3

Roberto Rocha foca no Ministério das Cidades como contraponto a Flávio Dino…

Senador tucano que se aproximou de Bolsonaro no segundo turno aposta na adesão do PSDB ao presidente eleito para ocupar posto de destaque em Brasília e tentar recuperar o cacife político no Maranhão

 

ESPAÇO DE PODER. Rocha viu na aliança com Bolsonaro uma forma de recuperar o cacife perdido com a derrota acachapante na eleição de governador

O senador Roberto Rocha (PSDB) influenciou diretamente o voto de aliados e correligionários a Jair Bolsonaro no Maranhão.

E usou um argumento de peso: o senador tucano vende a possibilidade de assumir a liderança do novo governo no Congresso Nacional ou mesmo o Ministério das Cidades.

Segundo apurou o blog de Marco Aurélio D’Eça, foi assim que ele convenceu os aliados – muitos dos quais sem relação ideológica com Bolsonaro – a votar o presidente eleito.

Como ministro, Rocha espera ganhar cacife para polarizar o poder no Maranhão com o governador Flávio Dino (PCdoB), sobretudo agora, com a saída de cena do grupo Sarney, derrotado em todos os níveis.

Até porque, o comunista se fortalece no Nordeste, com a região toda governada por representantes da esquerda e com as lideranças nacionais desse campo político também fora do debate eleitoral.

Rocha sabe que sua vaga de senador, em 2022, pode ser disputada pelo próprio Flávio Dino; e quer ter espaço de poder para viabilizar-se como opção de governador daqui quatro anos.

Caberá ao tucano suplantar na interlocução com o presidente eleito bolsonaristas de primeira hora, como Maura Jorge, Aluisio Mendes e Chico Carvalho.

Mas ele aposta exatamente no posto de senador para isso.

É aguardar e conferir…

Leia também:

Roberto Rocha e Flávio Dino oito anos depois…

Roberto Rocha vence debate com nocaute em Flávio Dino…

Para Roberto Rocha, comunismo é o avanço do atraso no MA…

Marco Aurélio D'Eça

3 Comments

  1. …mas como será isso mesmo, será que Bolsonaro vai deixar a Maura Jorge a ver navios na Bahia de São Marcos…!? Estou pagando pra ver esse oportunista de plantão driblar Jair Bolsonaro…Maura Jorge será nossa representante legal junto ao Governo Federal. Trocas… são práticas do passado…

  2. …nada contra as possíveis conquistas políticas do Senador; porém, a forma oportunista de aproximação e consequente domínio político, vem de encontro a tudo que nosso Presidente pregou; até porque, a suposta participação do nobre Senador na campanha de Bolsonaro, em nada alterou os resultados da eleição no Maranhão! Pago pra ver nosso Presidente deixar Maura Jorge lambendo os sapatos de Roberto Rocha; mesmo considerando o poder de que desfrutam o Senador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *