1

Era só ligar um cano a outro, Flávio Dino…

Comunista não consegue fazer o básico de um sistema que recebeu praticamente pronto, tenta culpar os outros – como sempre faz – e deixa São Luís sem água por quase uma semana

 

Moradores se prepararam com caixas d’água, mas continuam sem abastecimento após quase uma semana

 

O governador Flávio Dino (PCdoB) convocou para as 11 horas desta segunda-feira, 11, uma coletiva de imprensa em que tentará explicar a lambança que foi a operação do seu governo para instalar o novo sistema de abastecimento d’água em São Luís.

O comunista recebeu o sistema praticamente pronto da gestão de Roseana Sarney (PMDB). Bastava ligar um cano no outro para que São Luís tivesse água do novo sistema em São Luís.

E para ligar os canos, ele precisou cortar a água de cerca de 160 bairros por 72 horas. E não conseguiu fazer o básico, resultando em mais três dias sem água na capital maranhense.

Técnicos da caema ainda ontem faziam serviços de alvenaria para sustentar os novos canos de aço inox

Diante do fracasso, Dino tentou responsabilizar os adversários – como sempre faz – e chegou mesmo a levantar suspeitas de boicote, mobilizando até polícia para investigar algo que foi fruto de sua própria incompetência.

A promessa é que, apenas a partir desta segunda-feira o abastecimento comece a ser restabelecido em São Luís.

E bastava apenas ligar um cano no outro.

Simples assim…

Marco Aurélio D'Eça

One Comment

  1. Esse comportamento de Flávio Dino beira à loucura. Se algo dá certo no governo dele, os louros são todos dele. Se algo dá errado, a culpa é da família Sarney.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *