0

Imperatriz: Sinalização de trânsito é reforçada no grande Vitória

Com o objetivo de garantir mais segurança a pedestres e motoristas, a Prefeitura de Imperatriz, por meio da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes, Setran, reforçou a sinalização vertical e horizontal das ruas e avenidas do grande Vitória, bairro que recebeu sábado, 31 de agosto, a 19ª edição do “A Gente Faz Cidadania”.

De acordo com o engenheiro de Trânsito, Tuytuyguassu Rayol, foram instaladas 28 placas de pare; 10 placas de lombadas; 08 placas com setas; uma placa de proibido virar à esquerda e uma placa de pare com vire a direita, situada próxima à praça do Habitar Brasil II.

“Vamos concluir ainda nesta semana a pintura de solo das lombadas, contribuindo para aumentar a segurança da comunidade do bairro”, disse ele, que reforça o processo de sinalização em todo o sistema viário da cidade de Imperatriz.

O secretário de Trânsito, Leandro Braga, assinalou que “o prefeito Assis Ramos reforça desde o começo do governo o trabalho de melhoria da sinalização viária de ruas e avenidas dos bairros e do centro com a finalidade de aumentar a segurança dos motoristas e pedestres”.

“Temos ações de educação para o trânsito, sinalização e fiscalização”, concluiu.

0

Roberto Rocha consegue liberação de recursos para APAE de Imperatriz

A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Imperatriz tem muito o que comemorar: ‘E que o senador Roberto Rocha (PSDB) conseguiu junto ao Governo Federal a liberação de recursos no valor de R$ 350 mil reais, destinados a melhorias físicas da entidade.

Esse dinheiro é oriundo de emenda parlamentar do então deputado federal, Sarney Filho, mas que estava parado desde 2014. Só uma pequena parcela da emenda havia sido liberada, o que impedia a APAE de continuar as obras de melhorias que estavam sendo feitas no local.

Os diretores da APAE estiveram no Escritório de Representação do Senador Roberto Rocha, em Imperatriz, e foram recebidos pelo ex-prefeito do município, Sebastião Madeira, a quem pediram apoio para que conversasse com o senador, no sentido de resolver o problema.  Assim que tomou conhecimento da situação, o senador Roberto Rocha intermediou junto ao governo federal e o recurso que faltava foi imediatamente depositado na conta da APAE, que poderá, agora, retomar as obras e dar melhor comodidade para os mais de 600 usuários que são atendidos todo mês.

“Fico feliz em poder colaborar com o trabalho da APAE, uma entidade que presta um serviço de muita relevância para todas as pessoas dessa região que necessitam desse atendimento especial e diferenciado. O meu escritório estará sempre de portas abertas e, no que depender de mim, vou continuar ajudando e estaremos sempre à disposição da APAE e de todos que precisarem”, garantiu Roberto Rocha. 

A diretora da APAE de Imperatriz, Maria Margareth Araújo, agradeceu pelo empenho do parlamentar maranhense.

“Quero agradecer o esforço do senador Roberto Rocha, pois sem ele, não teríamos conseguido a liberação desse recurso que é tão importante para a nossa Associação. Agradecemos também a colaboração do ex-prefeito Sebastião Madeira, que fez essa intermediação junto ao senador para que a nossa demanda fosse atendida”, reconheceu Maria Margareth.

1

PDT X PCdoB…

Principais partidos da base do governo Flávio Dino no Maranhão, o PDT e o PCdoB caminham para disputar espaços de poder – de forma intensa – nos principais colégios eleitorais do estado. E o objetivo é claro: ganhar musculatura em 2016 para ter poder de fogo na mesa de negociações de 2018.

É a partir de São Luís que o PDT quer mostrar força, com a reeleição de Edivaldo Júnior. O projeto do partido sempre foi ter o prefeito, embora, para muitos pedetistas, ele não seja tão orgânico a ponto de se manter filiado mesmo diante de uma ameaça de racha com os comunistas.  Mesmo assim, Edivaldo é visto como trunfo na correlação de forças.

E na capital parece não haver problemas na relação com o PCdoB. Os comunistas mostram-se satisfeitos com a possibilidade de indicar o vice de Edivaldo. E não se incomodam, inclusive, com a possibilidade de abrir mão da indicação para outra legenda.

Mas é em Imperatriz que a confusão se arma para pedetistas e comunistas.

O PDT tem na suplente de deputada federal Rosângela Curado o nome para a disputa no município – e ela se mostra o mais viável nome do grupo dinista. Ocorre que Curado não tem o apreço necessário do Palácio dos Leões e das principais lideranças do PCdoB, que forçam a barra por uma candidatura comunista, tendo o apoio do prefeito Sebastião Madeira (PSDB).

Nessa negociação, a pré-candidata foi orientada pela cúpula do PDT a não fazer críticas à gestão de Madeira, rejeitada por mais de 70% dos imperatrizenses. O resultado é que, no vácuo das críticas, o democrata Ildon Marques e o peemedebista Assis Ramos cresceram fortemente.

A pedetista quer agora convencer os aliados do PDT a partir para o confronto direto com Madeira – que afinal, também não morre de amores por ela. O problema é que sua posição pode acirrar ainda mais a relação com o PCdoB.

E assim, os dois partidos vão mantendo a relação – uma espécie de casamento – difícil, mas mantida em casa.

Apesar das ameaças de separação.

Da coluna Estado Maior, de O EstadoMaranhão