0

Movimento Acolhendo Heróis ganha força em São Luís

Projeto que garante hospedagem em hotéis para profissionais de saúde envolvidos no combate ao Coronavírus ganhou adesão de dedetizadora para fazer a devida desinfecção dos quartos usados

 

O movimento “Acolhendo Heróis” – de iniciativa do deputado Neto Evangelista (DEM), em parceria com o deputado Othelino Neto (PCdoB) – vem ganhando força em São Luís. Além do hotel Soft Win, que reduziu suas tarifas para viabilizar a hospedagem dos profissionais de saúde, a empresa Dedetização ADPowers juntou-se à corrente do bem nesta semana.

A ADPowers já iniciou os serviços de sanitização e desinfecção contra vírus e bactérias dos quartos e dependências do hotel Soft Win que vai receber os profissionais da saúde. A limpeza será feita semanalmente.

De acordo com André Muniz, proprietário da ADPowers, a iniciativa do deputado Neto Evangelista, além de louvável, serve de estímulo para que outras pessoas possam participar desse movimento.

“Eu tenho familiares que estão na linha de frente de combate ao novo coronavírus, e sei a luta que eles estão travando nesse período. Nada mais justo e solidário que retribuir o que eles vêm fazendo por nós. Que nossa atitude sirva de exemplo para outros e que mais empresas venham se juntar à nossa corrente”, disse.

Ronald Luso, gerente do hotel Soft Win, destacou a iniciativa do parlamentar. “Estamos preparados para recebê-los. Educamos nossos colaboradores e adequamos toda nossa estrutura para receber os profissionais da saúde. Parabenizo o Neto Evangelista, que teve essa iniciativa, tão importante para aqueles que não têm condições de bancar sua estadia”, afirmou Luso.

Neto Evangelista agradeceu o apoio que o Movimento “Acolhendo Heróis” têm recebido e disse acreditar que a corrente do bem só tende a crescer.

“Vamos cuidar de quem cuida da gente”, concluiu.

ACESSO

Os interessados deverão solicitar a autorização de ingresso no hotel pelo e-mail [email protected]

Será enviado um formulário que deverá ser preenchido com informações pessoais, assim como local de trabalho, horário do plantão e telefone para contato.

Obedecidos todos os critérios, a hospedagem será autorizada pelo prazo de 30 dias, podendo ser prorrogado, dependendo da gravidade da situação.

Marco Aurélio D'Eça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *