2

O começo do fim da CPI dos Combustíveis…

Mais um adiamento das audiências – desta vez por tempo indeterminado – mostra o desinteresse dos membros da comissão, diante do uso político promovido pelo presidente Duarte Júnior

 

Colegas começaram a desconfiar do uso político indevido por parte de Duarte Júnior, o que pode decretar o fim da comissão

A CPI da Assembleia Legislativa que apura aumentos de combustíveis no Maranhão deu ontem um claro sinal de que caminha para o seu encerramento.

A comissão decidiu adiar novamente – e desta vez por tempo indeterminado – as audiências com donos de postos; o adiamento demonstrou o desinteresse dos membros da comissão, que já vinham demonstrando insatisfação com a condução dos trabalhos.

O blog Marco Aurélio D’Eça começou a acompanhar a CPI ainda no mês de maio, quando denúncias apontavam o suposto uso político por parte do seu presidente, Duarte Júnior (PRB).

Desde então, a comissão começou a cair em descrédito, diante das suspeitas de que Duarte estaia usando a comissão para beneficiar não apenas a si mesmo, mas sua esposa, a diretora do Procon-MA, Karen Barros. (Entenda aqui, aqui e aqui)

O adiamento das audiências com novos representantes de postos – agora sem data para retomada – aponta para o encerramento das atividades sem resolução de méritos.

Mesmo por que, todos os objetivos desta investigação não são de alcance de uma CPI local, uma vez tratar-se de temas da pauta nacional.

Simples assim…

Marco Aurélio D'Eça

2 Comments

  1. A conclusão dessa CPI é que o maior culpado pelo constantes aumentos e que inflacionam até a cesta básica do trabalhador é o governo do estado. Acho que o Duarte não terá coragem de divulgar essa verdade.

  2. Depois da tal força tarefa ANP, Procon, Inmeq, Sefaz e Bombeiros, passarem uma semana, fiscalizando postos de São Luis e conseguirem lacrar apenas um bico na marra, devem dar uma parada mesmo para rever tal CPI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *