5

Flávio Dino acatou sugestões e indicou relator-substituto de projeto de interesse da Odebrecht, diz MPF…

Documentos encaminhados ao STF pelo procurador-geral Rodrigo Janot mostram que, após se afastar da Câmara para concorrer ao governo do Maranhão, comunista se comprometeu, não em votar, mas pela continuidade do PL 2279/2007, em troca dos R$ 400 mil de propina

 

Flávio Dino abraça-se ao colega Chico Lopes, em evento no Maranhão, com Dilma e outros comunistas

Por mais que o governador Flávio Dino (PCdoB) estrebuche contra a acusação da Procuradoria-Geral da República, de que ele recebera R$ 400 mil para cuidar de um projeto de interesse da Construtora Odebrecht, a conexão da denúncia com a realidade concreta mostra que Dino tem muito a explicar à Justiça.

Segundo relato do delator José de Carvalho Filho, as reuniões com Flávio Dino começaram em 2007, quando o comunista já tinha assumido a relatoria do projeto 2279/2007. O PL garantia à Odebrecht segurança jurídica para investir em Cuba, ilha comunista que tinha a proteção do governo Lula, do qual Dino era aliado.

– Nesse contexto, a partir de 3 minutos e 25 segundos, relata que o deputado chegou até a acatar sugestões feitas pela ODEBRECHT para aprimorar o projeto de lei – diz a denúncia do MPF, assinada pelo procurador-geral Rodrigo Janot.

Foi durante essas reuniões que Flávio Dino pediu dinheiro para sua campanha eleitoral a governador do Maranhão, e Carvalho Filho se comprometeu a verificar possibilidade de um retorno.

Ao contrário do que se noticiou inicialmente, no entanto, foi o diretor da Odebrecht João Pacífico quem estabeleceu o montante de R$ 400 mil para repassar ao então deputado.

Leia aqui o relatório de Rodrigo Janot Sobre Flávio Dino.

Andamento da Câmara mostra quando o aliado de Dino assumiu relatoria do projeto da Odebrecht

Outro fato que encontra amparo na realidade concreta está registrado no minuto 7 do depoimento de José de Carvalho Filho:

– O colaborador relata, a partir do minuto 7 do seu depoimento, que FLÁVIO DINO (…) no decorrer do pleito eleitoral se comprometeu com a continuidade do PL 2279/2007 e, para tanto, indicaria o Deputado Chico Lopes para assumir seu lugar da relatoria.

De fato, como se pode ver no andamento do projeto na Câmara dos Deputados, Chico Lopes (PCdoB-CE), que é do mesmo PCdoB de Flávio Dino foi, de fato, designado relator do Projeto 2279/2007 em 2010, época em que Dino se dedicava a malograda campanha de governador do Maranhão.

A relação de Flávio Dino e Chico Lopes era tamanha que o deputado cearense estava em todos os eventos do comunista e do governo Dilma no Maranhão, como se pode ver aqui.

Esses fatos desmentem também o vídeo em que Flávio Dino tenta negar o recebimento da propina por não ter dado nenhum parecer ao PL 2279/07.

Seu compromisso era garantir a continuidade do projeto, como de fato o fez.

Há uma outra curiosidade a se extrair do relatório do MPF ao Supremo Tribunal Federal: o procurador-geral da República encaminhou o documento ao ministro Edson Fachin em 13 de março de 2017.

Quatro dias depois, sabe-se lá como, Flávio Dino já tinha conhecimento da denúncia; tanto que tratou de preparar defesa, buscando certidão da Câmara federal.

Mas esta é uma outra história…

Marco Aurélio D'Eça

5 Comments

  1. Fudeu!!! O álibi usado pelo comunista não se sustenta nem aqui, nem na China e muito menos na PF, na força-tarefa da Lava Jato de Curitiba e no MPF do STJ. Ele sabe muito bem da gravidade das acusações que está metido. Vejam que em momento algum – até agora -, se aventura a negar o recebimento da bolaça de dinheiro que atualizada monetariamente pelo IGPM beira R$ 1.000.000,00. Está com medo porque tem plena consciência que deixou rastro! Aliás, juízes, ex-juízes, promotores de justiça, ex-promotores de justiça e atuantes advogados quando sentam nos bancos dos réus, tremem mais que vara verde. Por quê?

    Sim senhor, logo ele que posava como um vestal da moralidade e que era tão respeitado pelos seus incautos seguidores, por encarnar, nas suas óticas, o perfil de um paladino da Justiça. Queria até prender todo mundo aqui no Maranhão! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  2. QUER DIZER QUE ESSE DIABÃO COMUNISTA ENGANOU TODO POVO ABESTADO DO MARANHÃO E AGORA CAIU DE BUNDÃO NA LAVA JATO POR CAUSA DE UMA MERRECA DE 400 MIL,QUE ELE SE TIVESSE ADVOGANDO DE FORMA HONESTA PODERIA AUFERIR MAIS RECURSOS DO QUE FICAR SE QUEIMANDO POR CAUDA DESSA ESMOLA DE UMA EMPREITEITA QUE MOVIMENTA BILHOES DE DOLARES MENSAIS. QUE COMUNISTA MAIS BARATO!!!
    AGORA A GALHOFA VAI CORRER SOLTA SOBRE ESSE CAPETÃO COMUNISTA DE ERAQUE!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *