0

Simplício comemora segundo lugar em pesquisa de Timon

Pré-candidato do Solidariedade destaca também o fato de que boa parte da população do município ainda não se decidiu, exatamente como ele vem pregando ao longo da pré-campanha

Simplício tem pregado que o eleitor ainda não se definiu sobre 2022

O pré-candidato do Solidariedade ao Governo do Estado, Simplício Araújo, comemorou o resultado da pesquisa sobre as eleições de 2022 no município de Timon.

O levantamento mostra o pré-candidato, que é secretário de Indústria e Comércio, em segundo lugar nas intenções de votos, atrás apenas do senador Weverton Rocha (PDT), que já lidera todas as pesquisas no estado.

– Eu tenho muito a comemorar ao ver esta pesquisa de Timon. Comemoro demais por ser lembrado por 4,25% e estar em segundo lugar na preferência dos entrevistados, mesmo sem ter realizado nenhum evento político na cidade, nem ter grandes grupos políticos da cidade carregando minha pré candidatura – avaliou o pré-candidato.

Simplício Araújo pondera, no entanto, que a pesquisa comprova o que ele próprio vem dizendo ao longo da pré-campanha: que a maior parte do eleitorado ainda não se definiu.

Comemoro mais ainda que a pesquisa comprove de tudo o que meus amigos e assessoria tem me ajudado a levar diariamente em minha pré-campanha, que a eleição espera o principal componente entrar em campo, que é Vossa Excelência o povo do Maranhão, e nesse caso 70% do povo de Timon – frisou.

Para Simplício, apenas uma parcela “muito pequena” da população tem tratado de eleições; e a grande maioria só irá se envolver nos 45 dias finais.

A votação de Simplício Araújo em Timon é quase duas vezes maior que a do vice-governador Carlos Brandão (PSDB), anunciado como escolha pessoal do governador Flávio Dino (PSB).

O secretário lidera também em outros municípios, onde tem base mais consolidada que em Timon.

0

Sem força no interior, Edivaldo aposta na Grande São Luís…

Sem capilaridade eleitoral no interior do estado e sem estrutura para arregimentar apoios em massa nos grandes municípios, ex-prefeito da capital maranhense mantém agenda discreta, com foco em segundas forças municipais

 

Com pouca repercussão na mídia, visitas como esta de Edivaldo a Humberto de Campos ficam restritas ao seu círculo pessoal

O ex-prefeito de São Luís Edivaldo Júnior (PSD) já mostrou forte carisma na região metropolitana de São Luís; mas seu pouco conhecimento no interior e a falta de estrutura para viabilizar seu nome podem reduzir o tamanho de sua campanha.

A agenda  do ex-prefeito no interior maranhense é discreta, com reuniões articuladas pelo PSD e, em sua maioria, com as chamadas segundas forças em cada município.

O resultado nestas cidades é de um desempenho insignificante nas pesquisas de intenção de votos por cidade.

O perfil de Edivaldo também dificulta o avanço do seu nome no interior.

Por isso, os articuladores de campanha já focam o peso na Grande São Luís, onde ele espera se consolidar para garantir presença no segundo turno.

Resta saber se os quatro municípios da ilha têm peso suficiente para garantir seu nome entre os primeiros da disputa de 2022.

0

Em Timon, Jaconias Moraes lidera corrida pela Câmara Federal

Pesquisa realizada no último sábado, 4, no município de Timon, pelo Instituto Pontuar de Teresina, revela dados eleitorais atuais a justificar a intensa correria eleitoral dos grupos tradicionais que vêm perdendo espaço no cenário político daquela cidade maranhense.

A pesquisa mostra a liderança isolada de Lula para presidente; do advogado Jaconias Moraes para deputado federal e do senador Weverton Rocha para governador.

Jaconias aparece com 19,25% das intenções de votos para deputado federal, seguido de Henrique Júnior, com 13,25% 

A pesquisa cumpriu todos os critérios e parâmetros científicos exigidos.

Foram consultadas 340 pessoas na zona urbana e 60 pessoas na zona rural, num total de 400 questionários aplicados em 35 diferentes bairros e em 12 povoados distintos de Timon, com margem de erro de 3% pra mais ou pra menos.

0

Em Timon, Weverton tem quase o dobro da soma dos adversários…

Senador aparece com 18,50% das intenções de votos, segundo Instituto Pontuar, contra 11,5% dos outros candidatos; Simplício Araújo é o segundo, com o dobro das intenções de votos do vice-governador Carlos Brandão

 

O senador Weverton Rocha (PDT) confirma a liderança que mantém em todas as pesquisas e em todos s municípios do interior maranhense.

E chega a quase o dobro das intenções de votos da soma dos adversários em T8imon, mostrando a liderança também do grupo do ex-prefeito Luciano leitoa.

De acordo com o instituto Pontuar, o senador do PDT tem 18,50% das intenções de votos, contra 11,50% dos adversários somados.

Neste levantamento, o segundo colocado é o secretário de Indústria e Comércio, Simplício Araújo (Solidariedade), que tem quase o dobro dos votos citados no vice-governador  Carlos Brandão (PSDB).

O Instituto Pontuar ouviu 400 pessoas em Timon no dia 4 de dezembro…

2

Othelino Neto, o emissário…

Um dos mais destacados articuladores da campanha do senador Weverton Rocha, presidente da Assembleia Legislativa reuniu-se ontem com o deputado federal Josimar de Maranhãozinho e seus aliados

 

Othelino Neto com Josimar Maranhãozinho e seus aliados…

Uma imagem repercutiu fortemente nesta quinta-feira, 2, nas redes sociais e em setores da mídia política do Maranhão.

Sentados à mesma mesa, em uma espécie de café, o presidente da Assembelia Legislativa, Othelino Neto (PCdoB), e o deputado federal Josimar Maranhãozinho (PL) fizeram até o gesto com a mão, característico.

Othelino é um dos principais articuladores da campanha do senador Weverton Rocha (PDT); Weverton e Josimar vêm conversando nos bastidores da política.

À mesa também estavam os deputados estaduais Vinícius Louro, Hélio Soares e Detinha, mulher de Josimar.

O teor da conversa não vazou, mas pelo andar da carruagem política no Maranhão já dá pra imaginar do que se trata…

9

Eliziane Gama no centro do poder

Senadora que já foi cotada para compor chapa com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, agora aparece como opção de candidata a vice-presidente  do ex-juiz Sérgio Moro, fato que a põe no debate presidencial

 

Eliziane Gama apareceu como opção para compor chapa com o ex-juiz Sérgio Moro na corrida presidencial

A senadora Eliziane Gama (Cidadania) tem sido um dos principais destaques da bancada maranhense na mídia nacional. Sua atuação no Congresso desde o início do mandato rende matérias quase que diárias na grande mídia.

E a sua postura e o seu desempenho rendem também especulações sobre sua participação na corrida presidencial.

Ela agora aparece cotada como possível companheira de chapa do ex-juiz Sérgio Moro (Podemos), caso este venha a disputar a presidência.

Eliziane Gama já foi cotada também para uma eventual chapa com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG).

Diante da cotação, a senadora passa a ser a principal maranhense no debate presidencial de 2022…

3

Inseguro como candidato de Dino, Brandão contabiliza até partidos adversários

Rejeitado na reunião da base governista, vice-governador passou a usar uma frenética geração de fake news tentando criar uma situação de fato consumado em sua candidatura, o que só revela a inconsistência de seu projeto, prevista por adversários muito tempo antes

 

Carlos Brandão segue numa frenética geração de fatos na tentativa de se consolidar como candidato da base

Análise de conjuntura

O titular do blog Marco Aurélio D’Eça esteve em Barreirinhas no dia 7 de setembro, em conversa pessoal com o senador Weverton Rocha (PDT); na ocasião, travou-se um diálogo sobre a eleição de 2022 na qual, em linhas gerais, Rocha desenhou exatamente o cenário a partir da reunião de novembro, quando o governador Flávio Dino (PSB) iria anunciar o seu candidato.

À época, o senador – como todo o Maranhão – já sabia que Dino indicaria o nome do vice-governador Carlos Brandão (PSDB), até por motivos óbvios.

– A partir de então, passaremos a sofrer uma inclemente onda de notícias negativas, apontando nosso esvaziamento e até uma debandada geral da nossa campanha; isso tudo deve durar em torno de 30 a 45 dias, e precisamos suportar esta pressão e controlar a ansiedade, já que está tudo dentro do script – disse Weverton, exibindo um impressionante controle da situação e uma forte segurança em seu projeto.

Está acontecendo exatamente como desenhado pelo senador do PDT.

Conversa entre o titular do blog e o senador Weverton, ainda em setembro: fatos de hoje confirmam perspectivas de três meses atrás

Desde a reunião da última segunda-feira, 29 – quando Flávio Dino indicou o nome de Brandão, sem, no entanto, conseguir a adesão da base – o vice-governador passou a criar uma série de fatos tentando se consolidar como a opção definitiva ao governo.

E plantou até notícias absurdas sobre apoios e alianças.

De segunda-feira para cá, Brandão já anunciou apoio do Cidadania, desmentido pela senadora Eliziane Gama, e até do próprio PDT, de Weverton Rocha, pela simples presença do deputado pedetista Zito Rolim em um de seus eventos pós-anúncio de Dino.

A plantação das notícias em favor do vice-governador acabam revelando uma clara insegurança do seu projeto, sobretudo pela frustração de o governador não ter batido o martelo definitivamente.

E ainda levaram  um balde água fria com a pesquisa  Escutec divulgada ontem, na qual Weverton Rocha aparece com mais que o dobro dos votos do vice-governador, este ainda em briga pela terceira e quarta posições.

 2022 deve iniciar com Weverton Rocha e seus aliados em nova reunião de confraternização – mesmo em meio as fake news brandonistas sobre esvaziamento – ocasião em que deve apresentar novos encaminhamentos de alianças.

Exatamente como desenhado há três meses atrás… 

2

Weverton amplia vantagem sobre adversários, diz Escutec…

Senador do PDT aparece nos cenários principais da corrida eleitoral com até 10 pontos percentuais à frente do segundo colocado; candidato declarado de Flávio Dino, Carlos Brandão oscila entre o terceiro e o quarto lugares

 

Weverton lidera todos os principais cenários das eleições de 2022, segundo última pesquisas Escutec divulgada em 2021

Uma nova rodada da pesquisa Escutec/Grupo Mirante, divulgado nesta quarta-feira, 1º, confirma o crescimento do senador Weverton  Rocha (PDT) e consolida sua posição como principal candidato a governador de 2022. 

Nos dois cenários sem a ex-governadora Roseana Sarney (MDB) – que já decidiu disputar vaga na Câmara Federal – Weverton soma 23% e 26% respectivamente.

No primeiro cenário, o segundo colocado é o também senador  Roberto Rocha (PSDB), que aparece com 16%.

No segundo cenário, sem Roberto e com a inclusão de Josimar de Maranhãozinho (PL), Weverton impõe 10 pontos de vantagem sobre o ex-prefeito Edivaldo Júnior (PSD), que aparece com os mesmos 16% de Roberto Rocha.

Agora candidato declarado do governador Flávio Dino (PSB), o vice-governador  Carlos Brandão (PSDB) oscila apenas ente o terceiro e quarto lugares, sempre na casa de 12% e 13%, empatado com Josimar.

A Escutec ouviu 2 mil eleitores em todas as regiões do Maranhão, entre os dias 23 e 27 de novembro.

O instituto deve divuglar uma nova pesqisa até o final de dezembro…

0

Para tentar salvar candidatura, Brandão já articula mudança para o PSB…

Vice-governador reconhece o erro de ter saído do PRB no início do ano e agora prepara entrada no partido de Flávio Dino para tentar manter o PT atrelado, mas sem abrir mão de ficar no controle do PSDB

 

Após fazer média com presidenciáveis tucanos, Brandão já está de saída, mas quer manter um preposto no controle do ninho maranhense

Frustrado na reunião que deveria decidir por seu nome como candidato único da base, o vice-governador Carlos Brandão deve seguir a orientação do governador Flávio Dino e trocar o PSDB pelo PSB.

A articulação, que deve ser efetivada até o início de janeiro, visa dois objetivos básicos:

1 – livrar-se da pecha de tucano e da tutela do agora candidato a presidente João Dória Júnior, após ter apoiado Eduardo Leite nas prévias;

2 – ampliar as chances de ter aliança com o PT, numa articulação nacional que poria o partido do presidente Lula longe do palanque do senador Weverton Rocha (PDT).

Essa troca do PSDB pelo PSB já havia, inclusive, sido anunciada, em julho, no blog Marco Aurélio D’Eça, no post “Brandão pode trocar PSDB pelo PSB…”

O problema para Brandão é o destino do PSDB no Maranhão.

Nem ele, nem seu principal apoiador, Flávio Dino, querem perder o ninho tucano no estado, apesar de terem interesse no PT; deixar a legenda acéfala atrairia interesse de adversários, como o próprio Weverton Rocha.

Com sua entrada surpresa no PSDB, Brandão cometeu um erro estratégico, analisado no blog Marco Aurélio D’Eça ainda em março, no post “Brandão ganhou ou perdeu com o PSDB?” 

Essa articulação tirou dele dois apoiadores de peso: o deputado federal Cléber Verde, a quem sequer foi comunicada sua saída do Republicanos, e a senadora Eliziane Gama (Cidadania), que vinha cotada para assumir o PSDB no Maranhão.

Agora, o vice-governador tenta consertar o equívoco fazendo novo gesto, dessa vez em direção às esquerdas; tanto que já ate trocou suas cores de campanha do azul e amaerlo para o azul e vermelho. (Entenda aqui e aqui)

Mas deve saber que não se faz omelete sem quebrar ovos…

1

Felipe Camarão e Simplício Araújo reforçam candidatura entre militância…

Pré-candidatos do PT e do Solidariedade, respectivamente, saíram da reunião com Flávio Dino convictos de que têm espaços para viabilizar seu nome dentro da base, que não fechou com a opção dada pelo governador

 

Felipe Camarão ignorou opção de Flávio Dino por Brandão e manteve seu nome no PT para o governo

Pré-candidatos do PT e do Solidariedade ao Governo do Estado, os secretários Felipe Camarão (Educação) e Simplício Araújo (indústria e Comércio) saíram da reunião com o governador Flávio Dino (PSB) convictos de que podem construir seus nomes dentro da base.

Logo após o encontro – e apesar do presidente do seu partido, o subserviente Augusto Lobato, ter entregue a legenda ao projeto dinista – Camarão conclamou a militância do PT a manter-se3 firme o projeto de fazê-lo governador.

Para Camarão, o que mais importa é a viabilidade do seu nome, já demonstrada nas pesquisas que apontam crescimento exponencial, bem acima do predileto do governador, o vice Carlos Brandão (PSDB).

Simplício Araújo postou foto do encontro, disse respeitar opção de Flávio Dino, mas garantiu que buscará a unidade em torno do seu nome

Simplício Araújo também postou nas redes logo após a reunião; e disse que se manterá firme buscando em torno do seu nome a unidade não conseguida por Brandão mesmo com o apoio do governador.

Uma nova reunião da base está prevista para o final de janeiro, exatamente quando as regras eleitorais já estiverem em vigor e as pesquisas, para serem divulgadas, precisarão estar registradas na Justiça Eleitoral.

Antes, em dezembro, a última rodada da pesquisa Escutec/Gurpo Mirante apontará o impacto da decisão de Dino em favor de Brandão e o desempenho dos demais candidatos.

É aguardar e conferir…