1

“Tivemos apoio, sim, da Prefeitura de Ribamar”, diz presidente da Tatuapé…

Revelação de Eduardo dos Santos põe em xeque declarações do prefeito Luis Fernando Silva, que garantiu não ter gasto nada com o enredo em homenagem ao Maranhão, campeão do carnaval de São Paulo

 

PARCERIA. Eduardo Santos comemorando o título: que tipo de apoio teve de Ribamar?

O presidente da Escola de Samba Acadêmicos do Tatuapé, Eduardo dos Santos, revelou em entrevista nacional que recebeu apoio de empresas maranhenses e da Prefeitura de São José de Ribamar.

– Tivemos apoio sim de algumas empresas e da prefeitura de São José do Ribamar – revelou Eduardo, à Folha de São Paulo. (Leia aqui)

A revelação pode trazer complicações para o prefeito Luis Fernando Silva, que negou ter dado dinheiro para a homenagem ao Maranhão, vencedora do carnaval de São Paulo.

Em nota da assessoria já após o título, o prefeito disse que a contrapartida da prefeitura foi a divulgação da escola, sem deixar claro a forma e os custos desta “divulgação”. (Veja aqui)

0800. Luis Fernando, às vésperas do carnaval anunciando uma homenagem de última hora; segundo ele, de graça

Estranhezas

Na verdade, a relação de Luis Fernando com a Acadêmicos do Tatuapé – anunciada às pressas, às vésperas do carnaval – está marcada por estranhezas.

O enredo da escola em homenagem ao Maranhão foi apresentado ainda em fevereiro de 2017; na época, especulou-se em pelo menos R$ 1 milhão o apoio do governo Flávio Dino (PCdoB), o que foi negado pelo seu lugar-tenente Márcio Jerry. (Relembre aqui)

Passado um ano, já em janeiro de 2018, a Prefeitura de Ribamar fez divulgação de que a Tatuapé iria homenagear a cidade – embora nenhuma mudança no enredo indicasse essa homenagem – apressando-se em negar que tenha dado dinheiro à escola. (Saiba mais aqui)

A revelação de Eduardo dos Santos cria um embaraço ao prefeito Luis Fernando.

E pode levá-lo às barras da Justiça…

Marco Aurélio D'Eça

One Comment

  1. D’eça,

    Indício de caixa dois a vista meu caro, e indício de contribuição por meio de empresas amigas da gestão atual da prefeitura. Na cara da promotora de justiça de Ribamar, Elisabeth Albuquerque, que já meteu no c.. uzinho do prefeito Luís Fernando inúmeras ações de improbidade administrativa, desde do seu primeiro mandato. Um prato cheio pra ela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *