3

Cresce a insatisfação de aliados com o governo Flávio Dino…

Em menos de uma semana foram várias manifestações – públicas ou de bastidores – contrárias à articulação política do governo, que destrata aliados e subjuga partidos

 

Encastelados no Palácio, Dino e Jerry dão de ombros para reclames de aliados

Encastelados no Palácio, Dino e Jerry dão de ombros para reclames de aliados

A manifestação do deputado estadual Rafael Leitoa (PDT), durante encontro da Executiva do PDT, na noite desta segunda-feira, 11, foi dura contra o governo Flávio Dino (PCdoB).

– A engrenagem política [do governo] está quebrada – afirmou o parlamentar. (Leia aqui)

Mas ele não foi o único.

Em menos de uma semana, Flávio Dino, e seu principal auxiliar, o jornalista Márcio Jerry, foram duramente criticados – publicamente ou nos bastidores – por aqueles que, de uma forma ou de outra, ajudaram na sua eleição.

A dupla que comanda o governo é antipatizada por membros do PDT, do PP, do PSB do PSDB e de várias outras legendas que gravitam em torno do poder.

Coube ao ex-governador José Reinaldo Tavares (PSB) a exposição pública dessa insatisfação.

– Nessa parte [a política] o governo tem pecado demais, não tem tido solidariedade com alguns companheiros. Tem privilegiado muito o PCdoB, na ocupação dos cargos no interior. E com isso há uma insatisfação grande em relação ao governo na área política. Ele tem que renovar a articulação política – afirmou Tavares. (Leia aqui)

O blog apurou que até mesmo o líder da bancada governista na Assembleia, Rogério Cafeteira (PSC), embora não assuma publicamente, tem feito comentários nada lisonjeiros em relação a Dino e  a seu lugar-tenente.

A lista inclui ainda o prefeito Edivaldo Júnior (PDT), o senador Roberto Rocha (PSB) e até o vice-governador Carlos Brandão (PSDB).

Muitos não têm a coragem de expor a insatisfação.

Mas dizem coisas até impublicáveis no bastidores…

Marco Aurélio D'Eça

3 Comments

  1. Porem, o mais importante é que aumentou a satisfaçao do povo Maranhense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *