3

São três os delatores de Flávio Dino…

Apesar de a mídia ainda estar concentrada apenas em José de Carvalho Filho, outros dois executivos da Odebrecht – João Pacífico e Hilberto Mascarenhas Alves Silva Filho – também atuaram no caso do governador do Maranhão por recebimento ilegal de dinheiro

 

Carvalho Filho foi o contato; João Pacífico definiu o valor e Hilberto pagou a Flávio Dino

Até agora, a mídia maranhense se preocupou apenas com o delator José de Carvalho Filho, que denunciou ter negociado pagamento de R$ 400 mil ao governador Flávio Dino (PCdoB), em troca de apoio a um projeto de interesse da Construtora Norberto Odebrecht.

– Em uma das reuniões (vide minuto 5), FLÁVIO DINO teria pedido ajuda da ODEBRECHT para sua campanha a governador do Estado do Maranhão. JOSÉ DE CARVALHO FILHO se comprometeu a verificar a possibilidade e
dar um retomo – diz o relatório da Procuradoria-Geral da República.

Ocorre que o relatório da PGR fala de outros dois delatores no caso específico de Flávio Dino.

João Pacífico, coordenador da Odebrecht nas regiões Norte/Nordeste foi quem decidiu o valor que deveria ser pago a Flávio Dino. (Releia aqui)

O terceiro homem é Hilberto Mascarenhas Alves Silva Filho.

Mascarenhas era o responsável pelos pagamentos de propina e caixa 2 aos políticos vinculados à Odebrech. E foi ele quem pagou a Dino, segundo o MPF:

– Os valores foram pagos por meio do Setor de Operações Estruturas, coordenado por HILBERTO MASCARENHAS ALVES DA SILVA FILHO, e registrados no Drousys.

Tanto que o depoimento de Mascarenhas também foi encaminhado ao Superior Tribunal de Justiça…

Marco Aurélio D'Eça

3 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *