os índices da ex-governadora Roseana Sarney (MDB), que nunca falou em candidatura;
  • por outro lado, candidatos como Duarte Jr. e Eduardo Braide mantiveram os índices intactos, inclusive com crescimento, o que gerou a controvérsia em relação à pesquisa e às suspeitas de tentativa de influenciar o processo.

Pra Yglésio, a presença de Roseana no levantamento não teria o poder de mudar drasticamente os números por que a ex-governadora já havia aparecido em outras pesquisas sem uma discrepância tão significativa quanto esta do DataIlha.

São números completamente conflitantes com levantamentos anteriores; altamente sugestivos”, frisou o pré-candidato.

Em caso de punição do TRE-MA, o Instituto DataIlha pode ser multado e até mesmo proibido de realizar novos levantamentos nestas eleições.

O processo do PRTB na Justiça Eleitoral está protocolado com o número 0600039-17.2024.6.10.0002.

0

Forçando a barra por Roseana, DataIlha manda recados…

Em meio às convenções eleitorais, pesquisa financiada pelo próprio instituto desidratada candidatos e aponta para uma vitória de Braide em primeiro turno, como se quisesse dizer aos partidos os caminhos a seguir na sucessão municipal

 

O nome de Roseana faz todos os candidatos caírem, à exceção de Eduardo Braide e de Duarte Jr.; será porquê?!?

Análise da Notícia

Desde que registrou sua pesquisa na Justiça Eleitoral o Instituto DataILha gerou polêmica na campanha de São Luís, sobretudo por incluir a ex-governadora Roseana Sarney (MDB) no rol de candidatos, como revelou este blog Marco Aurélio d’Eça no post “Roseana vira factoide nas eleições de São Luís…”.

Este blog Marco Aurélio d’Eça começou a investigar interessados no levantamento e chegou à informação de que o nome de Roseana era uma estratégia para alavancar a própria empresa que passa por reformulação administrativa, o que foi contado no post “Pesquisa com nome de Roseana é jogada de marketing do DataIlha…”.

Mas a divulgação dos números mostra que a presença de Roseana é bem mais do que uma arma de marketing:

  • para dar os 11% de intenções de votos à ex-governadora, o DataILha desidratou todos os demais candidatos, à exceção de Braide e de Duarte Jr;
  • mesmo com a presença de Roseana, Duarte Jr. se mantém com 22%, mostrando uma incrível consolidação neste patamar de votos;
  • o prefeito Eduardo Braide caminha para vencer em primeiro turno, mostrando aos partidos que o caminho pode ser ele próprio.

Apesar da ligação histórica do DataIlha com o Palácio dos Leões é impossível dizer a quem interessaria o resultado obtido pela pesquisa.

Mas já se pode ter certeza de que a pesquisa é um recado.

Para quem, é o que se precisa saber…

0

Dr. Julinho lidera intenções de voto em Ribamar, diz pesquisa

Pesquisa do Instituto Prever mostra o cenário eleitoral em São José de Ribamar, na Região Metropolitana de São Luís. O levantamento realizado entre os dias 2 e 6 de julho, aponta vantagem do atual prefeito da cidade, Dr. Julinho Matos.

Uma pesquisa contrata pela Rádio/TV Difusora e registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo de nº MA-02085/2024 aponta Dr.Julinho como favorito na intenção de votos.

Foram entrevistados 600 eleitores, com margem de erro de 3,3% para mais ou para menos e o intervalo de confiança é de 95%.

No quadro de pergunta ESTIMULADA, quando são apresentados aos entrevistados algumas opções de candidatos, Dr. Julinho lidera com 48,5%, seguido de Dudu Diniz com 14,0%. Logo depois aparece Guilherme Mulato com 11,7% e Dr. Pedro com 5,0%. Não souberam ou não responderam foram 12,0% e 8,8% totalizam os brancos e nulos.

Em relação à EXPECTATIVA DE VITÓRIA, 62,5% dos entrevistados acreditam que Dr. Julinho será reeleito, 8,5% apostam em Dudu Diniz, 6,3% acham que quem vencerá será Guilherme Mulato, 5,8% acham que o vencedor será Dr. Pedro e 16,9% não souberam responder.

Sobre a REJEIÇÃO, 24,0% dos interrogados disseram que não votam em Dr. Julinho, Dr. Pedro fica com 17,7%, Guilherme Mulato com 15,7%, e Dudu Diniz com 13,5%. Não sabem ou não responderam são 20,6% e 8,5% não rejeitam nenhum dos candidatos.

Referente à AVALIAÇÃO DA GESTÃO ATUAL, 58,2% aprovam a administração do prefeito Dr. Julinho, 34,7% não aprovam e 7,1% não sabem ou não responderam.

0

Pesquisa Econométrica aponta larga vantagem de Dr Milton Gonçalo em Santa Rita

Mais uma pesquisa Econométrica deixa claro que Dr Milton Gonçalo (Mobiliza), é o super favorito para a disputa de prefeito em Santa Rita. Números divulgados neste sábado, 13 de julho, apontam um percentual de até quase 80% da preferência do eleitorado nos cenários estimulados. 

No cenário estimulado com a presença de todos os pré-candidatos postos, Dr Milton Gonçalo aparece com 67,7%, seguido por Luiza Calvet com 13,7%, Jancimauro 6%, Maria Enfermeira 2,7%, Dr Joelson 1,9% e Antônia Cariongo 0,5%. Nulos representam 2,7% e não sabem ou não responderam 4,7%.

Nos cenários estimulados de forma polarizada, Dr Milton vence todos com larga vantagem. Contra Luiza fica 72,3% a 18,4%; com Jancimauro é 76,7% contra 13,7%; contra Maria Enfermeira é 78,1% contra 9,3% e com Joelson é de 79,2% contra 8,2%.

Foi avaliada a rejeição dos pré-candidatos e Jancimauro é mais antipatizado pelo eleitorado. O ex-vereador tem 24,1% de rejeição, seguido por Luiza Calvet com 18,6%; Dr Joelson 14%; Dr Milton Gonçalo 12,6%; Antonia Cariongo 8,2% e Maria Enfermeira 7,4%. Outros 15,1% não rejeitam nenhum dos nomes.

Aprovação da gestão Hilton Gonçalo

A Econométrica ainda avaliou a gestão do atual prefeito Hilton Gonçalo que apoia a pré-candidatura de Dr Milton Gonçalo. De acordo com o levantamento 84,7% do eleitorado de Santa Rita aprova o governo, enquanto que 15,3%, desaprova.

A pesquisa Econométrica foi registrada na Justiça Eleitoral sob protocolo: MA-03002/2024. O Instituto ouviu 365 eleitores na sede e zona rural no dia 30 de junho. A margem de erro é de 5,1%.

Da Assessoria

0

Paulinho e Thais Coutinho lideram as pesquisas para a Prefeitura de Caxias

Números do Instituto DataM mostraram acertada a aliança entre o deputado federal e o vereador Daniel Fiscal do Povo, que resultou na liderança contra o poderio da família do prefeito Gentil Neto

 

Aliança que deu certo: Paulinho e Thais somaram 39% de intenção de votos na pesquisa do instituto DataM divulgada esta semana

Análise da Notícia

A eleição na terra de Gonçalves Dias está cada dia mais empolgante. Com um cenário bem desenhado, o eleitor caxiense já dá sinais claros de que realmente vai optar pela mudança à frente do comando da prefeitura da cidade.

O atual prefeito Fábio Gentil coleciona fracassos na tentativa de formar chapa para disputar a eleição;  ele vem tentando diversos personagens na esperança de fortalecer o sobrinho Gentil Neto (PP), desconhecido do eleitorado.

Há três semanas,  a ex-deputada Cleide Coutinho foi apresentada com pompas de campeã, mas decidiu desistiu de ser a vice do sobrinho do prefeito; há quem diga ter havido orientação do próprio Palácio dos Leões sobre o risco de o bardo afundar.

Mas Fábio Gentil, o “Cabeludo”, não desistiu de ter um da família Coutinho na tentativa de transferir votos para Gentil Neto.

E buscou ninguém menos que um ex-inimigo, Eugênio Coutinho, tão desconhecido quanto o próprio Gentil Neto. De acordo com os levantamentos, quase 90% da população de Caxias desconhece o irmão do falecido deputado Humberto Coutinho.

Tudo isso se soma á rejeição de mais de 60% á gestão de Fábio Gentil.

Por outro lado, o deputado federal Paulo Marinho Jr. (PL), o Paulinho, e sua futura vice, Thais Coutinho, crescem a cada dia.

O reforço do vereador Daniel Barros soma-se agora à liderança do vereador Catulé e de lideranças do porte de Catulezinho, Junior Martins, Magno Chaves.

Quase 54% dos caxienses que acreditam que Paulinho e Thais irão fazer um trabalho diferente, sério, e levar Caxias para o cenário nacional.

Desta vez com boas notícias que irão deixar o caxiense orgulhoso novamente…

0

Barreirinhas: Vinicius Vale com mais de 40% de intenções de voto

O Instituto Prever divulgou uma pesquisa encomendada pelo portal Imirante e pela Rádio Mirante que mostra o pré-candidato a prefeito Vinicius Vale (MDB) em nova vantagem na disputa eleitoral de Barreirinhas.

De acordo com a pesquisa, cujo registro na justiça eleitoral é MA 03638/2024, Se as eleições fossem hoje, Vinicius Vale seria eleito com mais de 40% das intenções de votos.

A pesquisa ouviu 450 eleitores nos dias 2 a 4 de julho, tem margem de erro de 4 pontos percentuais para mais ou para menos e intervalo de confiança é de 95%.

Em um primeiro cenário, quando não são dados, ao eleitor, nomes de candidatos, Vinicius Vale aparece com 25,6% das intenções de votos e Léo Costa (Podemos) com 12,4%, seguidos pelo atual prefeito de Barreirinhas, Amílcar Rocha (PCdoB), com 11,8%.

Foram citados ainda Iracema Vale (PSB) e Joab Marreiros empatados com 0,7%, branco e nulos somam 5,6%. Os que não sabem ou não responderam totalizam 43,1% e outros 0,2%.

No cenário estimulado, que apresenta os nomes dos candidatos, Vinicius Vale tem 42% seguido por Léo Costa com 24,9% e Amílcar Rocha com 14,9%. Totonho Corrêa aparece com 2,0%. Já 8,4% dos entrevistados não sabem ou não responderam, branco e nulo são 7,8%.

Em relação à perspectiva de vitória, 54,9% dos entrevistados declararam acreditar na vitória de Vinicius Vale.

Outros 26,4% acreditam na vitória de Léo Costa e 10%, na reeleição do atual prefeito Amílcar Rocha.
No cenário que aborda a rejeição, a pesquisa mostra Amílcar Rocha com 37,1%, Vinicius Vale com 18,2%, Totonho Corrêa com 14,4% e Léo Costa com 11,8%.

A pesquisa também abordou questões sobre a avaliação da gestão municipal. Neste cenário, 66,7% dos entrevistados desaprovam a gestão de Amílcar Rocha e 28,7% aprovam; Já 4,7% não souberam ou não responderam.

Da Assessoria

0

Empresa exibe documentos e vai pedir liberação de pesquisa em Caxias…

Agilize Marketing e Assessoria LTDA. mostrou estar registrada no Conselho Regional de Estatística, o que a habilita a realizar pesquisas eleitorais em toda a região, incluindo os municípios maranhenses

 

O Cerificado do CORE5 habilita a Agilize a realizar pesquisas em todo o Maranhão

A empresa Agilize Marketing e Assessoria LTDA. encaminhou a este blog Marco Aurélio d’Eça a Carta de Autorização nº 8754, para o Exercício 2024, emitida pelo Conselho Regional e Estatística da 5ª Região, comprovando sua habilitação para realizar pesquisas eleitorais.

Trata-se de uma resposta ao post “Justiça proíbe publicação de pesquisa manipulada em Caxias…”.

Não existe qualquer irregularidade no levantamento citado. Nossa empresa realiza pesquisas eleitorais desde 2017 e é devidamente registrada no Conselho Federal de Estatística!”, afirmou Francisco Ronald Ribeiro Torres, responsável pela empresa no Maranhão.

Equipe da Agilize em trabalho de campo, devidamente identificado por crachá e veículo plotado

De acordo com a empresa, o CORE5 exige apenas o registro do estatístico responsável – no caso Israel Oliveira da Costa Sousa – mas ela preferiu também registrar-se no órgão.

Com a exibição dos documentos, a Agilize Marketing vai requere ao Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão a liberação da pesquisa no município de Caxias

Fazemos um trabalho sério, voltado para o monitoramento do cenário real”, afirmou Torres.

Além da pesquisa contestada, a empresa já registrou ouro levantamento na Justiça Eleitoral…

0

“Não sei fazer política sem falar com o povo”, diz Fábio Câmara…

Pré-candidato do PDT completa um ano de pré-campanha como o único candidato a estar diariamente nas comunidades, ouvindo, falando e discutindo os problemas de cada bairro de São Luís o que lhe deu as condições de superar outros nomes na disputa pela prefeitura e seguir com perspectivas na propaganda eleitoral

 

Foi no contato direto com os eleitores que Fábio Câmara construiu sua pré-campanha; agora, essa base será mostrada na propaganda eleitoral e nos debates

Foi exatamente no dia 11 de agosto de 2023 que o ex-vereador Fábio Câmara iniciou seu projeto de disputar novamente a Prefeitura de São Luís, desta vez pelo PDT; seu nome surgiu a partir deste blog Marco Aurélio d’Eça, no post “Fábio Câmara reafirma permanência no PDT e quer partido forte em 2024…”.

Praticamente 11 meses depois de iniciar sua trajetória, com mais de 450 reuniões já realizadas – mais de uma por dia – a candidatura de Câmara é uma realidade no PDT, conta com apoio da militância e das lideranças partidárias e conquistou a simpatia da população nas comunidades da zona rural e da periferia.

Não sei fazer política sem falar com o povo, sem estar cara a cara com quem mais precisa”, ensina o parlamentar.

Às vésperas das convenções partidárias -a do PDT está prevista para o dia 26 – os números de pesquisas qualitativas mostram que Fábio Câmara criou as condições para suplantar os adversários Wellington do Curso (Novo) e Yglésio Moyses (PRTB) como opção de terceira via, o que deve ser confirmado nos próximos levantamentos públicos.

E agora segue rumo à polarização com o prefeito Eduardo Braide (PSD) e com o deputado federal Duarte Jr. (PSB), únicos que, assim como ele, estão efetivamente na disputa.

É na propaganda eleitoral na TV e nos debates que o candidato do PDT pretende mostrar a diferença.

Solidificado com a base popular que construiu em 11 meses de trabalho nas ruas…

0

Partido Novo derruba no TRE-MA pesquisa irregular em São Luís…

Justiça Eleitoral acatou representação da legenda, que pediu a suspensão da divulgação dos números até que o instituto “100% Cidades” comprove a sua capacidade financeira para autofinanciar levantamentos

Dirigido por Leonardo Arruda, e com o ex-candidato a governador Lahésio Bonfim como embaixador, o Novo tem Welington do Curso candidato a prefeito

A Justiça Eleitoral suspendeu nesta quarta-feira, 26, pesquisa do instituto “100% cidades participações ltda/cidades”. A decisão é fruto de uma representação protocolada pelo Partido Novo que requereu a suspensão até que o instituto comprove a capacidade financeira justificadora da pesquisa eleitoral.

Realmente, teriam sido descumpridos requisitos contidos na legislação especial (Resolução TSE n. 23600/20190) – inconsistências quanto ao Demonstrativo do resultado do exercício – DRE. É o caso, portanto, de evitar-se a divulgação da pesquisa até a comprovação cabal do cumprimento dos requisitos legais específicos”, disse em sua decisão o juiz Mario Prazeres Neto, titular da 89ª Zona Eleitoral.

A decisão do TRE-MA suspendendo pesquisa do Instituto 100% Cidades

Relembre o caso

Na última segunda-feira, 24, a direção do Partido Novo ingressou com uma representação contra o instituto questionando o Demonstrativo do Resultado do Exercício referente ao ano de 2023, que estava zerado. Na impugnação, o Novo apontou que este dado demonstra a ausência de capacidade financeira, contrariando disposição emitida pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

De acordo com dados, há uma incongruência entre as informações apresentadas, já que a empresa se apresentou à Receita Federal como Porte DEMAIS, sendo compreendida como aquela que possui um lucro superior a R$ 4 milhões por ano, apesar de o DRE ser zerado.

A empresa só poderá apresentar os números deste levantamento – ou de outro qualquer – se comprovar sua capacidade financeira…