4

O depoimento que mexe com o caso Décio e o abafa dos agentes públicos…

Às vésperas do sétimo aniversário de morte do jornalista, denúncias feitas há mais de um ano pelo ex-empresário Júnior Bolinha voltam a incomodar os bastidores da Polícia e do Ministério Público, que preferem evitar o assunto

 

DEPOIMENTO DE BOLINHA À SEIC ASSOMBRA BASTIDORES DO CASO DÉCIO há mais de um ano; polícia e MP preferem silenciar

Janeiro de 2018. O ex-empresário júnior Bolinha – pronunciado a Júri Popular por envolvimento na morte do jornalista Décio Sá – presta sigiloso depoimento ao Departamento de Combate ao Crime Organizado (DCCO) da Superintendência de Investigações Criminais (Seic).

Na conversa com a polícia, Bolinha acusa políticos, empresários, a própria polícia e agentes do Ministério Público de atuarem para direcionar as investigações e evitar alcançar outros envolvidos. (Entenda aqui)

Detalhe: o ex-empresário fala do caso respondendo a uma pergunta do próprio chefe do DCCO, delegado Ney Anderson Gaspar, que quis saber se houve direcionamento nas investigações.

Março de 2018. Após o depoimento de Bolinha vir à tona, repercutindo nos meios políticos, empresariais e policiais, Ney Anderson é transferido do seu departamento para uma delegacia de bairro. (Saiba mais aqui)

DELEGADO NEY ANDERSON FOI TRANSFERIDO DA SEIC LOGO APÓS OUVIR BOLINHA; agora está na delegacia de bairro

Um ano depois, agora em março de 2019, estranhamente, esse mesmo depoimento de Bolinha volta a mexer com os bastidores do caso Décio, sem que haja qualquer novidade que posa levar a uma retomada do caso.

E mais uma vez, polícia, justiça e Ministério Público tratam de desconversar ou silenciar sobre o assunto.

Será por quê?!?

Leia também:

Júnior Bolinha desabafa e conta tudo em audiência…

Afinal, quem os protege?!?

Júnior Bolinha cara a cara com empresário na Justiça…

Marco Aurélio D'Eça

4 Comments

  1. Esse Delegado nunca foi marionete desse sistema corrompido, e pessoas como ele, que tentam buscar a verdade, são expelidos desse sistema onde os poderes não tem independência, apesar de jovem é corajoso, preparado e inteligente… dizem que Bardal não sabe a metade do que esse Delegado sabe, que por onde passou recebe elogios da população e fez grandes trabalhos como a Operação Peixe Grande. Dizem q A OPERAÇÃO JENGA é a lava Jato do Maranhao

  2. Pela primeira vez em muitos anos o caso Décio corre o risco de ser reaberto de fato, pois existem muitos bandiidos vestidos de autoridades, porém o Jeferson é homem sério.

  3. Simples e óbvio.
    Arrumaram um bode pra o mal feito. Provavelmente pegaram grana e agora verdade se mostra vaidosa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *